quarta-feira, 7 de maio de 2014

VEM AÍ UM NOVO GOLPE CONTRA OS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA - PREFEITOS QUE DEVORAM O DIREITO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS NA ATIVA E JÁ CONSOMEM AS VERBAS QUE FINANCIARIAM SEUS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS NO FUTURO– ELES AGEM COMO UM BURACO NEGRO NAS FINANÇAS PÚBLICAS - PARA ELES TODO DINHEIRO É POUCO! É A LEI DO CÃO

                                                                                 
Charge do Google
É pra se roubado - aplaudir e dizem amém ao senhor!

Os prefeitos do Brasil tentam mais um terrível golpe que vitimará de vez os regimes próprios de previdência dos servidores públicos do Brasil. Ao tempo que legitimarão a apropriação indébita de verbas do regime geral de previdência social, gerido pelo INSS. SERÁ O TIRO DE MISERICÓRDIA NOS REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. Envolve bilhões e bilhões de reais. O golpe tem um nome bonito: ENCONTRO DOS DÉBITOS PREVIDENCIÁRIOS DA UNIÃO E DOS MUNICÍPIOS. 

Tal encontro de débitos previdenciários pode assim ser explicado: durante anos vários prefeitos, inclusive os atuais, não repassaram à previdência recolhida dos servidores contratados. OS SERVIDORES EFETIVOS SÃO FILIADOS AO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA, nos municípios em que adotaram regime próprio. Raciocínio que aplica a todos os Estados da Federação e capitais. AO NÃO REPASSAR AS VERBAS PREVIDENCIÁRIAS PARA O INSS, NEM DO SERVIDOR, NEM A PARTE PATRONAL, o município passa a dever tais quantias. O GOVERNO FEDERAL PERMITE QUE PARCELEM SEMPRE. FAZENDO POLITICAGEM COM O DINHEIRO PREVIDENCIÁRIO DOS SERVIDORES.  Os prefeitos chamam tal dívida de débito, na verdade crime tipificado no Código Penal como APROPRIAÇÃO INDÉBITA PREVIDENCIÁRIA. Crime qualificado. 

Onde há regime próprio de previdência social, o INSS terá que repassar todas as verbas pagas pelos municípios, seja a parte patronal, seja a parte do servidor concursado, para o município. OS PREFEITOS CHAMAM DE ENCONTRO DE DÉBITOS PREVIDENCIÁRIOS USAR ESSE DINHEIRO DO SERVIDOR CONCURSADO, FILIADO À FORÇA AO REGIME PRÓPRIO, AINDA NAS MÃOS DO INSS. PARA PAGAR OS DESVIOS DAS VERBAS PREVIDENCIÁRIAS DOS SERVIDORES CONTRATADOS. 

Não bastasse não repassar aos regimes próprios a contribuição patronal do Município. Não bastasse se apropriarem da contribuição do servidor. CONVERTENDO TUDO EM PARCELAMENTO QUE NUNCA PAGAM... REPARCELADO DEPOIS E REPARCELADO INFINITAMENTE... Ainda desviam as verbas previdenciárias dos servidores contratados, que pertencem ao INSS, já que contratado não pode filiar-se a regime próprio... AO PARCELAREM OS DÉBITOS COM O INSS, DESCONTADOS MENSALMENTE DO FPM... Agora querem pagar tais desvios com as verbas previdenciárias que o INSS tem que repassar para os regimes próprios que pertencem ao servidor efetivo. E O PIOR, é que todos os regimes próprios já contam com o repasse de tais verbas no futuro, mesmo assim a maioria dos fundos de previdência estaduais e municipais têm rombo atuarial, cujo montante, ultrapassa um trilhão de reais.  ASSIM VALE A PENA DESVIAR DINHEIRO PÚBLICO.Que país é esse??? Que políticos são esses??? Que câncer é esse?:Que vírus são esses? Verdadeiros buracos negros no corpo das finanças públicas!

Confiram a matéria no site da Confederação Nacional dos Município:
CNM e governo se reúnem para buscar soluções às dívidas previdenciárias


Buraco negro devorando uma galáxia - decoram tudo no Universo
A maioria dos prefeitos agem assim com as verbas públicas
Foto: Nasa
O deficit atuarial de 53 regimes próprios de previdência do Ceará, dos 55 existentes, ultrapassa R$ 11 bilhões de reais. O rombo nos 27 estados da Federação é de 1,4 trilhão de reais. O rombo do regime próprio em 25 capitais de Estados brasileiros ultrapassa mais de R$ 115 bilhões de reais. AGORA O POUCO QUE VIRIA PARA AMENIZAR TAIS ROMBOS, OS PREFEITOS QUEREM USAR PARA QUITAR A DÍVIDA CAUSADA POR SUA APROPRIAÇÃO INDÉBITA IRRESPONSÁVEL E CRIMINOSA. 
Ebola - vírus fatal que ataca o corpo humano
Vários prefeitos agem como tal vírus
A partir da semana que vem, estarão na 17ª Marcha dos prefeitos do Brasil. Uma das maiores bandeiras é o tal do ENCONTRO DOS DÉBITOS PREVIDENCIÁRIOS DA UNIÃO E DOS MUNICÍPIOS. QUE SE TRADUZ NO FIM DA APOSENTADORIA E DE PENSÃO PARA MILHÕES DE SERVIDORES E SEUS DEPENDENTES NO FUTURO. Tal raciocínio se Aplica a mais de 2.000 regimes próprios de previdência social e aos servidores a ele filiados. 

ENQUANTO PLANEJAM ESSE GOLPE NAS VERBAS PREVIDENCIÁRIAS DOS REGIMES PRÓPRIOS, NESSE INSTANTE DEVORAM OS BILHÕES DO FUNDEB e também o piso, carreira e 1/3 dos professores; ENQUANTO ISSO DEVORAM OS BILHÕES DA SAÚDE... e um dos seus morrerá em breve em algum corredor de hospital quando precisar...  HORA DO SERVIDOR MARCHAR TAMBÉM À BRASÍLIA EM DEFESA DOS SEUS DIREITOS...HORA DOS SINDICATOS FAZEREM O SEU PAPEL A NÍVEL LOCAL - ESTADUAL OU FEDERAL.  HORA DE DENUNCIAR TAL DESCALABRO AO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. HORA DE AJUIZAR AÇÃO POPULAR CONTRA ESSE ENCONTRO DE DÉBITOS PREVIDENCIÁRIOS.  Só uma perguntinha: COMO PODE HAVER DÉBITO SE VOCÊ SERVIDOR, TEVE A PREVIDÊNCIA DESCONTADA NO SEU CONTRACHEQUE SEMPRE, SEM ATRASO, A VIDA INTEIRA???  Ninguém pode ficar na arquibancada assistindo a esse pavoroso espetáculo de devoramento de direitos fundamentais da classe trabalhadora. Necessário combater essa cultura virótica, essa neurocisticercose, esses verdadeiros buracos negros que devoram canceriginosamente o erário público e o direito à vida com dignidade que deveria ser garantido pelas verbas previdenciárias a milhões de servidores e aos seus familiares.  BRASIL, UM PAÍS DE GESTORES QUE PILHAM O ERÁRIO PÚBLICO!


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails