domingo, 10 de agosto de 2014

SERVIDORES MUNICIPAIS DE PARAIPABA AVALIAM CAMPANHA SALARIAL DE 2014 - PLANEJAM ESTRATÉGIAS DA CONTINUIDADE DA LUTA E COMEMORAM O DIA DOS PAIS


Servidores aprovam todos os encaminhamentos por unanimidade em seguida comemoram o dia dos pais
Fotos: Mara Paula - Valdecy Alves

DEBATE - AVALIAÇÃO - PLANEJAMENTO E FIXAÇÃO DE AÇÕES: Na manhã de 10/08/2014, os servidores de Paraipaba, em assembleia convocada pelo Sindicato da categoria - SINDSEP PARAIPABA - debateu-se longamente a campanha salarial do ano de 2014, avaliou-se e planejaram-se novas ações. Ao final, comemorou o dia dos pais com mensagens, coquetel e sorteio de alguns brindes doados pelo comércio local. Ficou claro para categoria:

1) Que a autonomia do Sindicato diante todos os poderes, todos os partidos, é um dos seus maiores bens que terá sempre que ser mantida, priorizando a luta e sempre o interesse da categoria;
2) Que nas estratégias de luta acionar os poderes é uma das suas prerrogativas;
3) Que foi positivo acionar o Poder Legislativo, acionando a Câmara Municipal, que tem o grande poder de dar muita publicidade da luta e denúncias de violações a toda comunidade;
4) Que foi interessante acionar o Poder Judiciário, embora os servidores entendam que pela demora em despachar processos, deixa muito a desejar;
5) Que sempre acionará o Ministério Público, pois existe para defender o respeito a todas às leis, sejam municipais, estaduais, federais, seja a Constituição Federal, sejam tratados internacionais adotados pelo Brasil... mas avaliou que a promotoria de Paraipaba não corresponde às expectativas dos que exercem a cidadania... a categoria debaterá posteriormente uma visita à Procuradoria Geral de Justiça em Fortaleza, para tratar da questão. Pois é da opinião que um Ministério Público que atue com rapidez, atenda bem e aja com eficácia, é fundamental para que não ocorram violações a direitos sociais;
6) Avaliou como positivo ter acionado: a) Procuradoria Regional do Trabalho; b) Ministério Público Federal em Fortaleza; c) PROCAP - Procuradoria dos Crimes Contra Administração Pública e d) Tribunal de Constas dos Municípios (TCM);
7) Houve fortalecimento do Sindicato em todos os sentidos e da luta;
8) Que a paralisação e a greve foi um grande e exitoso aprendizado e
9) Que nas quase 03 décadas de existência do Município foi a primeira vez que se lançou um campanha salarial, que na verdade, é um raio "X" de uma cultura de violação de décadas.


Momentos da assembleia - Abertura - participação do servidor -debate de estratégias com assessoria jurídica
No sentido horário: Val Pires (presidente do Sindicato)-  Categoria - Dr. Valdecy Alves - Votação

A PARALISAÇÃO - A GREVE E TODAS AS ESTRATÉGIAS FORAM RESPONSÁVEIS POR ALGUNS AVANÇOS QUE PRECISAM SER APROFUNDADOS: Todos foram unânimes e concordaram que após a paralisação e a greve, que continua suspensa e judicializada: 1) instaurou-se a negociação, que foi em si um fato positivo; 2) que o Município passou a respeitar mais a categoria, mas que o respeito ainda está aquém do devido; 3) que o piso pirata de 2014 e o reajuste do salário mínimo só foram aprovados graças à paralisação; 4) QUE SÓ APÓS A GREVE: a) aprovou ajuda de custo e aprovar e atualizar a legislação dos direitos dos agentes de endemias e ACS; b) realização do laudo pericial  e equipamentos de segurança para os garis; c) iniciação do debate com o Município para elaboração do plano de carreira da saúde e atualização do plano de carreira do magistério; d) prestação de contas em audiência pública do FUNDEB; e) acesso ao Demonstrativo atuarial do Instituto de Previdência Municipal com debate, que mostrou que a situação é pior do que se imaginava e que é uma coisa sem futuro; f) a situação de pressão e de absurdo assédio moral na escola Boa Vista será denunciada à Comissão de Educação em Fortaleza, sobretudo a conduta da diretora e do vereador que tenta mandar e se apossar da escola, que jamais será propriedade de alguém ou de qualquer político. POIS É PÚBLICA.PROPRIEDADE DO POVO! 

APROVOU-SE POR UNANIMIDADE assembleia só com os professores em 12/09/2014,que não abrem mão do restante do reajuste do piso de 2014, que tem, de alguma forma, ser pago pelo Município; serão eleitos os representantes do Conselho do Fundeb da categoria, pois as vagas do Sindicato estão previstas em lei. É DIREITO, NÃO É CONCESSÃO! Bem como outros deliberações. Sendo que haverá nova rodada de negociação no próximo dia 13/08/2014. A CATEGORIA AVALIOU QUE AS NEGOCIAÇÕES TÊM QUE RESULTAR EM AVANÇOS, sob pena de esvaziamento e necessidade de radicalização da luta.  A LUTA COMO SEMPRE, CONTINUA! DEVENDO SER FORTALECIDO O SINDICATO E CADA VEZ MAIS FORTALECIDA A LUTA E A CONSCIÊNCIA.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails