sábado, 21 de maio de 2011

LUIZIANNE LINS A PREFEITA QUE ASSASSINOU A LEI DO PISO E A VALORIZAÇÃO DO MAGISTÉRIO NO BRASIL! INIMIGA DA EDUCAÇÃO QUE ADOTOU UMA POLÍTICA CONTRA OS PROFESSORES QUE É UM VERGONHOSO GENOCÍDIO SOCIAL

Professores de Fortaleza em greve - na Câmara Municipal - Maio de 2011

Depois de 25 dias de greve, E A GREVE CONTINUA! O Município de Fortaleza finalmente apresentou a proposta, que não tinha até apresentado por falta de coragem, POIS A PROPOSTA É UMA PROVOCAÇÃO, e por vergonha, apresentar algo tão imoral, tão injusto, tão ilegal, realmente requer assumir perda de todos os valores políticos, abrir mão de toda ideologia social, violar de forma descarada a Constituição Federal e de vez pisotear e assassinar a lei do piso. 

COM A MENSAGEM QUE A PREFEITA LUIZIANNE MANDOU PARA CÂMARA MUNICIPAL, FORTALEZA TEM DIREITO AO TROFÉU PIOR ADMINISTRAÇÃO PARA EDUCAÇÃO E MUNICÍPIO MAIS VIOLADOR DA LEI DO PISO NO BRASIL! Hora de encomendar um troféu para ela. NÃO É À-TOA QUE O BONECO DE JUDAS MAIS VENDIDO NA SEMANA SANTA ERA UMA MULHER LOIRA DE VESTIDO VERMELHO!



Eis os pontos mais imorais da injusta proposta em projeto de lei enviado à Câmara Municipal de Fortaleza:

1) O Município propõe para nível médio o piso de R$ 1.187,00, que é o piso anterior do MEC, não é nem o devidamente atualizado em abril de 2011, de R$ 1.283,00, este além de ilegal e versão 2.0 do piso pirata, ainda bem distante do piso previsto em lei de R$ 1.450,00;

2) Segundo dados do SINDIUTE só há 300 professores de nível médio. MAS A LEI EXTINGUE PROFESSOR DE NÍVEL MÉDIO NO MUNICÍPIO DE FORTALEZA, isto é, paga para nível médio, piso ilegal e ainda extingue tal cargo, contrariando a lei do piso. MAS TUDO ISSO PARA ANIQUILAR COM A BASE DE CÁLCULO DO PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO, QUE COMEÇAVA COM O CARGO DE NÍVEL MÉDIO, agora em Fortaleza, o piso nacional do magistério não serve para nada. Será que a prefeita acha que está noutro país? QUANTO A PLANO DE CARREIRA ESTÁ ACABADO. ATÉ PORQUE  FICA CLARO COM A MENSAGEM QUE QUANTO MAIS PROFESSOR INVESTIR NA SUA FORMAÇÃO EM FORTALEZA MAIS SERÁ  PUNIDO! A educação de qualidade vai para conchichina! A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO CHEGARÁ A NÍVEIS VERGONHOSOS. Pois quem tem juízo procurará outro emprego noutro lugar!

3)  Pela primeira vez prevê em lei municipal a jornada máxima de 40 horas para o magistério, corrigindo o Estatuto do Magistério, de 1984, que prevê até os dias atuais jornada de 48 horas semanas, 240 horas mês. QUANDO A LEI DO PISO DESDE 2008 PREVÊ JORNADA MÁXIMA DE 40 HORAS SEMANAL OU 200 HORAS MÊS. A lei Federal já tinha banido a jornada cavalar antiga. MAS PARA ATUAL ADMINISTRAÇÃO ADEQUAR-SE À LEI  FEDERAL DO PISO É FAZER UM GRANDE FAVOR, É TER FORTALEZA COMO MAIOR QUE A UNIÃO! 

4) Na sua infinita petulância o Poder Executivo Municipal ignora 1/3 da jornada de trabalho, sequer prevê tal direito, deixando de adequar a lei municipal à Lei Federal. SÓ POR ISSO A CÂMARA MUNICIPAL DE FORTALEZA NÃO PODERIA MANDAR PARA PLENÁRIO TAL PROJETO DE LEI, POIS É INCONSTITUCIONAL. Professor terá que trabalhar além da jornada e de graça. ISSO É TRABALHO ESCRAVO!

Portanto, a mensagem que a prefeita mandou para Câmara Municipal é um primor de maldade, uma violação ao ordenamento jurídico nacional, uma afronta à Constituição Federal, um tiro de misericórdia em sua credibilidade e em sua popularidade, que já está na UTI. S

E A MALDADE POR ACASO PASSAR, A CATEGORIA TERÁ COMO CORRIGIR NO FUTURO, MAS A PREFEITA JAMAIS RECUPERARÁ SUA CREDIBILIDADE DIANTE DE TODO O MAGISTÉRIO E MOVIMENTO SINDICAL DO ESTADO DO CEARA E DO BRASIL. 

A responsabilidade está com o Poder Legislativo de Fortaleza, eleito para legislar e para fiscalizar. LEGISLAR COM AUTONOMIA, PARA O BEM COMUM, OBSERVANDO OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS. Logo se a Câmara tiver autonomia, compromisso e responsabilidade, não aceitará esse abraço de afogado da Luizianne, que afundando, que levar os vereadores consigo para a morte sem volta! TAL TIPO DE MENSAGEM NÃO ERA PARA CHEGAR AO PLENÁRIO, BASTANDO QUE A COMISSÃO RESPONSÁVEL PELO CONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADE DAS MATÉRIAS FAÇA O SEU PAPEL DIREITO.

Mas se o Poder Legislativo de Fortaleza  estiver de joelhos diante da prefeita, SÓ RESTARÁ A CATEGORIA OCUPAR A CÂMARA MUNICIPAL, para que todos saibam que o Poder Executivo é um assassino dos direitos dos professores e o Poder Legislativo cúmplice desse genocídio social.

Nunca o contexto político para os professores de Fortaleza exigiu tanto voltado para cidadania. Os professores não poderão aceitar tamanha imoralidade, nem a conduta dos membros dos poderes, que violam de forma descarada e acintosa os mais sagrados preceitos da Constituição do país. Restando claro que a máquina pública tem dono, está voltada para todo interesse de ordem privada e de grupos, MAS EM NENHUM MOMENTO PARA A JUSTIÇA SOCIAL E OS OBJETIVOS FUNDAMENTAIS DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL CONSTANTES NO ARTIGO 3º E INCISOS DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, pisada, rasgada, ignorada, humilhada, vilipendiada, desprezada, desconsiderada, abandonada, desmoralizada... PELA PREFEITA LUIZIANNE LINS, que de forma negativa tem o seu lugar na história da educação do Brasil, como mau exemplo a ser lembrado apenas para jamais... PARA JAMAIS, NUNCA, EM TEMPO ALGUM, ser imitada!

O Poder Judiciário, através do desembargador Teodoro do Santos, já marcou a audiência de conciliação para o próximo dia 30/05/2011. CABE AO PODE JUDICIÁRIO SER O GUARDIÃO DA LEGALIDADE.

Que vergonha, Prefeita Luizianne! Que vergonha Fortaleza! MAS O POVO PODE MAIS! QUEM EDUCA PODE MAIS! QUEM TEM A CONSTITUIÇÃO AO SEU LADO, PODE MAIS! FORÇA, UNIDADE E COESÃO NO MOVIMENTO GREVISTA! ELE SERÁ O VITORIOSO! 


5 comentários:

prof.arnaldo disse...

Em Araioses estmamos passando por uma situação semelhante não respeitam o plano aprovado esta lei do piso está servindo mesmo é pra desmotivar os professores que agora não tem o que fazer . Pois está oficializada a destruição do ensino publico do Brasil. Onde os prefeitos estão fazendo valer apenas o que a lei os favorece.

Ceiça Vasconcelos disse...

Boa noite. Dr. Valdecy!
Sou Conceição Vasconcelos, professora da Rede Municipal de Fortaleza. Já conversei algumas vezes com o senhor, mas sei que não lembra de mim. O contexto é muito diverso. Sou sindicaliza pelo SINDIUTE. A escola em que trabalho fica no Conjunto Ceará. Ainda não sou uma seguidora de seu blog, mas passo sempre por aqui. Gosto de suas colocações. Contudo, Como o senhor é um de nossos representantes jurídicos,Quero fazer-lhe uma pergunta: não é possível entrar na justiça contra esse desmando da prefeita? Não tem um instrumento que possa ser usado para obrigá-la a cumprir a lei do piso em integralidade?
Pois, considerando que ela não está, de fato, preocupada com uma Educação efetivamente de qualidade, e boa parcela da sociedade brasileira, inclusive a clientela da escola, pouco valoriza o ensino ou não alcança o seu significado, a greve, só pela greve é um instrumento que já não apresenta tanto impacto social.E, ainda é preciso considerar que grande quantidade de companheiros não adere ao movimento, e quando adere, uma boa parcela não vai para as manifestações, isto é outro fato também lamentável e significativo, já que não se pode fazer Educação sem uma posição política refletida e ativa.

Anônimo disse...

É preciso que todos os professores, de cada canto desse país, se levante contra a falta de respeito, a cara de pau de todos esses políticos. Está na hora de haver uma revolução na educação deste país, a começar pelo respeito ao professor como cidadão, como pessoa e como trabalhador. Nenhum outro profissional é tão ultrajado em seus direitos quanto nós! E ainda temos que ouvir de pessoas que nada sabem de educação nos chamar de preguiçosos, quando na TV é noticiada a absurda reforma dos apartamentos dos deputados federais, com toda a mobília, no valor de R$400.000,00 por apartamento no qual irão morar às nossas custas para inda legislar em causa própria! Assim, está mais do que na hora de a população como um todo se unir à voz da profa. Amanda Gurgel (http://www.youtube.com/watch?v=8L1QYWYb8GY) para desmascarar a pouca vergonha da farra com o dinheiro público e a falta de respeito para com quem trabalha de verdade e merece todo respeito enquanto profissional.

Luciana disse...

Olá!

Estamos na luta! Todo dia!
Passei por aqui pra dizer que postei no meu blog. Ok?
Valeu!!!
Já estou por aqui.

Um grande abraço.

Luciene disse...

Que absurdo!
Quando é que o professor vai ser valorizado neste país?
Os governos equivocadamente têm investindo em tudo que é de programas para conseguir bons resultados na educação, mas, esquecem de uma coisa primordial valorização profissional do docente.
Como pode haver educação de qualidade no BRASIL, se para sobreviver o professor tem que se virar nos trintas? E tem mais se adoecer morre por falta de assistência.
Acordem governantes do meu país! E vejam que o desenvolvimento de uma nação depende muito da educação do seu povo. Gente! O professor é o formador de consciência, é ele quem prepara as demais profissões e forma as gerações.
Certamente, os NOBRES GOVERNANTES não pararam ainda para pensar, o que é você pegar uma criança sem saber sequer pegar no lápis; depois começar a cobrir, identificar letras, juntar, formar frases, textos e ler. É um trabalho nobre, fascinante, mas, que exige tempo, paciência, dedicação e até sacrifício.
Pensem nisso!
E viva o prefeito de Custódia que paga em dia e melhor do que o estado.
Sinceramente,
Luciene.

Related Posts with Thumbnails