Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

O CASO ELOÁ - A Imprensa – Polícia e Crime Passional

Imagem
Um namorado ciumento, imigrante pobre e com pouca educação, que se achava proprietário da mulher que não mais o queria, que tinha novo namorado, contando com a cumplicidade da amiga, colega de escola. Nos tempos modernos, onde o orkut é uma extensão dos contatos e da sensualidade, os corpos são colocados como numa vitrine de carne virtual, capaz de excitar o mais tímido dos impotentes, onde a ética imposta é aquela das novelas, onde tudo acontece como cada um queria que acontecesse de bom para si e não deseja que o mesmo aconteça com alguém da sua família: A REALIDADE VIRTUAL DA TV X A REALIDADE REAL DO DIA-A-DIA DE CADA UM. Para completar uma imprensa que transformou o desastre em show, a tragédia em meio para o lucro e para completar uma polícia mal paga, mal treinada, sem condições adequadas de trabalho. EIS OS INGREDIENTES QUE NÃO PODEM FALTAR A UMA TRAGÉDIA PREVISÍVEL.

A IMPRENSA: A cobertura do caso não está ligada ao direito à informação, nem à formação para cidadania. Porém ao …

Embrionária

Imagem
Dedico esta poesia aos que lutam pela preservação do meio ambiente, por entender que a humanidade é uma extensão e parte dele e que todos os seres vivos têm o mesmo direito à vida, que os que se dizem racionais têm.

A humanidade
É embrião
Que ansioso
Para dominar
O além nascimento
Começando por roer as unhas...
Passou a devorar o útero
Que a aloja
...... Poderá nem nascer !
Valdecy Alves

DIA DO PROFESSOR - Via Crucis e Percalços do Educador Brasileiro

Imagem
Euclides de Alexandria (360 a.C.295 a.C.)

“O professor não ensina, mas arranja modos de a própria criança descobrir. Cria situações-problemas."
Jean Piaget


O professor realmente é um desses profissionais que merece ter o seu dia: O DIA DO PROFESSOR! Merecidamente: Viva ao professor ! Um dia clássico na imaginação de quem foi estudante. Também quem não foi nada é. Não se trata de um dia para lembrar do professor, também não de apenas homenagear. MAS UM DIA EM QUE TODA A SOCIEDADE: pais, mães, alunos.. dizem obrigado ao profissional, que tem importância real pata todos. O dia do professor poderia ser traduzido como: NOSSO MUITO OBRIGADO ! Quando se fala professor, entendam-se todos os profissionais envolvidos na educação, todos os cargos, homens e mulheres.

PODEMOS AFIRMAR QUE O PROFESSOR TEM O RECONHECIMENTO MORAL DA SOCIEDADE, MAS TEM TAL RECONHECIMENTO TRADUZIDO SOBRETUDO EM SALÁRIO, QUE LHE PERMITA UMA EXISTÊNCIA DIGNA ? ATÉ PORQUE PARA CONTINUAR PROFESSOR TEM A NECESSIDADE DE P…

SENADOR POMPEU - VENCEDORA DO CONCURSO DE REDAÇÃO - 112 ANOS DE HISTÓRIA

Imagem
ESPERO QUE OS LEITORES DE SENADOR POMPEU CONHEÇAM MELHOR SUA TERRA, PARA QUEM MORA FORA QUE SINTA SAUDADES E PARA QUEM É DE OUTRA TERRA QUE CONHEÇA SENADOR POMPEU.



Movida pela paixão de um povo a sua querida terra, que tão receptivamente nos acolhe como uma mãe, com efusivas congratulações comemoramos este ano o centésimo décimo segundo ano de fundação desta cidade denominada Senador Pompeu.

Situada bem no seio do Sertão Central, que sob o sol ardente do Ceará foi erguida através do árduo trabalho de seus filhos que sempre sonharam com o progresso que foi escrito desde outrora em sua história, cuja origem ainda remota ao século dezoito ou, mais precisamente no dia vinte e sete de março de mil setecentos e vinte e três a partir das doações de terras concedidas pelo Governo Português, na pessoa do Capitão Mor Manoel Francês, aos desbravadores Tomé Callado e Nicolau de Souza, para ocupação do território, evitando dessa forma, uma possível ocupação dessas terras por outras nações.

De acor…

EXCOMUNHÃO

Imagem
Que nasças
Numa casa de taipa
Que passes fome
De noite e de dia
Que plantes inúmeras vezes
E haja seca
Todo ano, toda década
Todo século...

Que viva de esmolas
Que coma restos
Disputando com os porcos
Que durma e amanheça
Devendo favores
Que inveje urubus
E a escravidão...

Que viva de migalhas
Quando ir e vir
Que nunca saiba
O que é voto ou votar
Que os politiqueiros
Governem-te na infância
Na tua juventude, na velhice
Mesmo o teu túmulo

Que nasças agricultor
Analfabeto e sem terra
No Nordeste do Brasil
E que ninguém
Em toda a curvatura universal
Cumpra pior pena...... Poesia de Valdecy Alves