domingo, 7 de setembro de 2014

MUNICÍPIOS DE REDENÇÃO E DE MUCAMBO – OS QUE MAIS DESVALORIZARAM PROFESSORES EM 2013 NO CEARÁ –TIVERAM QUEDA NO IDEB TÃO VIOLENTA QUANTO À VIOLÊNCIA UTILIZADA CONTRA OS DIREITOS DOS PROFESSORES E A TRUCULÊNCIA CONTRA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE


DOIS MUNICÍPIOS QUE NÃO PODEM SER EXEMPLO PARA NENHUM OUTRO DE POLÍTICA EDUCACIONAL: Em 2013, tanto o Município  de Redenção quanto o Município de Mucambo, no Estado do Ceará, foram os que de pior forma trataram os professores. Causando tensão, greve e reduzindo de forma brutal e ilegal os salários da categoria. Mesmo tal redução sendo proibida pela Lei do Piso e pela Constituição Federal. 

EIS O IDEB: Veja a tabela do IDEB abaixo dos dois citados municípios, comparando-se o IDEB do ano de 2011 e 2013 e o retrocesso detectado no IDEB. Onde impera o medo, a injustiça, o terrorismo psicológico, a perseguição... A educação de qualidade nunca passará de uma utopia. Vejam os números e a queda nos dois municípios, cujos prefeitos e secretários de educação entrarão para a história, através da mídia e das monografias que serão publicadas, como inimigos da educação.

REDENÇÃO –CEARÁ
Queda nas séries iniciais
Ideb Observado
Município
2005
2007
2009
2011
2013
REDENCAO DO 1º AO 5º ANO - Queda de 0,1 – A meta é 4,9 – Além do retrocesso ficou abaixo da meta estabelecida para 2013, 4,9.
3.2
3.3
4.3
4.7
4.6

MUCAMBO –CEARÁ
Queda nas séries iniciais e nas finais
Ideb Observado
Município
2005
2007
2009
2011
2013
MUCAMBO DO 1º AO 5º ANO  - Queda de 1,3 – Caiu de 7,5 em 2011 para 6,2 em 2013 – REFLEXO DE TODA VIOLAÇÃO  AOS DIREITOS DOS PROFESSORES DE MUCAMBO
3.5
4.5
4.9
7.5
6.2
Ideb Observado
Município
2005
2007
2009
2011
2013
MUCAMBO - DO 6º AO 9º ANO  - Queda de 0,6 – Caiu de 5 em 2011 para 4,4 em 2013 – REFLEXO DE TODA VIOLAÇÃO  AOS DIREITOS DOS PROFESSORES DE MUCAMBO
3.3
3.6
4.3
5.0
4.4


AGRAVANTES: Em Redenção, o que é mais grave ainda, é que a Secretária de Educação é professora, ex-liderança sindical que lutava pela implementação da lei do piso. FICA CLARO que violar direito de professor, violar a Lei do Fundeb, violar a Constituição Federal, atacar a carreira, criar situações em que o professor para sobreviver com dignidade é obrigado a fazer paralisações e greves constantes... quando poderia estar feliz, tranquilo, investindo na formação e em planejamento do projeto pedagógico e para dar aulas, tem que desviar sua atenção e aguentar todo forma de perseguição e mal tratos, por diretores que não gerem nada. A maioria indicada por vereadores, que se comportam como cães de guardas dos prefeitos. O RESULTANDO DISSO É TRISTEZA, DECEPÇÃO, QUEDA NA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO, DESESTÍMULO DO PROFESSOR E DESVALORIZAÇÃO DA CLASSE. NINGUÉM QUER SER MAIS PROFESSOR! Mucambo e Redenção são os piores exemplos do Ceará em 2013, colhem o que plantaram. RETROCESSO COM SEU RETROCESSO POLÍTICO-EDUCACIONAL. PRECISAM APRENDER COM OS ERROS E MUDAREM SUAS CONDUTAS JÁ, PARA ONTEM! E assim, com sua política educacional, violação a direitos dos professores e todo ataque aos direitos dos profissionais do magistério, são exemplos que não devem ser seguidos por nenhum Município do mundo, por nenhum gestor que tenha o mínimo compromisso com uma verdadeira e eficaz política educacional. Pobres alunos, pobres professores, pobre Brasil! 

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails