quinta-feira, 16 de outubro de 2014

PROFESSORES DE APUIARÉS COMEMORARAM SEU DIA EM ASSEMBLEIA E ABRINDO NEGOCIAÇÃO COM O MUNICÍPIO QUE SE FEZ PRESENTE ATRAVÉS DA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PARA RESOLVER VIOLAÇÕES À LEI DO PISO

Professores de Apuiarés- assembleia - reflexão e debates
Fotos: Mara Paula - Valdecy Alves

COMEMORAÇÃO DO DIA DOS PROFESSORES EM APUIARÉS COM REFLEXÃO - DEBATE E ENCAMINHAMENTOS: Na manhã de 15/10/2014, os professores do Município de Apuiarés, Estado do Ceará, comemoraram o dia do professor, com reflexão e debate. O evento foi realizado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Apuiarés. A Dra. Mara Paula fez uma reflexão sobre às violações à lei do piso através das ações diretas de inconstitucionalidade ajuizadas junto ao Supremo Tribunal Federal por vários governadores. Bem como sobre o projeto de lei nº 3776/2008, como parte de uma estratégia de ataques nacional à efetivação da lei do piso. Já o Dr. Valdecy Alves fez uma reflexão a partir dos principais direitos dos professores contidos na LDB, na Lei do Fundeb, na Lei do Piso, na Constituição Federal, ainda tratando da liberdade sindical, quando envolve professor sindicalista, e do direito de greve, que quando exercido pelos professores, sempre é julgado ilegal. Afunilando o debate para demonstrar as violações a direitos de professores por parte dos prefeitos de todo o Brasil, do Ceará e chegando a Apuiarés, onde falta fazer uma avaliação dos professores, para progressão por avaliação, bem como implementar por completo o 1/3 extraclasse, só parcialmente concedido. Além da necessidade de aperfeiçoar a lei municipal que incorporou a ampliação de jornada dos professores no ano de 2014. Palavras e reivindicações que foram fortalecidas pelo Presidente do Sindsep-Apuiarés Sr. Antonio Simplício, que presidiu todo o trabalho da mesa, já deixando fixadas todas as datas durante as quais correrão as ações ao longo das negociações.

Professores de Apuiarés- assembleia - reflexão e debates
O MUNICÍPIO ESTAVA PRESENTE E NA ASSEMBLEIA MESMO TIVERAM INÍCIO NEGOCIAÇÕES: A senhora Zenete Soares, secretária de educação do Município de Apuairés, estava presente. Ouviu com atenção todas as falas. Os servidores concordaram que não se pode chegar a 2015 sem a solução da implementação integral de 1/3 extraclasse para todos os professores e concessão da progressão por avaliação, que já deveria ter acontecido. A secretária concordou com a formação de um grupo misto de estudos, formado por membros da categoria e do Município, para em 10 dias analisar como resolver as pendências. Mesmo assim, a categoria marcou assembleia para 15 de novembro de 2014, para debater a possibilidade de paralisação e até de greve, caso perdurem as violações denunciadas. A categoria requereu ainda o aperfeiçoamento da lei que incorporou a ampliação da jornada de dezenas de professores, pois alguns ficaram de fora. COMEMORARAM COM DENÚNCIA, DEBATE, LUTA E NEGOCIAÇÃO. UMA COMEMORAÇÃO CIDADÃ, RESPONSÁVEL E COM OS PÉS NO CHÃO. O grupo de estudo em 10 dias apresentará propostas de solução para violações debatidas, que duram desde o ano de 2008, quando foi aprovada a lei do piso. Violações resolvidas em parte, pela atual gestão.

NÃO HAVERÁ EDUCAÇÃO DE QUALIDADE SEM A VALORIZAÇÃO DOS PROFESSORES. SÓ HÁ VALORIZAÇÃO QUANDO MINIMAMENTE FOR GARANTIDO O PISO JUSTO E UMA CARREIRA DIGNA. É POR VALORIZAÇÃO E UMA POLÍTICA EDUCACIONAL DE QUALIDADE POR QUE OS PROFESSORES LUTAM, POIS SÓ ASSIM SERVIDORES, PROFESSORES, ALUNOS E A SOCIEDADE SAIRÃO GANHANDO AO MESMO TEMPO. E QUEM SABE UM DIA OS PROFESSORES TERÃO COMO COMEMORAR SEU DIA SEM RESERVAS E SEM RESSALVAS?!



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails