domingo, 16 de março de 2014

OS CURRAIS ELEITORAIS NO CEARÁ VOLTAM COM TODA FORÇA EM 2014 E COMO UM VÍRUS FATAL A CORRUPÇÃO DEVORA A MÁQUINA PÚBLICA - DEU NA GRANDE MÍDIA! NÃO HÁ ÉTICA - PREVALECENDO O ROUBO - O CINISMO E O DESCARAMENTO!

Curral eleitoral - povo gado - máquina pública sucateada - corrupção vencendo
Fotos: Google (Arte: Valdecy Alves)
Deu no jornal O Povo de domingo, 16/03/2013, matéria que demonstra a volta dos currais eleitorais e o seu peso para os miseráveis municípios do Estado do Ceará, acesse no link abaixo:

http://www.opovo.com.br/app/opovo/dom/2014/03/15/noticiasjornaldom,3220512/o-peso-e-os-riscos-dos-novos-currais.shtml

QUE PARADOXO! COMO AVANÇAR NO TEMPO E RECUAR ASSIM POLITICAMENTE COM A CONSTITUIÇÃO MAIS DEMOCRÁTICA E CIDADÃ DE TODOS OS TEMPOS?  Os novos prefeitos são novos corpos VICIADOS PELAS VELHAS PRÁTICAS. E AS PIORES PRÁTICAS DA POLÍTICA DOS CORONEIS! Alguns deles neocomunistas, neosocialistas, neo qualquer coisa... numa salada de mentiras e enganação.  Eis alguns sintomas do curral eleitoral que se enfrentam no dia a dia, em 2014, no Estado do Ceará:

1) Saúde em colapso devido o desvio de verbas públicas. Pessoas em corredores de hospitais ou em ambulâncias estradas afora;

2) Segurança aos frangalhos, estando a situação do interior pior que em Fortaleza, as drogas vencendo e ainda está bom... o poço não tem fundo. A VIOLÊNCIA MAIS CRUEL É A REGRA, O TEOR, UMA GUERRA CIVIL QUE MATA MAIS QUE GUERRAS EM OUTROS PARTES DO MUNDO...

3) Inexistência de política esportiva e cultural;

4) Licitações fraudulentas em todos os níveis. Criação de várias ONG's para captar verbas de emendas orçamentárias para alimentar o curral eleitoral, disfarçadas de prestadoras de serviços sociais. Povo sem políticas públicas fundamentais mínimas, governantes e seus aliados rasgando dinheiro, com luxo e consumo desmedidos... às custas de todas as misérias causadas;

5) Com toda tecnologia a seca vencendo as políticas mínimas que deveriam existir com a mesma força de 1942, 1915 e 1877. Ainda fazem renascer a velha política das secas;

6) Professores sem o piso nacional legal, sem reajuste, sem 1/3 extraclasse, sem plano de carreira, sem concessão da carreira quando há plano de carreira, desvalorizado, humilhado... política educacional pilhada... Regimes próprios de previdência municipais e estaduais assaltados e INSS não recebendo repasses previdenciários...

7) Pagando salário abaixo do mínimo a milhares de pobres servidores, miserabilizando, muitas vezes com a conivência de alguns membros do Ministério Público e do Poder Judiciário;

8) Servidores que foram empossados ganhando acima do salário mínimo sem qualquer reajuste há anos, sofrendo redução salarial e sem plano de carreira para quem curso apenas nível fundamental ou nível médio técnico;

9) Excesso de contratação dos servidores do curral eleitoral, muitas vezes o contratado devolvendo metade do que recebe em espécie para quem contratou, para formação do grande OCEANO DAS VERBAS DO CAIXA 2 utilizadas para alimentar as vaquinhas eleitorais,  que vendem seus votos, pois eleições são transformadas em balcão de negócios... após a eleição, tornam-se escravos do abuso;

10) Cooptação das associações do Município, de algumas lideranças sindicais, de presidentes de times, lideranças religiosas... que acabam no mesmo pacote, no mesmo saco de farinha, na mesa arca de Noé.... e o mais paradoxal é que os partidos com os discursos mais radicais acabam aliando-se com as velhas lideranças para chegarem e permanecerem no poder... vaqueiros dos velhos currais eleitorais... E A POLÍTICA DO CURRAL ELEITORAL SE PERPETUA... pois como dizia Maquiavel... Em se tratando de chegar ao poder e nele permanecer " os fins, justificam os meios!"  Nesse meio o Poder Legislativo, em sua maioria, participa da pilhagem... tudo diante de um Poder Judiciário hesitante, que solta corruptos com imensa facilidade... ou permite prescrição de processos... E o povo que é a fonte originária do poder também, em sua maioria, são os enganados, os comprados, os oprimidos e escravizados através da necessidade pelos seus representantes, que da forma mais imoral chegam e permanecem no poder utilizando a máquina pública para seus interesses pessoais e politiqueiros, não para o fim de construção de uma sociedade justa, humana, solidária, sem miséria, sem marginalização, sem discriminação...  como manda a Constituição. E AINDA VOLTA A POLÍTICA DO PÃO E DO CIRCO.  Que retrocesso! Que tristeza! Que golpe na utopia e na esperança, hein, senhores novos prefeitos, novos governadores??????

Enquanto isso os prefeitos marcham a Brasília:

Os prefeitos marcham a Brasília e pisam na cabeça e nos direitos do povo
Para eles todo dinheiro é pouco

Um comentário:

katia cristina disse...

Uma situação bem parecida com a de Pernambuco.

Related Posts with Thumbnails