domingo, 26 de agosto de 2012

UMA POESIA QUE DIVIDO COM A HUMANIDADE - DEVOLVO EM FORMA DE FRAGMENTO POÉTICO O MUITO REFLETIDO DO QUE RECEBI DE TODOS - OBRIGADO!

Luz como símbolo de maior riqueza: O saber!
Foto: Science News - física quântica


POEMA DE UMA MANHÃ DE DOMINGO
                   De: Valdecy Alves


Você,
Homem mais rico do mundo
Se toda sua vida é para preservar
Cada centavo de sua riqueza
Nunca será além de um mísero ser
Pois a verdadeira riqueza deve ser o racional uso dos bens
Transformados em meios para o bem estar pessoal e coletivo
Não há maior miserável que aquele
Que se deixa transformar em meio para os seus bens!

Você,
Maior miserável entre os miseráveis do mundo
Se a sua vida é lamentar e esperar o milagre continuamente
É na sua omissão que se alicerça toda a sua miséria...
Tornou-se um milionário em matéria de  miséria
Acabando por aderir a um masoquismo
Fazendo da miséria uma fonte de prazer...
A maior das misérias é acomodar-se na omissão!

Você,
Maior analfabeto e maior ignorante
Servo dócil dos que lhe jogam as migalhas
Dos alimentos e do saber
Que sem você seriam lavagem aos porcos
Que sem você seriam superstições primitivas
Sabendo ou não como situar-se
No universo político e social
Sofre ao mesmo tempo como o mais rico e o mais miserável
Pois sente-se rico ao receber a lavagem
Pois sente-se milionário ao aderir à superstição
É aquele que se ver como não é
E é perfeitamente visto como é
Sobretudo por aqueles que o iludem!

Você,
Político estelionatário e mentiroso
Câncer, verme e vírus a um só tempo
O mesmo vale para falsos legisladores e julgadores corrompidos
Na Estrutura do Estado que deveria ser libertador
Da necessidade, da ignorância, da injustiça...
Sanguessuga do excesso da seiva em que se afoga
Que há muitos falta e causa morte física e espiritual
Você... Você mesmo!
Será sempre a própria vítima do seu estelionato
Ás vezes morto pelo assaltante que não teve acesso ao trabalho
Outras vezes pelo motorista embriagado que não teve acesso à educação
Algumas vezes pelo seu colega político que você enganou
Aos dividir as verbas da corrupção
Se viver em demasia morrerá envergonhado de si mesmo
Se viver pouco o mínimo usufruirá do roubado...

Rico verdadeiro
É o que é capaz de canalizar o ter para ser
Rico é o que faz da miséria seja de ter, seja de saber
Combustível para revolução de paradigmas
Rico é o que sabe para continuar buscando sempre saber
E sempre partilhar o pouco que sabe
Rico é o analfabeto que busca a leitura
Rico é o ignorante que busca a sabedoria
Por todas as ferramentas possíveis, sejam da razão, sejam do sentir...
Que saibam que é possível sempre construir um mundo melhor e mais justo
Que é necessário cada vez mais enriquecer o patrimônio
Cultural e espiritual da humanidade
Sempre... sempre... tendo a luz do sol como guia
Para nunca se deixar de crer num novo amanhã
Sempre... sempre melhor que o dia anterior!

                              Fortaleza (CE) - 26/08/2012- D.C.

2 comentários:

naeilhaprofessora disse...

Sua sensibilidade, sabedoria e criatividade emocionam, principalmente por estar sempre buscando promover a reflexão acerca das injustiças do mundo. Obrigada por nos presentear com tão bela poesia neste domingo!!!!!!!!

Aldo Luiz disse...

O SISTEMA É PSICOPÁTICO, ESCRAVAGISTA, ALIENÍGENA, INUMANO E ANTROPOFÁGICO.
Nunca desliguemos nossos detectores de mentiras. Ninguém virá nos salvar... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao amor incondicional. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal e intransferível.

Ótima postagem, linda poesia, sou grato.

Related Posts with Thumbnails