sexta-feira, 3 de agosto de 2012

ACABA A GREVE DOS PROFESSORES DE TABULEIRO DO NORTE - APÓS 47 DIAS DE GREVE E QUE SE ENCONTRAVA SUSPENSA ENQUANTO FOSSEM MANTIDAS AS NEGOCIAÇÕES - CHEGOU-SE A UM ACORDO FINAL! A CATEGORIA SAI VITORIOSA!


Representantes da totalidade dos professores do Município de Tabuleiro do Norte
Votam nas escadarias do Tribunal de Justiça - há acordo - greve chega ao fim
(Fotos: Mara Paula/Valdecy Alves - se copiar citar a fonte)
Na tarde de 03/08/2012, após 47 dias de greve, dos quais 27 dias, mantida mesmo declarada sua ilegalidade, já na terceira audiência de conciliação, mediada pelo Desembargador Francisco Auricélio, no Dissídio Jurídico Nº 0075947-04.2012.8.06.0000, ajuizado pelo  SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE TABULEIRO DO NORTE – SIMSEP, houve acordo!  A FETAMCE ESTAVA PRESENTE NA AUDIÊNCIA. Importante salientar que representantes dos mais de 220 professores  do Município viajaram mais de 200 km do interior do Estado a Fortaleza, para em nome de todos, deliberarem ou pela retomada da greve OU PELO FECHAMENTO DO ACORDO. A notícia pode ser conferida no site do próprio Tribunal de Justiça através do seguinte link:   http://www.tjce.jus.br/noticias/noticia-detalhe.asp?nr_sqtex=29242


Dr. Valdecy Alves - Advogado do Sindicato se Manifesta na Audiência
 Os servidores de nível médio tinham recebido reajuste de 22%, enquanto os graduados, um reajuste de apenas de 10%,  CONCORDANDO O MUNICÍPIO EM CONCEDER MAIS 11,1% DE REAJUSTE EM DEZEMBRO DE 2012 AOS GRADUADOS E PÓS-GRADUADOS, MANTENDO INALTERADO O PLANO DE CARREIRA, bem como a:

1)    Elaboração de calendário de reposição das aulas de comum acordo;
2)    Cláusula moral de não punição de qualquer servidor pelo exercício do direito de greve;
3)    Fim definitivo da greve, que se encontrava suspensa enquanto durassem as negociações;
4)    Multa de R$ 10.000,00/dia caso ocorra violação do acordado;
5)    POR SUA FEITA O MUNICÍPIO JÁ PEDIU O ARQUIVAMENTO DA AÇÃO DE ILEGALIDADE DA GREVE, que será extinta juntamente com a multa estipulada.
Desembargador Francisco Auricélio  homologa acordo na terceira audiência de conciliação
No Dissídio Jurídico ajuizado pelo Sindicato da categoria


A categoria sai da greve unida, com forte sentimento de unidade, sobretudo resgatando sua carreira e alcançando o principal dos seus objetivos: REAJUSTE LINEAR, MANUTENÇÃO DO PLANO DE CARREIRA. PRONTA PARA LUTA EM 2013 QUE JÁ SE APROXIMA.  O Município atingirá, ao implementar totalmente o acordado, o uso de 71% dos repasses do FUNDEB em remuneração dos profissionais da educação básica.


Representantes dos servidores que viajaram do Município de Tabuleiro do Norte a Fortaleza
230 KM - para deliberar a retomada da greve ou sobre fechamento de acordo

 A LIÇÃO, MAIS UMA VEZ QUE FICA É QUE SÓ QUEM RESISTE, QUEM LUTA É QUE MANTÉM DIREITO, SÓ QUEM LUTA CONSEGUE IMPLEMENTAR DIREITOS, SÓ QUEM LUTA CONQUISTA E AMPLIA DIREITOS! TUDO EM NOME DA DIGNIDADE HUMANA, DA VALORIZAÇÃO DO PROFESSOR E DA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE.


Confira mais fotos da audiência de conciliação abaixo:


Representantes dos servidores que viajaram do Município de Tabuleiro do Norte a Fortaleza
230 KM - para deliberar a retomada da greve ou sobre fechamento de acordo

Representantes do Município de Tabuleiro do Norte

Desembargador Francisco Aurcélio e assessoria

Dr. Valdecy Alves - Advogado dos professores - em Debate

Vista parcial da audiência de conciliação

Vista parcial da audiência de conciliação


Vista Parcial da audiência - Dra. Mara Paula advogada da categoria na bancada

Debate tenso e intenso entre Sindicato e Município

Desembargador pede calma e defende a solução negociada do conflito

A categoria suspende audiência - debate e diz não a primeira proposta do Município

Categoria elabora contraproposta para levar para audiência de conciliação

Um comentário:

Dário Silva (Professor) disse...

Parabéns aos colegas professores de Tabuleiro do Norte e a assessoria jurídica pelo desfecho dessa luta. Só com luta e perseverança conseguiremos a tão sonhada valorização e minimizar essa desigualdade salarial dos professores em relação as demais classes com mesmo nível de formação.

Related Posts with Thumbnails