sábado, 9 de janeiro de 2010

PADIM CIÇO SANTO OU CORONEL? - Documentário -Lançamento na Internet




PADIM CIÇO SANTO OU CORONEL?
Documentário -Lançamento na Internet
Direção Valdecy Alves


Em 06 de junho de 2009, um sábado, lançava no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza (CE), o Documentário que fiz sobre Padre Cícero Romão Batista. Intitulado: Padim Ciço, Santo ou Coronel ? Sempre lancei com muita alegria e apreensão meus vídeos e documentários. Depois era só viajar por algumas cidades do interior, enviar o documentário para vários festivais e aos poucos a divulgação do trabalho alcançava as proporções desejadas. Até um novo projeto e o velho ficar como acervo do que produzira e dirigira, hibernando em alguma estante. Dependendo do tema, uma ou outra vez encaixando o documentário na programação televisiva. Assim tive, por exemplo:

- ORVALHO NEGRO transmitido na TV Cultura de São Paulo para todo o Brasil, tratando de meio ambiente;
- UM CARRASCO DEVE SER COERENTE escolhido para mostra paralela de cinema do Festival Mundial do Minuto, sendo exibido em cinemas em São Paulo. Protestando contra pena de morte;
- PANELA DE PRESSÃO veiculado no programa Rota 22, da TV Diário, um desses programas policiais, que divulgam a violência do dia a dia dos grandes centros urbanos. O documentário denunciando a situação dos presos, mas numa visão de direitos humanos, protestando pelo fato das prisões terem-se tornado depósitos de seres humanos;
- CAMINHADA DA SECA-FÉ transmitido pela TV UNIÃO, após um debate sobre campos de concentração nas secas do Ceará, vez que o documentário trata do Campo de Concentração de Senador Pompeu, da Seca de 1932.

Bem como outros trabalhos exibidos em teatros, cinemas, escolas e Tv´s, cujo destino final, depois, sempre foi o arquivo na estante, entre outros documentários e filmes. Padim Ciço foi lançado no Estado de São Paulo, na cidade de Itu, em dezembro de 2009, continua sendo exibido por lá, por pontos de cultura. PORÉM POR MAIS QUE SE LANCE EM VÁRIOS LOCAIS, MUNICÍPIOS E ESTADOS DIFERENTES, sempre exigirá que o público vá até o evento. DESLOQUE-SE FISICAMENTE DE SUA CASA ATÉ O LOCAL DE EXIBIÇÃO.

NESSE PONTO, entra o divisor de águas chamado INTERNET. Primeiro permitindo que tiremos da estante o que estava arquivado, os antigos documentários, filmes e acervo de Hollywood, a cada nova tecnologia, renascem: Vídeo cassete, DVD, etc. PARA NÓS, PRODUTORES ALTERNATIVOS E INDEPENDENTES DE ARTEVISUAL, A INTERNET É ESSE MARCO, através do qual mantemos disponível o acervo que produzimos para todo o Brasil, para todo o mundo. 24 horas à disposição de quem quer que seja, em qualquer lugar, pegando carona no universo de ondas cósmicas, em todos os cantos do universo, onde cavalga a internet. MUDANDO ATÉ O CONCEITO DE LANÇAMENTO.

Do ponto de vista simbólico, lançar um documentário em lugar fechado, cinema ou teatro, é muito bom para o realizador. DO PONTO DE VISTA DE EFICÁCIA, a internet é o melhor, tem-se público de qualidade e em quantidade. O documentário, o trabalho artístico vai ao encontro e permanece à disposição de quem quer ser platéia, em qualquer lugar que se encontre, até no meio rural, podendo um celular tornar-se tela de cinema.

Só como exemplo, o meu canal no Youtube (VALDEVISUAL) criado há menos de 02 anos, já teve 10.737 acessos para verem meus vídeos lá postados. Sem divulgação, sem mídia, sem campanha. POR ISSO O LANÇAMENTO DO MEU DOCUMENTÁRIO NA INTERNET:

PADIM CIÇO, SANTO OU CORONEL ?

O lançamento na internet passou a causar mais apreensão do que o lançamento no Dragão do mar, em auditórios e teatros, ESTE LANÇAMENTO NA INTERNET, no Youtube, site com suas limitações, mesmo tendo que dividir o documentário de 25 minutos em 03 partes, já que o Youtube só recebe projetos com no máximo 10 minutos e o seu contador costuma travar depois de 300 exibições, vale a pena. O TERMÔMETRO SÃO OS COMENTÁRIOS, SÃO OS E-MAILS, do Brasil e do exterior, OS PEDIDOS DE CÓPIAS PARA EXIBIÇÕES DE GRUPOS CULTURAIS, ONG´s OU VIDEOCLUBES DO PAÍS INTEIRO.

Para quem produz trabalhos fora do grande círculo comercial, para quem produz alternativamente, dentro de um certo romantismo cercado de ideais, a internet é um grande espaço democrático, alternativo e participativo.

Assim, lanço o meu documentário na internet, 06 meses após o seu lançamento em auditório fechado no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza (CE), sobre um dos brasileiros mais polêmicos: PADRE CÍCERO. Uma figura universal.

O documentário levou dois anos para ser concluído, visto que o fiz por conta própria, produção independente. Agradecendo a toda equipe que me acompanhou de perto, sobretudo: Flávio, Ranuce, Fridtjof, Jonathan, Mara Paula. Estive em duas romarias de finados em Juazeiro do Norte (CE), onde em cada uma delas quase 1 milhão de romeiros se encontravam, uma em 2007 outra em 2008.

Utilizei como ponto de partida para o documentário o livro: FALTA UM DEFENSOR PARA O PADRE CÍCERO, de Padre Antonio Feitosa, das Edições Loyola, de 1983. Obra que faz do Padre Antonio Feitosa um verdadeiro advogado do Diabo em relação a Padre Cícero, com quem conviveu. Partindo de sua obra foram ouvidos os que pensam ao contrário, ao tempo que se mostra todo o fenômeno que é o misticismo que envolve Juazeiro, em época de romaria. A festa dos romeiros, sua fé verdadeira, indiferentes à história. O Padre Cícero do seu imaginário indiferente ao Padre Cícero homem e clérigo. O documentário mostra Padre Cícero por inteiro, esses Moisés nordestino, esse Savanarola com exército, como diria Maquiavel.

Vejam o documentário, divulguem, comentem, caso gostem. Uma vez na internet, enderecei ao mundo, indiferente aos seus defeitos ou qualidades. Agora é tempo de começar um novo projeto. Dedico a obra a todos os romeiros que vi, com quem interagi, a quem entrevistei. Pois o Padre Cícero simbólico não é o representado pela estátua, mas o que está no coração dos romeiros, que através da fé, continuam gritando contra exclusão, contra toda forma de injustiça, de que são vítimas. O Padre Cícero completo, com virtudes e defeitos, resta engrandecido, claras as razões da sua dimensão no imaginário popular.

FALAR SÓ BEM OU FALAR SÓ MAL é muito fácil e inútil. Ei-lo como realmente foi no documentário e o que simboliza é muito, muito... Mas muito maior mesmo para o povo-romeiro! Que já o reabilitou quando fez dele santo, pouco importando a burocracia do Vaticano, que precisa hoje se apropriar do Padre Cícero, que necessita reabilitá-lo, por uma questão de política religiosa, antes que os evangélicos o adotem como espécie de Lutero brasileiro e o roubem da Igreja, que o renegou.

20 comentários:

Atualizações via email disse...

DENÚNCIA: SÍTIO CALDEIRÃO, O ARAGUAIA DO CEARÁ – UMA HISTÓRIA QUE NINGUÉM CONHECE PORQUE JAMAIS FOI CONTADA...




"As Vítimas do Massacre do Sítio Caldeirão
têm direito inalienável à Verdade, Memória,
História e Justiça!" Otoniel Ajala Dourado




O MASSACRE APAGADO DOS LIVROS DE HISTÓRIA


No município de CRATO, interior do CEARÁ, BRASIL, houve um crime idêntico ao do “Araguaia”, foi o MASSACRE praticado por forças do Exército e da Polícia Militar do Ceará em 10.05.1937, contra a comunidade de camponeses católicos do Sítio da Santa Cruz do Deserto ou Sítio Caldeirão, que tinha como líder religioso o beato "JOSÉ LOURENÇO", paraibano de Pilões de Dentro, seguidor do padre Cícero Romão Batista, encarados como “socialistas periculosos”.



O CRIME DE LESA HUMANIDADE


O crime iniciou-se com um bombardeio aéreo, e depois, no solo, os militares usando armas diversas, como metralhadoras, fuzis, revólveres, pistolas, facas e facões, assassinaram na “MATA CAVALOS”, SERRA DO CRUZEIRO, mulheres, crianças, adolescentes, idosos, doentes e todo o ser vivo que estivesse ao alcance de suas armas, agindo como juízes e algozes. Meses após, JOSÉ GERALDO DA CRUZ, ex-prefeito de Juazeiro do Norte, encontrou num local da Chapada do Araripe, 16 crânios de crianças.


A AÇÃO CIVIL PÚBLICA AJUIZADA PELA SOS DIREITOS HUMANOS


Como o crime praticado pelo Exército e pela Polícia Militar do Ceará É de LESA HUMANIDADE / GENOCÍDIO é IMPRESCRITÍVEL pela legislação brasileira e pelos Acordos e Convenções internacionais, por isto a SOS - DIREITOS HUMANOS, ONG com sede em Fortaleza - CE, ajuizou em 2008 uma Ação Civil Pública na Justiça Federal contra a União Federal e o Estado do Ceará, requerendo que: a) seja informada a localização da COVA COLETIVA, b) sejam os restos mortais exumados e identificados através de DNA e enterrados com dignidade, c) os documentos do massacre sejam liberados para o público e o crime seja incluído nos livros de história, d) os descendentes das vítimas e sobreviventes sejam indenizados no valor de R$500 mil reais, e) outros pedidos



A EXTINÇÃO SEM JULGAMENTO DE MÉRITO DA AÇÃO


A Ação Civil Pública foi distribuída para o Juiz substituto da 1ª Vara Federal em Fortaleza/CE e depois, redistribuída para a 16ª Vara Federal em Juazeiro do Norte/CE, e lá foi extinta sem julgamento do mérito em 16.09.2009.



AS RAZÕES DO RECURSO DA SOS DIREITOS HUMANOS PERANTE O TRF5


A SOS DIREITOS HUMANOS apelou para o Tribunal Regional da 5ª Região em Recife/PE, argumentando que: a) não há prescrição porque o massacre do Sítio Caldeirão é um crime de LESA HUMANIDADE, b) os restos mortais das vítimas do Sítio Caldeirão não desapareceram da Chapada do Araripe a exemplo da família do CZAR ROMANOV, que foi morta no ano de 1918 e a ossada encontrada nos anos de 1991 e 2007;



A SOS DIREITOS HUMANOS DENUNCIA O BRASIL PERANTE A OEA


A SOS DIREITOS HUMANOS, igualmente aos familiares das vítimas da GUERRILHA DO ARAGUAIA, denunciou no ano de 2009, o governo brasileiro na Organização dos Estados Americanos – OEA, pelo desaparecimento forçado de 1000 pessoas do Sítio Caldeirão.


QUEM PODE ENCONTRAR A COVA COLETIVA


A “URCA” e a “UFC” com seu RADAR DE PENETRAÇÃO NO SOLO (GPR) podem encontrar a cova coletiva, e por que não a procuram? Serão os fósseis de peixes procurados no "Geopark Araripe" mais importantes que os restos mortais das vítimas do SÍTIO CALDEIRÃO?



A COMISSÃO DA VERDADE


A SOS DIREITOS HUMANOS deseja apoio técnico para encontrar a COVA COLETIVA, e que o internauta divulgue esta notícia em seu blog, e a envie para seus representantes na Câmara municipal, Assembléia Legislativa, Câmara e Senado Federal, solicitando um pronunciamento exigindo do Governo Federal que informe o local da COVA COLETIVA das vítimas do Sítio Caldeirão.



Paz e Solidariedade,



Dr. OTONIEL AJALA DOURADO
OAB/CE 9288 – 55 85 8613.1197
Presidente da SOS - DIREITOS HUMANOS
Membro da CDAA da OAB/CE
www.sosdireitoshumanos.org.br

Luis Hipolito disse...

Tudo bem Valdelcy?

Parabéns pelo documentário e um Feliz 2010!!!

Luis Hipolito @ The Blogger

Feira de Santana/Bahia

Banco de ideias disse...

Valdecy,
Prazer em te acompanhar.
abraços/humberto

Jornalista Luiz José disse...

Ótimo documentário. Precisamos defender um Padre Cícero como ele foi. Sua história está ai para ser conhecida por todos. São mais de 200 livros sobre o tema. Entre eles está o livro de Lira Neto, uma preciosidade.
Um abraço

Prof. Jorge Tales disse...

Parabéns pelo trabalho, é difícil encontrarmos até mesmo na web, nossa história, é importante aparecer trabalhos que demonstrem conhecimento e vivência sobre o tema. Abraços.

Valdecy Alves disse...

RESPOSTAS AOS 05 PRIMEIROS COMENTÁRIOS:

COMENTÁRIO 1 (Dr Otoniel)- Sobre o Sítio Caldeirão, a ONG sabe se existem ainda sobreviventes. Tinha como me mandar fotos atuais do local? Que patrimônio material resta mantido? Houve recurso quanto à ação arquivada?

Comentário 2 (Hipólito) Você mora perto do local onde Lampião foi morto?

Comentário 3 - Obrigado, Humberto!

Comentário 4 (Jornalista Luis José)- Sem dúvida que Padre Cícero é um dos personagens mais polêmicos da história do Brasil. Está na crista da mesma onda messiânica de Antonio Conselheiro, padre Ibiapina, Frei Damião, São José do Belmonte... Necessário que esse país conheça sua história para entendendo-se coletivamente, analisar-se, corrigir os rumos, para chegar a ser uma nação plena.

Comentário 5 - Professor Jorge Tales, na verdade a maioria dos que fazem documentários não os coloca na web, por questões comerciais. É caro fazer documentários. Acredito que os editais e os financiamentos deveriam exigir que projetos de obras audiovisuais tivessem a previsão da obrigação de socializar na web documentários que tenham a ver com a cultura do Brasil.

James Kafka disse...

Parabéns por seu trabalho, e obrigado por ter deixado mensagem no meu blog http://tudosobrenome.blogspot.com/.
Tenho outra página em que falo de gente e fatos do nosso Ceará (http://literaturareal.blogspot.com), e o padre Cícero, claro, não poderia ficar de fora. Analioso-o como santo, independente de quaisquer outras observações já produzidas sobre essa figura extraordinária, em mais de quatrocentos livros, folhetos, documentários etc. Santo apenas pelo milagre que se reproduz diariamente através da fé inabalável de milhares (talvez milhões) de indivíduos aos quais a vida real tudo nega. Ou seja: podem tirar tudo dessa gente sofrida, mas não serão capazes de demovê-la da esperança. Outra coisa que o amigo precisa levar em conta: Cícero não era farsante, não enriqueceu vendendo gotinhas do sangue de Jesus e jamais acumulou riquezas para si. Era fervoroso em sua fé e faleceu amargurado por conta do impedimento que lhe fora imposto pela igreja. Tudo que recebeu de presente, em vida, foi revestido para obras sociais. Acolhia a todos em sua casa, inclusive os alienados que eram descartados por suas envergonhadas famílias bem posicionadas na sociedade. E os curava através da fé, sabia?
Grande abraço,
James Kafka

fridtjof disse...

Foi um prazer enorme fazer parte da equipe que trabalhou nesse documentário.
Vale a pena assistir.
Abraço.

Josselene Marques disse...

Caro cineasta:

Na minha humilde opinião, o trabalho ficou excelente porque mostra a figura humana do Padroeiro do Juazeiro, com suas virtudes e imperfeições, e nos faz refletir sobre um fenômeno: o misticismo que envolve a figura deste padre-santo e sua forte influência na vida de seus seguidores-devotos.

Apesar de ter sido ameaçado de excomunhão e bastante perseguido, foi um dos primeiros religiosos a fazer a opção pelos pobres – antes mesmo da Instituição que o ordenou e renegou.

À revelia do Vaticano, em reconhecimento aos feitos do Padim Ciço, e por uma questão de justiça, o povo-romeiro o reabilitou e o transformou em santo.

Ah! A pedido do blogueiro Khayyam (talvez o senhor o conheça), fiz a divulgação, deste lançamento, em um dos meus blogs (http://jmmfselene.blogspot.com) e tomei a liberdade de "colher" duas de suas fotos para ilustrar a "notinha". Espero não "dê por mal feito"... rsrs

Se desejar conferí-la, será um prazer receber sua visita. O convite é extensivo aos seus leitores.

Cordial abraço.

Josselene - Mossoró-RN.

CEBS - SE AVEXE NÃO! disse...

Olá, as Comunidades Ecleisias de Base do Brasil, realizarão o 13º Intereclesial na diocese de Crato. É um evento de de nivel internacional e que consegue atrair grandes personalidades ligadas as questões sociais, politicas e religiosas.
A figura de padre Pe. Cicero, deverá receber uma conotação especial neste evento. Gostaria de saber se posso publicar o documentário no blog: http://cebscearan1.blogspot.com
Carlos Jardel

Valdecy Alves disse...

Josselene Marques, visitarei com maior prazer o seu blog.

CEBS SE AVEXA NÃO. Pode publicar o documentário em seu blog. Agradeço formarmos uma rede alternativa à ditadura das TV e distribuidoras.

jeffcelophane disse...

Caro Valdecy
fico muito feliz com iniciativas como a sua de por conta propria fazer um belo trabalho como este, fomentando e divulgando cada vez mais a enorme discussão em torno do Mito Padre Cícero. Gostei bastante dos focos tratados e principalmente a parte que fala sobre "Ninguem vai ouvir a opinião do povo?".
Gostaria de estar trocando mails com voce pois meu interesse é montar uma exposição sobre o Padim Ciço e seu vídeo é perfeito para este fim.
Meu mail é jeffcelophane@gmail.com
Obrigado por me encontrar, sou como voce um apaixonado pelo povo brasileiro.
pode deixar que vou divulgar sua iniciativa.

Valdecy Alves disse...

Amigo Jeff, pode utilizar o documentário em sua exposição. Se preferir mande-me o endereço e envio-lhe uma cópia completa em DVD. Meu e-mail é: valdecyc_alves@yahoo.com.br. Obrigado pela divulgação.

vantuilo disse...

Belo deamais meu caro poeta, como sempre, sem igual.

Anônimo disse...

OBSERVEI BEM O SEU BLOG E FIQUEI ADMIRADO!/ COM A FORMA QUE ESCREVES BEM SUTIL E BEM PENSADO, UM PESQUISADOR E TANTO, DAQUELES BEM DEDICADO! LHE RESPONDI COM ESSE VERSO POIS GOSTO DE POESIA, EMBORA POUCO INSPIRADO!. -BOM, VOCÊ É UM GÊNIO RAPAZ! VÁ EM FRENTE COM SEUS PROJETOS, NÃO TEMAS! EU, INICIEI ESCREVENDO DENTRO DE MEUS LIMITADOS CONHECIMENTOS, SOBRE O DISTRITO DE CAIO PRADO (ONDE MORO), CONTANDO UM POUCO DE SUA HISTÓRIA, SEU REMANESCENTE E ETC.. NÃO SOU HOMEM FORMADO, NÃO FIZ NENHUMA FACULDADE, PORÉM MINHA CURIOSIDADE ME IMPULSIONA COM MUITO ATREVIMENTO, À ESCRITA! JÁ IMAGINOU? CHEGUEI AO RANK 5 HÁ UNS 3 MESES ATRÁS, HOJE, OSCILA ENTRE 2 E 4. COMO NOSSO DISTRITO É PEQUENO, NÃO DAVA MAIS PARA DIVULGAR SÓ NOTÍCIAS DAQUI, A NÃO SER QUE FOSSE COISA INVENTADA (NÃO COSTUMO FAZER ISSO), ENTÃO TIVE QUE DAR CONTINUIDADE PUBLICANDO NOTÍCIAS VARIADAS, FIZ PARCERIA COM ALGUNS SITES E ASSIM TOQUEI ESSE SIMPLES PROJETO QUE NA VERDADE, A GENTE DIZ 'SIMPLES' POR MODÉSTIA, MAS NA VERDADE É GRANDIOSO! NÃO IMPORTA A QUANTIDADE DE ACESSOS, TENDO EM VISTA QUE ISSO NOS ALEGRA! SÁBADO, OBTIVEMOS QUASE 600 ACESSOS, O QUE NA VERDADE É MUI GRATIFICANTE! PARA UMA PESSOA QUE NUNCA CONCLUIU SEQUER 1 ANO ESCOLAR (PENA), NÃO ME ENVERGONHO DISSO, PORÉM, ME ARREPENDO! TUDO QUE FIZ FOI SEMPRE DE UMA VEZ, EX.: ANTIGO PRIMÁRIO, OS 4 ANOS DE UMA VEZ ATRAVÉS DE RÁDIO. DEPOIS O SUPLETIVO, OS 4 ANOS NUM SÓ. ESCREVI ISSO, PARA PODER DIZER A VOCÊ: PARABÉNS! O TEU ALVO DEPENDE DE TEU ESFORÇO, POIS INTELIGÊNCIA VOCÊ TEM DE SOBRA!!! EU TENHO 48 ANOS DE IDADE, SOU PAI DE TRÊS FILHOS, MINHA ESPOSA É FUNCIONÁIA PÚBLICA MUNICIPAL E EU VOU BATALHANDO POR AQUI, BUSCANDO ALEGRIA E SAÚDE, POIS FÉ NO SENHOR JESUS CRISTO, AINDA ESTOU PELEJANDO PRA VÊ SE CHEGA AO TAMANHO DE UM CAROÇO DE MOSTARDA. RSRSRS. ABRAÇOS, LUIZ EVERARDO BEZERRA LOPES. 12/01/2009

Anônimo disse...

COMENTÁRIO - 2: CARO VALDECY,
MEU COMENTÁRIO, FOI MAIS DIRECIONADO A SUA PESSOA, PORÉM, EM RELAÇÃO AO DOCUMENTÁRIO: EXCELENTE! PARABÉNS!!!

Robson Cechinel disse...

Olá Valdecy. Ótimo documentário.

ASO no Tempo disse...

Meu Colega blogueiro Valdecy, agradeço pela a brilhante obra que você publicou acerca da vida do padre Cícero Rmão Batista.Um abraço!

Silvana Nunes .'. disse...

Olá, boa tarde.
Gostei de seu espaço, pretendo voltar mais vezes e dar uma lida com calma. Já vi que tem artigos interessantes. Hoje a minha conexão está pior do que nos outros dias, deve ser por conta do horário, não está abrindo os blogs direito.Ainda mais o vídeo, não carrega aquele buffer de jeito nenhum.
Que os bons ventos soprem a favor da Educação neste ano de 2010,porque a coisa está preta.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... aproveita para desejar um BOM FINAL DE SE<MANA.
Saudações Florestais !

GILMARA BENEVIDES disse...

Oi Valdecy,

Obrigada por visitar meu blog, gosto muito de todas as nuances da biografia do Padre Cícero!

Gilmara.

Related Posts with Thumbnails