domingo, 13 de janeiro de 2013

IGREJAS DO CEARÁ IX- PATRIMÔNIO HISTÓRICO MATERIAL E RELIGIOSO QUE DEVE SEMPRE SER PRESERVADO - ALGUMAS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO JAGUARIBE AFINAL UMA DAS BASES DA COLONIZAÇÃO DO CEARÁ FOI SEMPRE A FÉ – QUE O DIGA PADRE CÍCERO!


Ao longo da minha militância advocatícia, em defesa dos direitos sociais dos servidores públicos municipais como assessor de alguns sindicatos, algumas vezes apenas de passagem, outras vezes na minha luta cultural, tenho percorrido quase todos os municípios cearenses. Em cada um deles, presente ainda a força da fé, uma das pilastras em que se sustentou não apenas o descobrimento e a colonização do Brasil, mas de cada município brasileiro. Apesar da decadência clara da influência religiosa nos dias atuais, em virtude de inúmeros fatores que dão uma tese de Sociologia, os prédios das igrejas mostram a força de uma era de grande poder, que resta escrito na arquitetura. A ponto de poucos municípios terem igrejas evangélicas que possam rivalizar em tamanho e beleza com  igrejas com suas torres magníficas. São símbolos de uma era, quase teocrática, onde fé e paixão política formavam um só tecido. A história gravada na arquitetura. Mantendo profundo significado com a identidade cultural das comunidades em que estão inseridas. 

Abaixo igreja de 04 municípios cearenses e do distrito de Nova Floresta. Municípios: Tabuleiro do Norte, Banabuiú, Solonópole e Orós. Pela importância histórica, pela imponência, por ser patrimônio histórico material associado a patrimônio histórico imaterial religiosidade, portanto têm que ser preservadas. Veja e admire:

Igreja do Distrito de Nova Floresta - Bela sobre uma colina
(Fotos: Valdecy Alves - Quem copiar favor citar a fonte)


Igreja de Tabuleiro do Norte

Igreja de Banabuiú - Já reformada
Em publicação anterior estava em ruínas

Igreja de Solonópole

Igreja de Orós - Arquitetura realmente inovadora



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails