terça-feira, 12 de abril de 2011

O Sacrifício

Leônidas Luta - Herói Espartano Morto Pelos Persas









                                                                              Dedico a poesia a Giordano Bruno
                                                                             Queimado por não abrir mão de suas idéias
Meu discurso
Ecoava por toda a cidade
Era tudo o que eles queriam dizer!
Mas por medo
Deliravam apenas ao ouvir-me!
.............................................................
Não havia como seus ouvidos
Nivelarem-se com a minha língua
Tampouco o seu covarde silêncio
Com a força convulsiva de minhas palavras....

E o grande opressor incomodado
Sentenciou o meu apedrejamento
As mãos dos oprimidos mais numerosas que as pedras!
Ao opressor interessava eliminar o orador
Aos oprimidos, aquele que lhes lembrava a omissão...
Davam assim mais vida à opressão
Adiando por alguns dias o inevitável amanhã!

Sem dúvida que o linchamento da voz que continuou ecoando
Já era o treinamento
Para o dia do apedrejamento do opressor!
Que como outro qualquer opressor
Não teria, tampouco jamais terá
Como fugir á fúria dos que oprimiu
Assim como as montanhas não escaparão
Á fúria das gotas d´água em forma de rios
Pois os oceanos têm sede de rios
Como o mar da humanidade
Da mais plena justiça!

Um comentário:

Aldo Luiz disse...

Caro poeta guerreiro da Luz. Sou grato pela poética.
Dirijo esta petição ao ressonante campo quântico onde tudo existe em infinita expansão para o nosso bem e o bem de todos, lembro sempre de Giordano Bruno e a infinita luminosidade de seu sacrifício; "Divino Criador, pai, mãe, filho em um. Se eu, minha família, meus parentes e ancestrais lhe ofendemos,à sua família, parentes e ancestrais em pensamentos, palavras, atos e ações, do início da nossa criação até o presente, nós pedimos seu perdão. Deixe isto limpar, purificar, libertar,cortar todas as recordações, bloqueios, energias e vibrações negativas e transmute estas energias indesejáveis em pura luz. E assim está feito." Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.

Não desligue seu detector de mentiras. Nada, religião alguma, lei alguma, substituirá a responsabilidade 100% dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Mantenha-se na vibração do amor, todos os espíritos, corações e mentes estão interconectados. Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao amor incondicional. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal e intransferível.

Desejo muita luz e paz com próspera vida longa saudável para você, Bruno e todos nós. Sou grato.

Related Posts with Thumbnails