quarta-feira, 23 de julho de 2014

PROFESSORES DE QUIXERÉ APROVAM ACORDO PARCIAL SUSPENDENDO ESTADO DE GREVE E MANTENDO A NEGOCIAÇÃO QUANTO ÀS PENDÊNCIAS RESTANTES - MANTÊM A CONSCIÊNCIA - A UNIDADE E A MOBILIZAÇÃO - FICANDO MARCADA ASSEMBLEIA PARA 04/08/2014 - ALGUNS AVANÇOS - MAS NÃO SE PODE BAIXAR A GUARDA!


Professores de Quixeré suspendem estado de greve - Aceitam acordo parcial e mantém mobilização
Fotos: Mara Paula - Valdecy Alves

ACEITA PROPOSTA PARCIAL DE ACORDO E SUSPENSO O ESTADO DE GREVE: Após 10 dias em ESTADO DE GREVE - adiando-se o início do segundo semestre letivo, os professores do Município de Quixeré aceitaram proposta de acordo parcial, SUSPENDO O ESTADO DE GREVE. A proposta do Município foi dar imediato início À ELABORAÇÃO DO NOVO PLANO DE CARREIRA DOS PROFESSORES, CUJO CRONOGRAMA DE REUNIÕES SERÁ ENTREGUE AO SINDICATO NO PRAZO DE 10 DIAS. Garantindo-se o direito adquirido e a melhora dos direitos. Duas pendências causavam o Estado de Greve:

1) A atualização do plano de carga e carreira do magistério (principal reivindicação) e
2) Reajuste de mais 4,8% no piso do ano de 2014.

A CATEGORIA DEU PRIORIDADE À UNIDADE DA CATEGORIA- ATÉ PORQUE PERMANECE A MOBILIZAÇÃO: O Município disse SIM à primeira proposta e no momento disse não à segunda, alegando não ter condições financeiras. A PROPOSTA DIVIDIU A CATEGORIA. Parte defendia a transformação do Estado de greve em GREVE POR TEMPO INDETERMINADO, parte defendia aceitação da proposta e manter a continuidade da negociação, já que haverá constante negociação durante a elaboração do novo plano de carreira. EM NOME DA UNIDADE. PARA EVITAR DIVISÃO DA CATEGORIA. OS QUE DEFENDIAM A GREVE RETIRARAM A PROPOSTA - PREVALECENDO UMA NOVA PROPOSTA DE CONSENSO, COSTURADA APÓS AMPLO DEBATE.

EM APOIO À CATEGORIA COMPARECERAM 03 VEREADORES DO MUNICÍPIO E UMA COMISSÃO DE DELEGADOS DO CONLUTAS, QUE EM SEUS DISCURSOS OFERECERAM TODA FORMA DE COOPERAÇÃO PARA QUE A LUTA DOS PROFESSORES SEJA EXITOSA.

Painel que mostra negociação finalizada com assembleia durante a manhã de 23/07/2014 em Quixeré
NO SENTIDO HORÁRIO: Categoria me votação - falando representante do Conlutas - Falando Eridan (presidente do Sintsemq) - Pronunciamento do Dr. Valdecy Alves - Vereadores de oposição - Dra. Mara Paula tratando da competência do TCM Representantes do Município e a categoria atenta a todos argumentos de negociação parcialmente exitosa


DO APROVADO PELA ASSEMBLEIA - PROPOSTA MISTA - FRUTO DE MUITO DEBATE - PRIORIZANDO A UNIDADE DA CATEGORIA: Abaixo o decidido pela assembleia, que como resultado imediato resultou na SUSPENSÃO DO ESTADO DE GREVE - COM INÍCIO DAS AULAS  EM 24/07/2014, todavia mantida a mobilização, tendo em visto varias pendências, a saber:

