terça-feira, 11 de junho de 2013

FUNDEB - OS REPASSES AUMENTAM EM JUNHO DE 2013 - MAS OS MUNICÍPIOS DO BRASIL CONTINUAM VIOLANDO DIREITOS DOS PROFESSORES - PAGANDO PISO PIRATA DESATUALIZADO - NÃO CONCEDENDO 1/3 EXTRACLASSE - EXTINGUINDO DIREITOS - VIOLANDO PLANOS DE CARREIRA - VIOLANDO O PISO - CONFIRA O QUE ENTROU A MAIS NO SEU MUNICÍPIO EM 10/06/2013!

Chuva de Dinheiro do FUNDEB nas Contas das Prefeituras - Enquanto isso violam direitos dos professores
Em Redenção e Juazeiro do Norte no Ceará ainda  reduzem o piso e a carreira
(Foto: Google)

NO dia 10 de junho de 2013, ENTROU MAIS DINHEIRO NA CONTA DO FUNDEB DE TODOS OS MUNICÍPIOS E ESTADOS DO BRASIL.  ENTROU A MAIS  R$ 1,7 bilhões relativos a acertos dos repasses realizados até 08/05/2013, Embora exista o repasse normal do FUNDEB do dia 10 de junho de 2013, há valores a mais. em virtude de alterações da portaria do MEC nº 04, de 07/05/2013. Verifique abaixo o que entrou a mais nos Municípios seu Estado:

PARA O ESTADO DO CEARÁ - MUNICÍPIOS ENTROU MAIS R$  148.850.853,34 
NO DIA 10 DE JUNHO DE 2013
ENQUANTO ISSO VIOLAM DIREITOS – EXTINGUEM DIREITOS  
E  PISAM NA LEI DO PISO !
Cadê 1/3 extraclasse? Cadê o piso Pirata do MEC 2 
No valor de R$ 1.695,80?
Cadê o Piso Legal - Conforme Artigo 5º da Lei do Piso R$ 1.817,30?
Cadê as promoções e a progressão da carreira?
Por que estão extinguindo direito adquirido se há mais verbas?
Confira quando entrou no seu Município clicando no seguinte link:

 ESTADO
  CRÉDITO EM JUNHO R$
    DÉBITO EM JUNHO R$
DINHEIRO A MAIS R$
ACRE
108.526.286,44
99.324.364,60
9.201.921,84
ALAGOAS
534.324.182,29
477.963.720,50
56.360.461,79
AMAZONAS
494.286.681,18
454.250.597,24
40.036.083,94
AMAPÁ
85.569.070,01
77.424.910,35
8.144.159,66
BAHIA
2.195.427.142,34
1.936.537.096,94
258.890.045,40
CEARÁ
1.351.369.060,68
1.202.518.207,34
148.850.853,34
ESP  SANTO
569.169.726,39
542.172.208,95
26.997.517,44
GOIÁS
722.592.244,29
678.885.523,95
43.706.720,34
MARANHÃO
1.359.392.551,43
1.186.685.685,09
172.706.866,34
MINAS GERAIS   
2.014.859.721,55
1.936.682.034,38
78.177.687,17
MATO G D SUL
360.205.640,85
342.177.987,06
18.027.653,79
MATO GROSSO
320.526.866,68
305.211.725,00
15.315.141,68
PARÁ
1.361.305.219,18
1.196.716.427,21
164.588.791,97
PARAÍBA
 482.218.949,85
446.088.282,59
36.130.667,26
PERNAMBUCO
1.071.600.061,64
989.976.068,60
81.623.993,04
PIAUÍ
519.922.240,31
470.235.615,37
49.686.624,94
PARANÁ
1.029.063.326,16
989.070.749,91
39.992.576,25
RIO JANEIRO  
1.923.074.191,47
1.877.292.622,22
45.781.569,25
RIO G NORTE
409.284.851,51
383.820.257,10
25.464.594,41
RONDÔNIA
190.716.094,67
179.205.725,17
11.510.369,50
RORAIMA
79.059.438,65
71.565.065,83
7.494.372,82
RIO G DO SUL
1.243.170.794,60
1.201.308.590,07
41.862.204,53
SANTA CATAR
835.233.930,23
803.050.407,51
32.183.522,72
SERGIPE
318.454.323,90
292.975.410,79
25.478.913,11
SÃO PAULO
5.468.418.030,66
5.197.056.825,04
271.361.205,62
TOCANTINS
212.259.277,10
194.728.559,54
17.530.717,56
BRASIL TOTAL
25.260.029.904,06
23.532.924.668,35
1.727.105.235,71
Fontes: Banco do Brasil S.A   e  Confederação Nacional dos Municípios
Pesquisa: Dr. Valdecy Alves
                                                                                                                                           http://valdecyalves.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails