quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

CAMPANHA SALARIAL 2015 DA CONFETAM E DA FETAMCE - A V MARCHA ESTADUAL - CRÍTICAS E REFLEXÕES NECESSÁRIAS À CONSTRUÇÃO E FORMATOS DE TAIS CAMPANHAS QUE RESULTAM SEMPRE EM INEFICÁCIA - MUITO BARULHO POR NADA! DINHEIRO E TEMPO JOGADOS FORA...

Foto: Baixa/kf - Montagem da arte: Valdecy Alves
A CONFETAM E A FETAMCE LANÇAM CAMPANHA SALARIAL 2015 A NÍVEL FEDERAL E A NÍVEL ESTADUAL QUE POUCO SERVEM NA LUTA PRÁTICA EM CADA MUNICÍPIO ONDE O SINDICATO SOZINHO ENFRENTA A VERDADEIRA LUTA QUE É A NÍVEL MUNICIPAL: O sistema confederativo sindical brasileiro, a exemplo do próprio pacto federativo nacional, divide-se m 03 níveis: Federal (Confederação e Central Sindical) - Estadual (federações) Municipais (Sindicato de primeiro grau com base mínima geográfica igual a um município). Mas fica uma perguntinha que precisa ser feita??? Qual é a eficácia do lançamento da campanha nacional a nível municipal??? Qual é a eficácia da campanha salarial estadual lançada pela Fetamce a nível municipal. RESPOSTA: NENHUMA EFICÁCIA! O pior é que todo ano cometem o mesmo erro.  Sem dúvida que tem que ter o lançamento de toda campanha a nível nacional e a nível estadual. MAS NOUTRO FORMATO, ONDE A EFICÁCIA E O IMPACTO ECOEM LÁ EMBAIXO A NÍVEL MUNICIPAL, ONDE O SINDICATO LUTA NA SUA BASE, SEMPRE LARGADO À PRÓPRIA SORTE. SÓ... SÓ... SOMENTE SÓ... DE FORMA QUE A CAMPANHA NACIONAL E ESTADUAL RESUMEM-SE A MUITO BARULHO PARA NADA.

QUAL É A EFICÁCIA DAS MARCHAS PELAS RUAS: Também nenhuma. Tem que ter marchas e protestos, mas que desaguem em início de ações. Que não findem em discursos e meros protocolos de petições, que após o protocolo serão engavetadas, caso não haja cobranças e pressões. A FETAMCE PODERIA FAZER MAIS QUE UM PROTOCOLO DE UMA SIMPLES PETIÇÃO, SOBRETUDO COM OS RECURSOS QUE TEM... TEM QUE TER CAMINHADAS, PROTESTOS E MARCHAS, MAS COM OUTRO FORMATO, ONDE A EFICÁCIA SEJA A PRIORIDADE APÓS O DISCURSO... E SOBRETUDO... MUITA AÇÃO!

ALGUMAS CRÍTICAS  E REFLEXÕES SOBRE O LANÇAMENTO DA CAMPANHA SALARIAL 2015 FEITO PELA CONFETAM E PELA FETAMCE:

1º: Campanha construída de forma antidemocrática sem ouvir as bases. Vem de cima para baixo como se fosse uma ordem. NISTO A CONFETAM ERRA FEIO! A CONFETAM AINDA NÃO CONSEGUIU NASCER PARA AS BASES MUNICIPAIS - TANTO QUE SE DESAPARECESSE NÃO FARIA FALTA A NENHUM SINDICATO MUNICIPAL. SEM FALAR QUE POUCO FEZ EM DEFESA DO PISO DOS ACS E ACE's, além de não denunciar o MEC quanto à violação ao piso nacional dos professores... O mesmo se diga da Fetamce...

2º:  O slogan escolhido: " EU QUERO MAIS DIREITOS" totalmente dissociado da realidade, onde o direito existente está sendo violado e mesmo o direito antes respeitado agora começa a ser violado. Sem falar que muitos municípios extinguiram licença prêmio... anuênio... piorou planos de carreira... O slogan deveria ser: "PELA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS  EXISTENTES VIOLADOS". Depois que implementar primeiro o que existe é que se pediriam mais direitos. QUE DIREITOS NOVOS SÃO ESSES??? Não dizem! Discurso para agradar ouvidos! Essa dissociação da realidade só existe onde a base não é ouvida, onde a base é desprezada, onde não há respeito a participação, nem  democracia.

3º:   Segundo lideranças das entidades, o lançamento da campanha na rua aproxima a sociedade das demandas do servidor público. UM DELÍRIO! A sociedade não está nem aí com as campanhas salariais dos servidores públicos, vez que é tão vítima dos maus prefeitos quanto os servidores. Até porque serviços como saúde, educação, segurança, saúde... são de péssima qualidade por falta de meios adequados... pelos desvios de verbas pela corrupção... o servidor faz o que pode... a sociedade não tem o mínimo que os governantes deveriam proporcionar...

4º:       Sem dúvida que indexar o lançamento da campanha salarial aos direitos humanos é uma boa ideia... MAS COM A PROGRAMAÇÃO E A FORMA DO LANÇAMENTO... nunca passará do campo da ideia. O slogan da marcha é "NÃO VÃO CALAR NOSSA VOZ - PELO DIREITO HUMANO À LIBERDADE SINDICAL E TRABALHO DIGNO" Lá embaixo, a nível de cada Município, a luta é ferrenha. Ninguém calou a voz de nenhum sindicato. Municípios como Paramoti, Miraíma, Paraipaba, Tabuleiro do Norte, Irauçuba,  Itarema, Tejuçuoca, Redenção, Pentecoste... e tantos outros...  têm sofrido violação à sua liberdade sindical... NUNCA SE CALARAM... ESTÃO EM PLENA LUTA... O problema é que a Fetamce nada está fazendo a nível estadual, para que instituições públicas com atuação estadual inibam violação à liberdade sindical. LÁ NA BASE OS SINDICATOS ESTÃO FAZENDO TUDO QUE PODEM E DEVEM... E SOZINHOS... acionando Poder Legislativo... Fazendo requerimentos administrativos...acionando o Poder Judiciário... protestando nas ruas... lançando notas de repúdios... A Fetamce é que nada está fazendo a nível de luta estadual que tenha repercussão estadual... HÁ ANOS NÃO CONSEGUE RESOLVER A QUESTÃO DOS REGISTROS SINDICAIS DA MAIORIA DOS SINDICATOS NO MINISTÉRIO DO TRABALHO EM BRASÍLIA - A EXEMPLO TAMBÉM DA CONFETAM - A NÃO SER A FETAMCE RECOLHER IMPOSTO SINDICAL E MESMO PARA REPASSAR PARA OS SINDICATOS... HÁ MUITA BUROCRACIA... MUITAS VEZES REPASSANDO SÓ MESES DEPOIS... 

5º: O site da Fetamce que deveria ser parte da voz dos servidores e de todos os sindicatos do Estado do Ceará... É voz apenas de alguns... Lá nas bases os sindicatos tem seus programas de rádios... seus blogs... os carros de sons nas ruas... MAS O SITE DA FETAMCE AINDA NÃO É PARTE DA VOZ DO SERVIDOR MUNICIPAL DO CEARÁ! A Fetamce nega voz ao servidor... E assim condena suas bases ao silêncio...

6º: As propostas para o fim do clientelismo, do amadorismo, da cooptação e da corrupção dos prefeitos do Ceará se resumem a palavras vazias.... mais uma vez completamente dissociadas da ação... É A AÇÃO QUE TRANSFORMA - NÃO O DISCURSO SEM AÇÃO!  Até porque misturam-se propostas de âmbito municipal, estadual e federal ao mesmo tempo. UMA SALADA DA PALAVRAS.  Até porque muitas vezes, na luta local, a CUT e a própria Fetamce, muitas vezes defenderam gestões em detrimento da luta da categoria. Pressionando sindicatos para darem um tempo para proteger prefeitos da base aliada... Nestes casos a prática contraria o discurso... Redenção... Trairi... são recentes exemplos desta distorção.

7º:  Quando a Fetamce indexou o lançamento da Campanha Salarial 2015  ao dia internacional de direitos humanos, deveria dizer quais dos 30 artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos estão sendo violados pelos prefeitos do Estado do Ceará, que sem dúvida, devem estar entre os piores prefeitos do Brasil, liderados pela Aprece, que não é associação de municípios, mas para defesa de gestores, seguidores radicais da violação de direitos e da prática de improbidade, em sua maioria. AINDA PAGAM A APRECE PARA DEFENDEREM SEUS ABSURDOS 

8º: Segundo a Fetamce será protocolada petição junto ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) - junto ao Ministério Público Estadual- junto à OAB e junto à Organização Internacional do Trabalho... sem dúvida que se comparar tal intenção com o que fez de 2014 para trás é um passo a mais. POIS ANTES FAZIA MARCHAS QUE ACABAM NUMA DISPERSÃO NUMA PRAÇA PARA A CATEGORIA OUVIR DISCURSOS POLÍTICOS... NADA ALÉM... pelo menos agora vão protocolar uma petição... MAS É POUCO. POIS A PETIÇÃO SERÁ ENGAVETADA.... e depois do protocolo vão fazer o quê???Os Sindicados podem ensinar a Fetamce que quando protocolam uma petição junto ao Município, junto à Câmara Municipal, junto ao Ministério Público.... junto ao Poder Judiciário... TEM QUE MOBILIZAR... PRESSIONAR... COBRAR... a petição não pode ser o fim... mas o começo de uma luta que tem que redundar em resultado e rápido.... 

9º: ... E NADA DE FALAREM EM REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA... NEM DE FALAREM SOBRE ROMBOS DE BILHÕES... PARCELAMENTOS E REPARCELAMENTOS ABUSIVOS... Sendo Caucaia... Quixadá e Quixeramobim os maiores rombos atuariais do Estado do Ceará... E NADA DE FALAREM NA APROPRIAÇÃO INDÉBITA DAS VERBAS DO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA...  Será que previdência não é direito humano universal e fundamental???? Já que garante o direito à vida???

10º CONCLUSÃO: são críticas e reflexões necessárias. Faço-as primeiro porque é direito, protegido pela Constituição Federal, que protege a liberdade de expressão. Pois só há democracia onde cada um pode-se expressar e não ser aniquilado por isso. A FETAMCE E A CONFETAM TÊM QUE RESPEITAR E OUVIR CRÍTICAS.  Pois são muito melindrosas e acham que não erram. ESTÃO ERRANDO FEIO E COMETENDO MAIS UM GRANDE ERRO COM ESSA FORMA DE LANÇAMENTO DE CAMPANHA SALARIAL NACIONAL E ESTADUAL 2015. Pois na luta lá embaixo, no Município, a categoria e o sindicato estão sempre sós. 

A FETAMCE GERALMENTE SÓ APARECE NAS MANIFESTAÇÕES MAIS POLÊMICAS E PARA TIRAR FOTOS E ÀS VEZES PUBLICAR, POIS NEM SEMPRE PUBLICA EM SEU SITE. Comparece outras vezes aos municípios nas eleições sindicais, por conta dos seus interesses políticos. Por fim, a história da reforma política e da democratização dos meios de comunicação não podem ser bandeiras que venham de partido para o movimento sindical,, tem que sair das bases para ser entregue ao Congresso Nacional ou a categoria será usada como massa se manobra para interesses partidários, quando deve defender a reforma política e democratização dos meios de comunicação embasadas em valores constitucionais e na Declaração Universal dos Direitos Humanos. CHEGA DE USAR A CATEGORIA COMO MASSA DE MANOBRA E DE FAZER TEATRO A NÍVEL ESTADUAL E A NÍVEL FEDERAL. Num país democrático e com a Constituição boa como é a Constituição brasileira, esse tipo de sindicalismo não terá futuro, nem durará muito tempo. POIS ABRE MÃO DE SUA PRÓPRIA LIBERDADE SINDICAL E DA SUA ESSÊNCIA! PORTANTO! MENOS BARULHO E MAIS RESULTADO! MENOS GASTO E MAIS EFETIVIDADE! MENOS DISCURSO E MAIS AÇÃO! QUE A FETAMCE SEJA DOS TRABALHADORES!

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails