sábado, 15 de fevereiro de 2014

SERVIDORES DE QUIXERÉ APÓS UM ANO DE PRESSÃO PARA ANIQUILAR O SINDICATO RETOMAM A LUTA COM O SINDICATO MAIS FORTALECIDO - MAIS CONSCIENTES, MAIS FORTES E APROVAM CRONOGRAMA DE ESTRATÉGIAS DE LUTA JUNTAMENTE COM A CAMPANHA SALARIAL DE 2014 - NEM HITLER DESTRUIU UM POVO TAMPOUCO ALGUÉM PODE DESTRUIR UM SINDICATO! A LUTA CONTINUA PORQUE VIVER É LUTAR!


Categoria aprova por unanimidade estratégias de luta e Campanha Salarial 2014:
Fotos: Mara Paula - Dr. Valdecy Alves
A VIDA É LUTA E A LUTA CONTINUA: Arte, luta, sonho, consciência, razão, indignação, renascimento após um ano de intenso massacre contra o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço  Público Municipal de Quixeré – SINTSEMQ – na assembleia realizada na manhã de 15/02/2014. O TEATRO INTERPRETOU A VIDA E A CATEGORIA APROVOU ESTRATÉGIAS PARA LUTA NO PALCO DA VIDA JUNTAMENTE COM A ESSÊNCIA DE TODA A LUTA DA CATEGORIA PARA O ANO DE  2014.  O evento teve a cobertura da TV Jaguar, que tem ampla audiência em todo o Vale do Jaguaribe. Os servidores estão prontos para resolver amigavelmente as pendências, prontos para uma verdadeira batalha. Ficou comprovando que Nietzsche, oi grande filósofo alemão estava certo quando dizia: "- O QUE NÃO NOS MATA, TORNA-NOS MAIS FORTE". Ou mortos, ou resistindo com mais força.

Eridan - Presidente do Sintsemq - abrindo a assembleia

SE COM LUTA JÁ É DIFÍCIL - SEM LUTA É IMPOSSÍVEL: Ficou claro para todos, ao longo dos debates na assembleia, que não é fácil viver lutando continuamente. MAS VIVER SEM LUTAR É IMPOSSÍVEL VIVER. ALIÁS: VIVER SEM LUTAR não é viver. É vegetar! É ser montaria! E nada ser! É viver no tédio e morrer vivo! É ser apenas carcaça! A AFIRMAÇÃO DA VIDA ESTÁ NO EXERCÍCIO DA CIDADANIA! NA LUTA MÍNIMA PELOS DIREITOS MÍNIMOS. Resistindo a toda forma de opressão e violação. Viver é lutar. Que todos lutem em forma de sindicato. POIS TODOS JUNTAM FORMAM O SINDICATO. À CIDADANIA ENTÃO E À LUTA! Eis o moral da parte reflexiva do debate.
Grupo Teatral MOTIM DO TEATRO
Peça: Rabiscos de uma Quase Existência
Texto - direção - figurino - maquiagem... excelentes - Foram aplaudidos de pé

O TEATRO E A LUTA: com muito acerto, a assembleia foi aberta com um espetáculo teatral com o título: RABISCOS DE UMA QUASE EXISTÊNCIA! Que mostrou o desespero e o sofrimento de quem luta e é oprimido. MAS MOSTROU O DESESPERO MAIOR DE QUEM É OPRIMIDO E NÃO RESISTE... que deságua na morte. Todos puderam quebrar a rotina diária, para refletir noutras direções... já que a arte rompe até mesmo com a lógica do dia a dia e descortina novos olhares e novas janelas para novos horizontes. Após o teatro, foi o momento de retomar e exercer o papel da cidadania no palco da vida! ONDE OCORRE NOSSA PEÇA TEATRAL, QUE NOS OBRIGA A IMPROVISAR TODO DIA E TODO DIA MATAR UM LEÃO PARA SOBREVIVER! Mas sem luta não há vida. A FILOSOFIA EXISTENCIALISTA ESTÁ CERTA NUM PONTO: “ Estamos condenados a ser livres! A Fazer escolhas! A angústia é saber disso e saber que temos que exercer a liberdade e isso gera responsabilidade.” Seja, lute, não há liberdade, nem cidadania sem luta. FOI A REFLEXÃO QUE RESTOU APÓS A PEÇA TEATRAL. O grupo MOTIM DE TEATRO DE PARABÉNS.

Valdiuene Gomes - Dirigente sindical lendo a Pauta Salarial de 2014
UMA DAS DIRIGENTES SINDICAIS MAIS PERSEGUIDAS NO CEARÁ
A DIRIGENTE VALDILENE GOMES APÓS DOIS ANOS DE PERSEGUIÇÃO - DE DEMISSÃO E SEM SALÁRIO VOLTA AO CARGO DE PROFESSORA E À DISPOSIÇÃO DO SINDICATO SEM PERDA DOS SEUS DIREITOS E REMUNERAÇÃO: Após dois anos demitida, escolhida para cristo pelo Município, finalmente a dirigente sindical e professora Valdilene Gomes foi reintegrada ao cargo de professora, do qual fora demitido e voltou à folha de pagamento. Ao mesmo tempo já foi liberada para ficar à disposição do Sindicato. Como consta na decisão judicial.

COM CERTEZA A DIRIGENTE SINDICAL MAIS PERSEGUIDA NO ESTADO DO CEARÁ NOS ÚLTIMOS ANOS. Pois foi demitida por ser dirigente sindical, permaneceu demitida, embora o Município tenha tentado fazer diversos acordos imorais ao longo da resistência. MUITAS VEZES PROPUSERAM SUA REINTEGRAÇÃO DESDE QUE DEIXASSE DE SER SINDICALISTA... DEPOIS QUE O SINDICATO DEIXASSE DE PUBLICAR SEU JORNAL... DEPOIS SERIA REINTEGRADA SE ABRISSE MÃO DE SUA LIBERAÇÃO...  Sabedora de que tais propostas mais do que uma solução ao seu problema era uma forma de enfraquecer a luta, a liberdade e a autonomia sindical, SEGUROU FIRME. ATÉ SER REINTEGRADA E ESTÁ EM SEU CARGO E LIBERADA PARA O SINDICATO COMO SEMPRE ESTEVE E COMO MANDA A CONSTITUIÇÃO FEDERAL. Durante dois anos, a categoria pagou o salário da Valdilene. NÃO HÁ EXEMPLO MAIS DESCABROSO, NEM MAIS INJUSTO, NEM MAIS VERGONHOSO QUE TODA A PERSEGUIÇÃO DO MUNICÍPIO DE QUIXERÉ À SINDICALISTA, AO SINDICATO E A ELA TAMBÉM COMO SERVIDORA... QUE RESULTOU NUMA RESISTÊNCIA ÚNICA E NUMA VITÓRIA EXEMPLAR, MARAVILHOSA, HEROICA... pois as grandes maldades podem produzir grandes injustiças, mas havendo resistências, produzir feitos heroicos de todos os atores sociais envolvidos e perseguidos. A ALEMANHA PÓS HITLER É UM EXEMPLO DISSO... A ROMA PÓS NERO, TAMBÉM... E ISSO É HISTÓRIA, TEMA PARA ESTUDOS E MONOGRAFIAS. Bem vinda, Val, parabéns pela consciência, pela resistência e pelo compreensão de todos os valores envolvidos, juntamente com seus direitos individuais. FOI PRESERVADA A LIBERDADE SINDICAL, SEUS DIREITOS INDIVIDUAIS E O SENTIDO DE QUE LUTAR DEVE SER UM DEVER E RESISTIR SEMPRE! E QUEM LUTA E PERSEVERA, VENCE!


Dr. Valdecy Alves sendo entrevistado pela TV Jaguar
 ESTRATÉGIAS APROVADAS: além de aprovar a CAMPANHA SALARIAL 2014, os servidores aprovaram com imensa atenção, as estratégias de luta, para que a Campanha alcance seus objetivos. Aprovados vários pontos, eis os principais:  

1)     Executar a ação para liberação da dirigente Carla Verlaine; 
2)     Toda a categoria aderir à greve nacional do mês de março de 2014, não só professores;
3)     Durante a greve realizar marchas pelas ruas do Município e uma audiência pública;  
4)     Preparar campanha de mobilização até o dia da greve caso não ocorram negociações e avanços em se tratando da Campanha Salarial 2014; 
5)     Lutar pelo piso legal, não aceitando o piso pirata do MEC; 
6)     A categoria deliberou de lutar pela abertura da CPI contra a contração de servidores via cooperativa, o que só prejudica o direito de tais contratados, fragiliza direitos humanos, prejudica a qualidade do serviço público e permite a formação de currais eleitorais. DEFENDENDO A CONTRATAÇÃO SOMENTE VIA CONCURSO PÚBLICO; 
7)     Denunciar imediatamente à Procuradoria Regional do Trabalho a existência de contratação via cooperativa. Houve outros pontos aprovados.


Banner do Sindicato

CONCLUSÃO: O Sindicato reinicia 2014 fortalecido e fará do seu fortalecimento meta também ao longo do ano. Paralela à luta. A campanha salarial é toda a base da luta de 2014. Essência da entidade. As estratégias serão tão fundamentais em Quixeré, que está sendo dada total atenção a tal parte da luta. A categoria tem consciência que o contexto social, econômico e político é favorável à luta. E a palavra de ordem agora é: MOBILIZAR! MOBILIZAR! MOBILIZAR! Pois a participação do servidor na luta, como sindicato, será fundamental. A LUTA ESTÁ LANÇADA! E SÓ HÁ VISÃO PARA UMA META:  V I T Ó R I A!

ABAIXO MAIS FOTOS DA ASSEMBLEIA E 
UM CONVITE CULTURAL - VEJAM:


Vereador Carlinhos de Pipiu - Garantiu que assina a CPI da cooperativa

Debate sobre estratégias e contexto favorável: Há dinheiro - há direito - boa conjuntura social e política - Todos atentos

Dr. Valdecy Alves com os atores do grupo MOTIM DO TEATRO

UM CONVITE CULTURAL - RECOMENDO - TODOS DEVEM IR
POIS ATRAVÉS DA ARTE É POSSÍVEL REINVENTAR O MUNDO E
DÁ NOVOS SIGNIFICADOS À VIDA E À NOSSA EXISTÊNCIA

2 comentários:

Anônimo disse...

Dr. Valdecy, obrigada por suas palavras... seu texto fez passar um filme pela minha cabeça... somente que acompanhou de perto, como o senhor e Dra. Mara, poderia descrever com tanto realismo o que passei, o que passamos... mas estamos aqui, graças as pessoas certas que estavam ao meu lado e que eu soube ouvir... imensamente agradecida por sua assessoria, todavia, mais ainda por sua amizade... e precisaremos mais do que nunca de vocÊs nesses dias vindouros... à luta!!
VALDILENE GOMES

Anônimo disse...

Dr. Valdecy e Dra Mara sou imensamente agradecida por tudo. Agradeço não como diretora sindical, mas, como cidadã de Quixeré que reconhece a importância do trabalho que vocês aqui desenvolveram. Durante o processo da companheira Valdilene, vocês foram mais que assessores jurídicos, foram amigos! E diante de tantos atos covardes, hipocrisia e interesses particulares, prevaleceu no final a decência dos que tinham compromisso com a causa da Val que era a causa de todos. Estamos sim renascendo das cinzas e com cicatrizes que justificaram a luta. Conte com minha amizade e consideração. Belíssima matéria.
Eridan.

Related Posts with Thumbnails