1) Suspensão imediata do estado de greve;
2) Início das aulas em 24/07/2014;
3) Mantida a mobilização permanente;
4) Marcada assembleia para o dia 04/08/2014;
5) Eleita equipe de mobilização com pessoas por local de trabalho;
6) Caso haja desconto no salário dos dias parados; caso haja perseguições; caso não seja apresentado o cronograma de estudo e elaboração do plano de carreira; caso retirem ampliação de jornada de qualquer professor... caso haja qualquer punição: A EQUIPE DE MOBILIZAÇÃO IMEDIATAMENTE TRANSFORMARÁ A MOBILIZAÇÃO PERMANENTE EM ASSEMBLEIA EM REGIME DE URGÊNCIA URGENTÍSSIMA PARA DELIBERAR SOBRE A QUESTÃO;
7) Houve apenas adiamento dos dias parados, seja qual for a solução, atrasando no mesmo tempo o fechamento do calendário letivo de 2014 ou recuperando os dias adiados - A SOLUÇÃO DEVE SER FRUTO DE CONSENSO ENTRE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E SINDICATO DA CATEGORIA - SINTSEMQ;
8) A categoria aprovou ainda enviar proposta do reajuste devido, de 4,8%, a ser concedido em 03 parcelas sucessivas, a partir de agosto de 2014.


CONCLUSÃO: a decisão dos servidores, num só corpo, como Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Quixeré,  levou em conta, além da manutenção da unidade da categoria: o dever de reciprocidade à toda comunidade escolar e munícipes de Quixeré que apoiaram a luta dos professores, assim, garantindo o direito dos alunos à educação. Pesou também o clima de negociação permanente instalado; o fato do plano de carreira ser prioridade para categoria e já ter início as negociações em questão de dias; o fato do Município ter pago imediatamente o abono de férias de julho/2014 e ainda ter pago 50% do 13º Salário. HOUVE AVANÇOS - LONGE DO IDEAL - MAS COMO AS NEGOCIAÇÕES CONTINUAM - NADA HÁ DE NEGATIVO EM ACREDITAR NO DIÁLOGO - MAS LEMBRANDO - O ESTADO DE GREVE ESTÁ SUSPENSO - PODENDO SER RETOMADO IMEDIATAMENTE E TRANSFORMADO EM GREVE CASO TENTEM ENGANAR, PERSIGAM E NÃO CUMPRAM QUALQUER PONTO ACORDADO. Solicita-se ao diretores de escolas do Município que evitem qualquer tentativa de massacre e assédio moral - NENHUM ABUSO SERÁ ACEITO PELA CATEGORIA. Havendo abuso de poder - constrangimento ilegal - imediatamente serão tomadas todas as medidas cíveis e criminais contra diretores de escola e imediatamente convocada assembleia - mesmo tendo-se marcado assembleia para o próximo 04/08/2014. QUE SEJA MANTIDO O DIÁLOGO - O RESPEITO E COM BOA-FÉ. POIS COMO NUNCA A CATEGORIA SE ENCONTRA IRMANADA - UNIDA E EM ESTADO DE PRONTIDÃO! QUEM DUVIDAR QUE DUVIDE! MAS QUEM VIVER - VERÁ A RESPOSTA QUE SERÁ DADA À ALTURA DE QUALQUER ATO DE TERRORISMO PSICOLÓGICO - ECONÔMICO OU MATERIAL!



Um comentário:

Anônimo disse...

GRANDE VITÓRIA E ORGANIZAÇÃO. NUNCA A CATEGORIA ESTEVE TÃO CONSCIENTE DE SEU PAPEL. GRAÇAS A UM TRABALHO COERENTE E RESPALDO JURIDICAMENTE COM MAESTRIA. DR. VALDECY, ESTAMOS APENAS INICIANDO ESSA LUTA DE CONSCIENTIZAÇÃO SOCIAL E DE BUSCA POR DIREITOS. ESPERAMOS, AO FINAL, A VITÓRIA. GRATA PELO EMPENHO INQUESTIONÁVEL DO SENHOR E DE DRA. MARA PAULA.

Related Posts with Thumbnails