terça-feira, 29 de abril de 2014

SERVIDORES DE PARAIPABA EM GREVE VIAJAM ATÉ FORTALEZA E FAZEM DENÚNCIAS JUNTO À PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO - PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA - PROCAP E TCM - NUM VERDADEIRO GREVETOUR EM DEFESA DOS SEUS DIREITOS E DENUNCIANDO OS ABUSOS - DESMANDOS E VIOLAÇÕES – A GREVE CADA VEZ MAIS FORTE!


Servidores protestam e fazem denúncia em frente à PROCAP em Fortaleza
Fotos: Mara Paula - Valdecy Alves

UMA VERDADEIRA PEREGRINAÇÃO NO EXERCÍCIO DE GREVE E EM DEFESA DOS DIREITOS E DA CIDADANIA: Manhã de 29/04/2014. Dezenas de servidores públicos municipais de Paraipaba, em greve, representando os centenas de servidores municipais, eleitos em assembleia do SINDSEP-Paraipaba, fizeram um verdadeiro tour pelas principais instituições fiscalizadoras dos municípios, algumas estaduais, outras federais. POTENCIALIZANDO A GREVE EM ANDAMENTO. Fazendo o seguinte roteiro:
Protocolo de Denúncia junto à Procuradoria Regional do Trabalho
Os concursados têm que ser convocados e haver novo concurso
PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO: Denúncia do grande número de contratados, que têm direito de fazer concurso e serem efetivados. Além do concurso garantir a contratação de forma constitucional dos mais capazes o que redundará em serviço público de qualidade. PELO FIM DE TODO ABUSO. DA FALTA DE TRANSPARÊNCIA E DE VIOLAÇÃO À CONSTITUIÇÃO.

Na saída da Procuradoria Regional do Trabalho

Servidores protocolam denúncia junto à Procuradoria Geral da República
Violação a direitos dos professores e à lei do piso
PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA – MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL: Para investigar a violação a 1/3 extraclasse – por transparência na aplicação das verbas do FUNDEB, em defesa da carreira e que os professores contratados possam fazer concurso ou os professores com ampliação incorporem. Além de apurar se a contribuição previdenciária está sendo repassada em dia, verificando se a contribuição da previdência dos servidores efetivos (RPPS) e contratados (INSS)está sendo repassada tempestivamente. Do contrário estará ocorrendo apropriação indébita.
Protesto em Frente ao Ministério Público Federal

Val - Presidente do SINDSEP-PARAIPABA com a denúncia protocolada
PROCAP – Procuradoria dos Crimes Contra Administração Pública – MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL: Investigar todas as violações a leis, TIPIFICADAS COMO CRIME. Da pauta da Campanha salarial 2014, grande parte são violações a leis municipais, estaduais, federais e a princípios constitucionais. ALÉM DO ESTOURO DO COMPROMETIMENTO DA FOLHA DE PAGAMENTO, em virtude do excesso de contratados, definido como crime pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

MARCADA AUDIÊNCIA PELA PROCAP:  COM O SINDICATO DOS SERVIDORES DE PÚBLICOS MUNICIPAIS DE PARAIPABA  PARA O DIA 06/05/2014, PELA MANHÃ, QUANDO SERÁ RECEBIDA UMA COMISSÃO DE GREVISTAS QUE SERÃO OUVIDOS PELO COORDENADOR DA PROCAP Dr. Maurício Carneiro. A categoria após ir à PROCAP foi ao TCM, requerendo urgente auditoria nas contas do município.

Protesto em Frente ao Ministério Público Federal

CONCLUSÃO: A GREVE CONTINUA MAIS FORTE. UM NOVO CRONOGRAMA DE LUTA SERÁ APROVADO NA PRÓXIMA ASSEMBLEIA A SER REALIZADA NO DIA DO TRABALHO E MAIS RADICAL. A LUTA CONTINUA PORQUE AS VIOLAÇÕES CONTINUAM. A LUTA CONTINUA PORQUE A INDIFERENÇA DO MUNICÍPIO CONTINUA SEM QUALQUER NEGOCIAÇÃO. E A RADICALIZAÇÃO DA LUTA CONTINUARÁ ATÉ NEGOCIAÇÃO E SOLUÇÃO DAS PENDÊNCIAS. QUEM VIVER VERÁ!

2 comentários:

Anônimo disse...

Como o gestor municipal pode fazer incorporaçao de servidores que sao efetivos com 20 horas e uma ampliaçao de
mais 20 horas? Principalmente se ja tem muitos anos de servico?

Valdecy Alves disse...

Através de projeto de lei,como já fez Fortaleza e Umirim.

Related Posts with Thumbnails