segunda-feira, 10 de novembro de 2014

MILHARES E MILHARES DE ROMEIROS FIZERAM DA 32ª CAMINHADA DA SECA UM ESPETÁCULO DE FÉ - DE ESPERANÇA - DE MANUTENÇÃO DA MEMÓRIA PARA COM OS PÉS NO PRESENTE COMPREENDER O PASSADO E AVANÇAR PARA O FUTURO COM DIGNIDADE!

Milhares e milhares de romeiros compareceram à 32ª Caminhada da Seca em Senador Pompeu - Ceará
Foto: Valdecy Alves

FÉ - HISTÓRIA - MEMÓRIA - IDENTIDADE - EMOÇÃO... 32ª CAMINHADA DA SECA EM HOMENAGEM AOS MORTOS DO CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DA SECA DE 32: Ocorreu no dia 09/11/2014, em sua 32ª edição, na cidade de Senador Pompeu, Ceará, Brasil. Em memória dos martirizados do Campo de Concentração do Patu, na Seca de 32. Milhares e milhares de romeiros de todo o Ceará e de outras partes do Brasil compareceram. A Caminhada acontece todo segundo domingo de novembro de cada ano. O evento teve a cobertura de jornais, blogs e até mesmo de repórteres da Folha de São Paulo. Também de estudiosos e pesquisadores de várias áreas científicas.  Clique na imagem abaixo e veja pequeno documentário com imagens da Caminhada:


A Caminhada da Seca é forma também de se pagarem promessas às Santas Almas da Barragem, que foram enterradas no cemitério ao lado da Serra do Patu. Santificadas porque foram martirizadas pela fome, abandono e flagelo. Pois o Estado brasileiro, desde o império, república, era vargas, ditadura militar, passando por todos os governos eleitos democraticamente até os dias atuais, não foi capaz de proporcionar os direitos mínimos existenciais aos brasileiros.  História, fé, memória, identidade... para que se possa compreender o passado, entender o presente, para sua transformação e construção do futuro sonhado. Sem dúvida que a Caminhada da Seca é manifestação emblemática, capaz de trazer à tona a relação da religiosidade popular, o messianismo...no sentido de se debater o Estado Brasileiro, seu secular fracasso, para que se possa concluir como deve ser um Estado que proporcione Justiça Social a todos, garantindo a igualdade, além das liberdades e até mesmo os direitos culturais. Pois a Caminhada é um alerta, uma voz que está enraizada nos sonhos e tragédias das gerações do passado, que precisa ser ouvida, para que o povo brasileiro possa realmente avançar para um futuro alicerçado nas bases da justiça social e com o mínimo de dignidade humana, onde os direitos humanos universais e fundamentais estejam efetivados em cada segundo, em cada hora, em cada dia... sempre na vida de todos.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails