quinta-feira, 10 de março de 2011

É HORA DE OUTROS CARNAVAIS!


Bloco Galo da Madrugada - Recife
De parabéns os cariocas, fazem do carnaval do Rio o maior espetáculo a céu aberto do mundo. Arrasta multidões e ao mesmo tempo paralisa milhões frente à TV para ver o luxo, a beleza, a alegria, a dança, a sensualidade, o sonho.

De parabéns também os baianos, milhões atrás do trio elétrico, dos quatro cantos do Brasil, de todo o Nordeste, da Bahia, de Salvador, de cada bairro, de cada rua...

De parabéns os pernambucanos com o Galo da Madrugada, um dos  maiores blocos do mundo, com seus bonecos gigantes nas ladeiras de Ó, Linda! Que virou Olinda! Assim em todo o Brasil: Manaus, Florianópolis, Fortaleza, Goiás...


Violência Urbana

Vi o Povo... O povo nas ruas...  o povo que fundamenta a existência do país, do governo... O povo que elege o Poder Legislativo, o Povo que elege prefeitos, legisladores, governadores, presidentes... O povo nas ruas... o povo capaz de fazer revoluções! Que o diga a França! Que o diga a Rússia! Que o diga o Egito! Que  imagem maravilhosa!!! Momentos maravilhosos, paradisíacos, de êxtase, do belo, da sedução... Mas, Povo das ruas, povo do carnaval maravilhoso, que deve cada vez mais crescer, ficar mais rico, colorido e participativo, não se desmobilize... POIS ATÉ O PRÓXIMO CARNAVAL DEVE HAVER DIAS SUCESSIVOS DE NOVOS CARNAVAIS:

Mantenha-se mobilizado pela educação de qualidade, num país em que os professores são tratados como mendigos e desviam o dinheiro do FUNDEB, que deveria ser aplicado na educação de qualidade! UM CARNAVAL PELA EDUCAÇÃO!

Mantenha-se mobilizado pela segurança, pois cada pessoa, parte do grande povo, não sabe se ao sair de casa, a pé, de moto ou de carro, seja nas grandes metrópoles, seja nas pequenas cidades do interior, se voltarão vivos, pois pode perecer vítima de um assalto, de um atropelamento ou de qualquer outro ato de violência! UM CARNAVAL PELA SEGURANÇA!


Mantenha-se mobilizado por um serviço de saúde de qualidade, pois não ouse adoecer, do contrário poderá morrer num corredor de hospital, se houver hospital, por falta de leito ou de UTI. UM CARNAVAL PELA SAÚDE!


Mantenha-se mobilizado pelos milhões que sequer recebem o salário mínimo como renda, não tendo como adquirir nem o básico para um ser humano sobreviver. São os que varreram seu lixo, lavaram seus dejetos, cataram suas latas e comeram os restos que largaram no lixo! Mantenham-se  mobilizados pelo fim da miséria, pelo fim de toda forma de discriminação, de todo ataque à liberdade de expressão, contra o desrespeito ao idoso... UM CARNAVAL PELA JUSTIÇA SOCIAL!


Mantenha-se mobilizado para evitar o genocídio no trânsito, a destruição do meio ambiente, para combater a violência doméstica, toda forma de homicídio, infanticídio, aborto... pela defesa incondicional da vida! UM CARNAVAL PELA PAZ!

Mobilizados  sempre que necessário e em 2012 para eleger vereadores, prefeitos e prefeitas que realmente façam de todo o elencado acima bandeiras de sua gestão... mobilizados  na futura eleição para governadores,  senadores, deputados e presidente... mobilizados  para fiscalizar a aplicação das verbas públicas, para cobrar rapidez na jurisdição e equidade do Poder Judiciário, para acompanhar a elaboração de orçamentos... mobilizados pelo respeito mínimo a todos os direitos humanos fundamentais... UM CARNAVAL PELA CIDADANIA!




Povo do Egito - em Bloco -  Fazendo a Revolução em 2011

EIS QUE É CHEGADA A HORA DE OUTROS CARNAVAIS. DO CONTRÁRIO TODOS NÃO PASSARÃO DE PIERRÔS, PALHAÇOS INGÊNUOS INDIGNOS DE PIEDADE...  DIGNOS DE ESCRAVIDÃO, EM VIRTUDE DA ALIENAÇÃO ESTÚPIDA E INFINITA.

Sem novos carnavais, sem mobilizações, sem o povo na rua pela cidadania, tal omissão transformará a beleza e o alegre e festivo carnaval de fevereiro num grande e lamentável circo. Pois não é digno de diversão, quem não exerce na comunidade, no seu país, a cidadania. Cidadania,  que uma vez efetivada, dobrará as razões para a alegria do festivo carnaval de fevereiro. ALEGRES SIM! CIDADÃOS E CIDADÃS VERDADEIROS! EIS A CONCLUSÃO PERANTE TODOS OS CARNAVAIS! NÃO SE ESQUEÇAM: É chegada a hora dos outros carnavais ao longo de todo o ano, todo mês, todo dia, o carnaval pela verdadeira democracia e pela justiça social! Na sua casa, no seu bairro, na sua cidade, no seu Estado, no seu País... ASSIM, VIVA AO CARNAVAL!

2 comentários:

Robério Fernandes disse...

Os últimos acontecimentos verificados no Egito e na Líbia mostram que os cidadãos, quando unidos, têm poder de modificar uma realidade aparentemente intocável.

Se aqui no Brasil, por exemplo, todo o país saísse às ruas exigindo que leis sejam criadas, com a eficácia esperada, e portanto apta a colocar atrás das grades administradores públicos (dos três poderes) que teimam em agir dissimuladamente, certamente o Brasil seria outro.

Não falo de leis capengas, não! Falo de leis eficazes, literalmente eficazes.

As vozes que hoje integram esses poderes reprovam outras vozes que atuaram em outros momentos da história do país, mas não conseguem enxergar que as vozes vindouras terão motivos de sobra para reprovar muitas vozes que hoje bradam em nossos ouvidos.

Como já bem se posicionou um filósofo, fácil é combater as vozes do passado, e difícil é frear as do presente. Muitas destas - está óbvio -, são dissimuladas e o país segue, capenga, com muitos ouvidos, mas com pouca audição.

.

Fram Paulo disse...

Parabéns pelo texto, belíssimo, concordo plenamente.
Vi aqui em Senador Pompeu, um carnaval degradante, alienante, financiado com dinheiro público, quando o hospital se quer tem oxigênio e seringas. E o pior, depois de um apelo pela segurança, pela Paz, vem a violência carnavalesca, que estupra a mente dos ansiosos pelo entretenimento vazio, o circo e o álcool, cala a boca do povão, que passa a usar a boca apenas para dizer o palavrão, que cantor canta na música frenética e dançante.
Creio que Senador Pompeu anda longe de fazer outros carnavais. Por enquanto os outros carnavais quem fazem são os administradores públicos, com o dinheiro público, alguns metidos a Kadhafi promovendo a tirania em plena democracia e os “opositores” oportunistas brigando por sua fatia dos recursos que pertence à comunidade.
Parafraseando um personagem de sua peça Campo de Concentração de 1932, será que é preciso formar um bando armado, igual a Lampião, e visitar os órgão púbicos de Senador Pompeu, para obrigar através da força que cumpram com seus deveres, já que não o fazem nem por força de lei?
Próximo ano outros carnavais, fora de época inclusive, as eleições, pois já deram inicio às “fanfarras”.

Related Posts with Thumbnails