terça-feira, 13 de janeiro de 2015

SERVIDORES DE QUIXERÉ REVOLTADOS APROVAM CAMPANHA SALARIAL DO ANO DE 2015 E TAMBÉM UM DIA DE PARALISAÇÃO DE ADVERTÊNCIA COM MARCHA PELA RUAS - SE MANTIVEREM AS VIOLAÇÕES A CATEGORIA RADICALIZARÁ A LUTA!


Campanha salarial e e dia de paralisação aprovados por unanimidade - Pode Haver Radicalização
Fotos: Mara Paula e Valdecy Alves
LANÇADA CAMPANHA SALARIAL DE 2015 PELOS SERVIDORES DE QUIXERÉ: Com grande participação dos servidores públicos municipais, na sede do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Quixeré - Sintsemq - foi aprovada a Campanha Salarial do ano de 2015, que pode ser resumida nos seguintes postos: 1) Reajuste imediato para quem ganha salário mínimo e já devendo ser pago em fevereiro de 2015 retroativo a primeiro de janeiro; 2) Redução da carga horária dos Técnicos de Enfermagem; 3) Revisão da diária dos motoristas que estão pagando para trabalhar: R$ 120,00 quando tiver que pernoitar na viagem e R$ 80,00 se não  houver pernoite; 4) Reajuste para os servidores que ganham acima do salário mínimo e que não estejam na folha dos 60% do Fundeb, pagando-se o INPC dos últimos 05 anos, reduzindo reajustes acaso concedidos, retroativos a 01 de janeiro de 2015; 5) Conclusão imediata da reforma do Plano de carreira do magistério, que desde 2014 não se conclui; 6) Realização Imediata de Concurso Público; 7) Implementação imediata do piso dos agentes de endemias e agentes comunitários de saúde no valor de R$ 1.080,00, já atualizado em 2015 a aprtir de 01 de janeiro de 2015 e 8) correção linear de 22,97% do piso de todos as classes do professores do Município de Quixeré, em conformdidade com a fórmula do artigo 5º, da Lei do Piso. 

ESTRATÉGIA DE LUTA: A categoria aprovou um dia de paralisação de advertência de 01 dias,  com marcha pelas principais ruas do Município, para tornar pública a violação aos direitos dos servidores, DE TODOS OS SERVIDORES DO MUNICÍPIO LOTADOS EM TODAS AS SECRETARIAS. Paralisação geral de 01 dia, que ocorrerá no primeiro dia que deveria ter início o semestre letivo de 2015. SE O MUNICÍPIO NÃO AVANÇAR. PODERÁ HAVER RADICALIZAÇÃO DA LUTA. 

Painel com vários momentos da assembleia - 15/01/2015

DINHEIRO É O QUE NÃO FALTA NEM FALTARÁ- FALTA VONTADE POLÍTICA: O Município tem margem na receita corrente líquida, pois segundo dados do TCM, de agosto de 2014, apenas 43,74% da Receita Corrente Líquida estão comprometidos com a folha de pagamento. Os repasses do Fundeb só têm crescido ano a ano, para se ter ideia a previsão do Fundeb para o ano de 2013 era de R$ 7,9 milhões; já em 2014 a previsão subiu apara R$ 9 milhões de reais e para 2015 a previsão de repasses do Fundeb é de R$ 10,37 milhões. SÓ SUBINDO E LEMBRANDO QUE O VALOR EFETIVAMENTE DEPOSITADO SEMPRE FOI SUPERIOR AO VALOR PREVISTO. Logo tem dinheiro para pagar o piso legal, conceder a progressão na carreira com reformulação do PCR. QUANTO A 1/3 EXTRACLASSE JÁ TOTALMENTE IMPLEMENTADO GRAÇAS À LUTA SEM TRÉGUA DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO, embora tardiamente. Mas antes tarde do que nunca! Quanto aos demais servidores, a previsão de recursos para o Município, no ano de 2015,  é de aumento de cerca de 10% do total do FPM. Fora outro aumento que acontecerá a partir de julho de 2015, em se tratando do FPM. O total de repasses de recursos diversos ao Município sempre crescente, em 2013 19 milhões e 377 mil reais foram repassados. Já em 2014 o total dos repasses atingiu R$ 21 milhões e 200 mil reais.  Segundo várias as previsões de aumento dos repasses para 2015, tudo em conformidade com a Secretaria do Tesouro Nacional, os repasses do corrente ano deverão ultrapassar os R$ 25 milhões de reais. PORTANTO TEM DINHEIRO PARA PAGAR TODOS OS DIREITOS VIOLADOS DOS SERVIDORES, QUE ESTÃO NA PAUTA PARCIAL DE 2015. E NÃO ADIANTA VIR COM O TEATRO E A CONVERSA FIADA QUE NÃO TEM DINHEIRO.! QUE O MUNICÍPIO ESTÁ QUEBRADO! NÃO VAI COLAR!


Motoristas de Quixeré que estão pagando para trabalhar - Que vergonha!
MOTORISTAS DE QUIXERÉ EXPLORADOS - PAGANDO PARA TRABALHAR - RECEBENDO UMA DIÁRIA MISERÁVEL QUE NÃO PAGA NEM UM ALMOÇO DECENTE EM FORTALEZA:  Na foto, alguns dos motoristas de Quixeré, vitimados pelo pouco respeito aos seus direitos e à dignidade humana por parte do Município. Recebem apenas uma diária magérrima de R$ 40,00, que só recebem dias depois. Deslocam-se com doentes constantemente para Fortaleza, numa viagem perigosa e demorada de cerca de 5000 km, ida e volta. Precisam no mínimo, alimentar-se a cada 04 horas. Sempre que se deslocam para Fortaleza tem que pagar R$ 15,00 para liberação da maca. Dormem dentro das ambulâncias, no meio da rua, porque a diária de um hotel, dos mais baratos em Fortaleza, é superior a R$ 50,00, sem segurança e sem estacionamento para ambulância. Quando o pneu fura ou a ambulância quebra, pagam as despesas do próprio bolso. às vezes até pagando gasolina. UMA VERDADEIRA VERGONHA! UMA EXPLORAÇÃO! UMA FALTA DE RESPEITO. DESSE JEITO, SE NÃO SANEAR TAL ABSURDO,  A IMAGEM DE QUIXERÉ NO CEARÁ RESTARÁ RIDICULARIZADA.

CONCLUSÃO: A Campanha Salarial de 2015 está lançada. O MUNICÍPIO SERÁ OFICIADO COM A PAUTA PARCIAL, COM CERCA DE 08 PONTOS, TIDOS COMO PRINCIPAIS, QUE DIZEM RESPEITO ÀS CLÁUSULAS ECONÔMICAS. Outras pendências serão apresentadas ao longo do ano. A paralisação e marcha de protesto é para informar a sociedade sobre a falta de valorização e violações a direitos básicos dos servidores de Quixeré. Repete-se trata-se apenas de PARALISAÇÃO DE ADVERTÊNCIA. Só haverá radicalização se não houver negociação e respeito aos direitos dos servidores.  A TEMPORADA DE LUTA ESTÁ ABERTA! DIÁLOGO SIM - MAS RADICALIZAÇÃO SE PRECISO FOR! LEMBRANDO QUE VIOLAR DIREITO PREVISTO EM LEI TANTO É ATO DE IMPROBIDADE COMO CONDUTA TIPIFICADA COMO CRIME!

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails