Acompanhe as novidades do meu Blog - Siga-me no Twitter e Facebook

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

DISCRIMINAÇÃO CONTRA NORDESTINO - MAYARA PETRUSO - ESTUDANTE DE DIREITO - XENOFOBIA - ELA É SÓ A PONTA DO YCEBERG!


Mayara Petruso, você perdeu uma oportunidade de ficar calada quando escreveu as bobagens abaixo em seu twitter e no seu facebook. 



Você acusou os nordestinos de serem responsáveis pela eleição da Dilma. Quando se sabe, que mesmo excluindo a Região Nordeste, a Dilma venceria. MAS OS NORDESTINOS SERÃO MENOS BRASILEIROS E MENOS CIDADÃOS QUE VOCÊ? O direito ao voto é sagrado. Creio que você deve ser a favor da volta da escravidão! 

Mas você não é a única que pensa assim sobre os nordestinos em São Paulo, terra que eu amo, onde morei por vários anos, onde ainda moram vários dos meus parentes. Terra que anualmente visito. Você repetiu o que ouviu a vida inteira e ouve de muita gente que agora está calada, que agora engoliu a língua, que pela petulância, orgulho e ignorância ou tudo ao mesmo tempo se julga superior... Gente que muitas vezes se acha mais europeu que brasileiro ou qualquer outra denominação que julga superior. Esquecendo-se de suas próprias raízes.

Cursei direito em São Paulo. Tive professor desembargador que denominava qualquer erro crasso de um acadêmico de " B A I A N A D A ". Morei 08 anos em São Paulo e garanto que é uma minoria, mas uma minoria numa cidade de milhões, são milhares e milhares. O que muito incomoda. Os apelidos mais comuns que sofri:

- Paraiba, pejorativamente;
- Ceará, pejorativamente;
- Jabá;
- Cangaceiro;
 - Bichim...

Muitos creem que a maioria dos criminosos de São Paulo, são nordestinos. Quando as estatísticas dizem o contrário. Certa feita na faculdade de Direito colegas fizeram as seguintes observações:

- Tive em Fortaleza no final de semana. Praias bonitas, pensei que só tinha garrancho e gente armada de faca!

- O Valdecy faz Direito porque é inteligente. Porque nordestino ou é muito burro ou  muito inteligente.

Quando me candidatei para ser orador da turma, tinha que submeter o discurso que faria a uma comissão composta por alunos e professores. No dia da escolha dos oradores, só tinha a minha pessoa escrita. Adiaram a escolha. Apareceu mais um candidato e a comissão teve aumentada o número de professores. Foi a primeira vez que vi os representados serem minoria para escolherem seu representante. Escolheram um segundo discurso de uma oradora de última hora. Depois o boato que circulou, veja bem, BOATO! Era que alguém da direção da faculdade dissera: ' - UM NORDESTINO SÓ SERÁ ORADOR NESSA FACULDADE SE PASSAR POR CIMA DO MEU CADÁVER!!" Minha resposta foi não querer foto alguma, desistir de comprar o anel via comissão de formatura e até hoje quando passo em frente à Faculdade onde me formei olho de longe, com uma ponta de saudade, pelos colegas, e de mágoa pelo ocorrido. Nunca pisei lá de volta, após formado.



Certa feita, numa greve do Banco do Brasil, onde trabalhava, fazendo parte da comissão de greve, coordenando uma assembléia, após meu discurso, tive o microfone tomado pelo meu chefe que disse:

- Olha! Um nordestino desse que tava lá morrendo de fome, vem pra cá, em vez de trabalhar vem fazer greve. Devia amarrar as mãos e os pés dele com uma corda, amarrar uma pedra na corda e jogar no fundo do açude de Orós...

Noutra ocasião, numa festa de natal de colegas do Banco do Brasil, um deles falou para um grupo de bancários, no qual me encontrava:

- Deveria ter um muro entre o Rio e São Paulo, pra quando ônibus do Nordeste vier perguntar quem tem segundo grau. Os que tiverem só o primeiro grau ou forem analfabetos que voltem pro Nordeste ou vão pro Rio de Janeiro.  Num é Valdecy?

O sobrenome dele era polonês, como de tantos ali presentes sobrenomes estrangeiros. Alguns descendentes de espanhóis, outros de italianos, muitos descendentes de japoneses, etc. Ponderei que os ancestrais dele e de todos os imigrantes tinham sido recebidos de braços abertos pelo Brasil, quando passavam fome em seus países de origem. Não era justo que eles rejeitassem brasileiros natos.

MAS COISA DE UMA MINORIA!  PORÉM UMA MINORIA QUE DEVE SER EDUCADA E MUDAR SEUS EQUIVOCADOS VALORES. Geralmente os discriminadores são pessoas que se julgam europeus, de todas as classes sociais, mas que nunca foram a Europa, que agem diferentemente do Europeu, e que ignoram até como seus ancestrais chegaram ao  Brasil.

Já que a Mayara cursa Direito e estragou sua carreira antes de começar, abaixo o artigo 5º, da Constituição Federal, que trata de direito humano fundamental e que ela deveria conhecer:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:


Amanhã, postarei um modelo de petição, que basta você, leitor nordestino, que mora no Nordeste ou em São Paulo, completar com seus dados, imprimir e entrar no juizado especial cível do seu endereço,  cobrando danos morais contra Mayara e/ou contra outros que tiverem praticado discriminação.

A Mayara perdeu o blog para os hackers. Eis o que sobrou com os comentários mais terríveis que enviaram para ela:


Amanhã postarei o modelo de petição para cobrança de danos morais, por todo nordestino que se sentiu ou sentir-se ofendido pela Mayara Petruso, que praticou uma das condutas mais reprováveis que um ser humano pode praticar: A SOBERBA DISCRIMINATÓRIA!

29 comentários:

jorge mendes disse...

esse negócio de hacker é jogada para se livrar dio processo
filhinha de papai mesmo, essa tem que ser punida para inibir esses atos covardes.
participem da comunidade Mayara Petruso RACISTA no orkut
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=107875479

carlos disse...

Pois é Dr: lie a matéria que fêz sobre Mayara, e só posso dizer que é revoltante.
Por muitas vezes estive em sp e encontrei pessôas boas mais também fui por diverssas vezes discriminado, é uma terra maravilhsa mas existe este tipo de coisa. No meu texto de humor eu falo sobre isso só que falo num tom engraçado, mostrando que podemos criticar sem discriminar mais sim fasendo cultura. Um abraço!

Anônimo disse...

Não todos, mas os paulistas puxam muito o saco dos americanos e europeus, porque se acham os próprios, pena que muitos não tenham dinheiro suficiente para deixar o país e morar lá fora, ousadia é muita, mas não têm dinheiro para virarem os próprios americanos ou europeus, que tanto fazem asco com os brasileiros por causa dessa submissão, deste inconsciente coletivo de que tudo o q é de fora é melhor. Na verdade como não dá para morar fora, por falta de dinheiro, mas com muita pose, é melhor transformar SP em Europa e o nordeste no Brasil, ou melhor, na África. Como se a gente não estivesse no mesmo barco furado que é este país Brasil.

Danillo Estrela (Riku) disse...

concordo plenamente.
Muito bem Valdecy. Primeira vez que leio seu blog, já sou fãn.

GERALDA EFIGÊNIA disse...

Só um nordestino cabra da peste para dá essa resposta, parabéns. Por isso faço coro a Ivanildo Vilanova que diz,
imagine o Brasil ser dividido e o nordeste ficar independente.
Já que existe no sul esse conceito que o nordeste e ruim, seco e ingrato, já que existe a separação de fatoé preciso torná-la de direito... Agora Sra Mayara, estude melhor a história do Brasil e verás que tudo que é de melhor sai do nordeste.Quero processa-la sim, me sentir injuriada.

Anônimo disse...

Valdecy concordo plenamente com vc, gostei muito da matéria sobre a Mayara. Estou esperando o modelo de petiçao, pois serei uma das 1ª a cobrar danos morais...
Um abraço,"Orgulho de Ser Nordestino"

Cremilda Lopes disse...

Adorei a matéria..e quando você fala que ela cursa Direito e estragou sua carreira antes de começar.Já está sendo punida...Um Abraço

N.M disse...

Encontrei seu blog por um acaso. Sou nordestina e farei questão de ingressar judicialmente com a referida ação. Entretanto, não tenho a qualificação de Mayara Petruso. Pode me ajudar?

Grata,
Nilta Mariana

flavio Luiz disse...

Sou nordestino e fico até horrorizado quanto vejo um ato tão sem "Noção" como esse, e ainda pior aprovado por muita gente. Só sei que moro no nordeste e tenho muito orgulho disso, e posso dizer uma coisa com toda certeza Ela precisa é de uma punição exemplar para que isso não vire uma coisa normal. Temos que nos unir com uma corrente do bem, não do mal como Ela quer mais sim do bem a favor da harmonia de todos como já foi dito estamos todos no mesmo barco. Barco esse Chamado BRASIL.

Magno Marcio disse...

Se comprovado o crime, pela Polícia Federal, espero que esses criminosos sejam presos e condenados pela justiça, e sirvam de exemplo pra que outros do bando também sejam condenados. Acho que deve ser checado, também, se esses desocupados estavam envolvidos no envio das mensagens espalhadas na net contendo mentiras, difamação, calúnias, covardia, entre outras infâmias contra a presidente Dilma durante o período da campanha presidencial. Polícia Federal neles.

Magno - Natal/RN

Luciene disse...

Valeu Dr.! Apoiado!
É por isso que gosto do nordestino, povo bravo, simples, sincero e inteligente.
Contudo, é preciso fazer valer a lei e punir essa tal de Mayara. Mostrando que ela não é páreo pro nordestino. Vale lembrar que certamente, é uma burguesinha metida a besta que só tem minhoca na cabeça.
E gente desse nível é necessário mandar ESTUDAR. É como diz o dito popular: quem não sabe falar, melhor calar.

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Prezado Valdecy Alves!
Apesar de não conhecê-lo em carne e osso sei que você é um cidadão erudito, arguto e atuante!!!!... Isto posto, fiquei desalentado e constrangido em saber que você sofreu discriminação quando morou, estudando e trabalhando, neste Estado da Federação, que resido, que deve a sua pujança a pertinácia de muitos milhares de migrantes/imigrantes, que contribuiram, contribuem e contribuirão para o desenvolvimento de São Paulo!!!
É inconcebível a atitude desta "cidadã" em tornar de domínio público, através da linguagem escrita, no mundo cibernético, sua condição de "assecla de Hitler"... Certamente se ela fosse viva na maldita carnificina de 1939 a 1945 seria a delatora mor da Gestapo, informando onde estavam escondidos judeus, ciganos e homossexuais... Ou então, na Idade Média, seria a primeira a denunciar a "Santa Inquisição" suas desafetas como praticantes de bruxaria...
Creio que ela, além do repúdio veemente das pessoas que abominam discriminação, será penalizada pela Justiça pelo repugnante ato ilícito que cometeu.
Quando você nos ter a honra da sua visita, gostaria muito de conhecê-lo!!!!!...
Caloroso abraço! Saudações vigorosas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

Anônimo disse...

Pessoas como ela são desinformadas, preconceituosas e sem respeito algum por qualquer pessoa. Pensam que podem decidir sobre a política de um país sozinhos. O Nordeste não poderia eleger alguém a nível nacional por si só, isso foi decidido em maioria em todos os estados, inclusive no Sudeste. Pessoas com pensamentos tão pequenos, não tem idéia da sua insignificância em relação ao todo, pessoas assim, não tem contribuíção nenhuma para a humanidade, pessoas com um mínimo de intelecto deveriam ignorar pessoas como ela.

Fernando J.S.Oliveira disse...

Dr. Valdecy Alves,

Não sou nordestino mas vou cobrar sua promessa: "Amanhã postarei o modelo de petição para cobrança de danos morais..."

Acho a idéia excelente. Para quem não tem caráter e escrúpulos, como essa menina, ao bolso resta a função de doer...

Anônimo disse...

essa idiota nunca deve ter saido de sp,porque o norteste é lindo.

Anônimo disse...

Vale lembrar que certamente, é uma burguesinha metida a besta que só tem minhoca na cabeça.
E gente desse nível é necessário mandar ESTUDAR. É como diz o dito popular: quem não sabe falar, melhor calar.

edilavasks disse...

Dr., lamento profundamente a presença dessa jovem na faculdade em que se encontra. Ainda bem que o nome da faculdade nao foi citado, se nao ... Q vergonha Mayara!!!!!
Um conselho querida, antes de pensar em terminar sua faculdade, venha fazer um estagio no Nordeste, para aprender com gente de bem, a ser gente do bem.

annapattricia disse...

Sou nordestina, trabalhadora, formada e conhecedoras dos meus direitos e deveres...mulher cabrada peste sabe? sei colocar um salto..colocar um bom vestido e a lugares maravilhosas entrar e sair....mais tb sei...
Tirar o salto, lavar uma roupa encosta abarriguinha no tanque e dizer ei Mayara quem e vc? Rica? nobre de sangue azul? por que se acha melhor que nós moça?
Sossos um povo que construiu metade do Brasil..vc não deve ter estudado a história suficiênte para falar uma besteirada desta...certamente vc não deve estar saindo de casa, ou deve estar mudando de País...somos todos um só...quer dizer sem contar com vc que deve ser sangue azul.
O nosso e vermelho queridinha...somos todos livres para pensar, mesmo que eu ou vc ou outros não concordemos com as opiniões temos cabeças diferente se vc não sabe viver com um diferente se muda moça...por que aqui todos somos Brasileiros

Elieser Gomes da Silva/Fortaleza-Ce disse...

O nome "Mayara", é indígena. Vai querer mudar tambem? Petruso, deve vir de algum imigrante que fugira da fome em seu país de origem. Queres saber, menina Mayara, porque temos um país estruturado, uma Republica e como tudo começou? abra esse link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Deodoro_da_Fonseca
A proposito, o Marechal Deodoro da Fonseca era ALAGOANO. Quando teve que lutar pelo nosso país seus "petrusos" sequer tinham chegado aqui ainda. Vc deve ter passado no vestibular colando. Vou te processar tambem.

Rui disse...

E ainda dizem (quem será que diz?) que os velhos conceitos marxistas de "luta de classes" e "ideologia", bem como a noção de "hegemonia", de Gramsci, estão "fora de moda"!!! Pois é, está aí o mais recente exemplo de que o Brasil é absolutamente dominado pela "ideologia hegemônica". Ademais, vale lembrar Paulo Arantes, quando diz que hodiernamente ocorre a "extinção da inteligência dos inteligentes". Como é possível que a sociedade permaneça passiva em face de tamanha afronta? Onde está a verve crítica dos intelectuais brasileiros??? O que essa garota estúpida fez é contrário a qualquer valor, seja ético, religioso ou jurídico! É imoral e inconstitucional! É alguém assim que queremos exercendo atividade em cargos de poder, como a magistratura?? Como se não bastasse a enorme desigualdade social em nosso país, provocada pela corrupção, pela péssima distribuição de renda, tudo com amparo néo-liberal, somos obrigados a conviver com o racismo e com o preconceito, mas de forma velada, pois esta é a maneira de agir da classe hegemônica. Agora, meus caros, diante dessa demonstração manifesta, deixem fluir a verve! Sintam raiva e vergonha! Façam algo!

silvani f mendes disse...

Adorei sua matéria,e por isso parabenizo, por sua atitude.

CLODOMIR SANTOS disse...

Sou Nordestino e moro em São Paulo ha 25 anos, sou muito grato a São Paulo.
O nordestino tem ajudado no crescimento de todo o país e se o Nordeste votou em massa satisfatória e superior a 80%, foi demonstrando a sua gratidão ao governo exercido por Lula e sua equipe de governo.
Lamento muito ao tipo de pensamento exercido por esta jovem.
Clodomir Santos

Selma disse...

Parabéns Valdecy!
Você falou em nome de todos os nordestinos que sofrem o maldito preconceito por origem.
Que a atitude de Mayara não fique impune!

jip@.com disse...

Olá Dr. Valdeci. Goste muito do seu trabalho feito sobre a atitude de Mayara. Mas essa garota vai terminar se dando bem com tudo isso. Assim como Geise, a garota do vestido rosa.
Daqui a pouco a grande mídia elevará o nome de Mayara e a tornará numa celebridade;

Abraços; José Ivan

Anônimo disse...

Olá, adorei seus comentários e seu blog de uma maneira geral, é lamentável que existam pessoas iguais a Mayara, por ser estudante de Direito deveria contribuir para a melhoria do NOSSO país. Sou Élida Suzy, de Maceió-AL e estudante da Universidade Federal de Alagoas, eu tive que estudar muito para entrar em uma Universidade Pública e não foi fácil, foi muita luta dos meus pais e minha também e hoje estou cursando o último período e graças a Deus sempre tive um apoio das pessoas que eu AMO, coisa que acho que faltou no seu processo de crescimento Mayara. Eu só lamento por tudo o que você acha e sente com relação a NÓS, NORDESTINOS. Só tenho a dizer que receberemos todos vocês que julgam-se melhores do que nós, que venham conhecer as belezas naturais do NORDESTE e em especial o litoral Sul de Alagoas que eu particularmente adoro e conheçam também o povo hospitaleiro que mora aqui. Rsrsrs eu vivo minha VIDA intensamente e faço o que posso para tornar a VIDA dos meus amigos, noivo, família, alunos e quem vive ao meu redor a melhor possível, contudo fico triste com pessoas que tem a mente tão pequena quanto a da Mayara

Valdecy Alves disse...

Obrigado pelos comentários. Mesmo os anônimos, onde quem comentou identificou-se. Gostaria que os anônimos enviassem os e-mails para enviar convites sempre que puder.

Leo disse...

Bom dia meu é Leandro Lacerda,estudo no Projovem Urbano, Nesse projeto nós temos que dar palestras há comunidade a respeito de um certo assunto. Escolhi falar sobre os preconceitos que os nordestinos sofrem.
Suas postagens me deram muitas idéias muito obrigado e parabéns pelo seu trabalho.

Diego de Melo disse...

"Calando-te sempre, darás lugar à injustiça." (Publício Siro)

" A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos."(Barão de Montesquieu).

" O preconceito é uma fardo que confunde o passado, ameaça o futuro e torna o presente inacessível" ( Maya Angelou).

É certo que a manifestação desta Mayara Petruso foi RACISTA!!! E, contudo temos, de fato, consideramos inceitável que em uma sociedade civilizada aconteça uma manifestação com teor preconceitoso e que a mesma seja relevada de forma branda.

Diego de Melo, estudante de direitos humano.

Edilma Araujo disse...

Essa cidadã não conhece a hospitalidade, o carinho e o respeito que os nordestinos recebem as pessoas de todo e qualquer lugar do nosso ou de outros países.
Ela precisa nos conhecer pra depois
avaliar.

Related Posts with Thumbnails