quarta-feira, 2 de setembro de 2015

SERVIDORES DE IPAUMIRIM ENCERRAM GREVE APÓS FECHAR ACORDO INTERMEDIADO PELO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO EM FORTALEZA - GREVE EXITOSA - OS DIAS PARADOS NÃO PODEM SER DESCONTADOS E PROIBIDA QUALQUER PERSEGUIÇÃO AOS GREVISTAS

Momentos em que os delegados representados servidores de Ipaumirim decidiram fazer acordo e encerrar a greve
Fotos: Mara Paula - Valdecy Alves e Khayyam Perseu

APÓS 11 DIAS DE GREVE - SERVIDORES DE IPAUMIRIM ENCERRAM O MOVIMENTO PAREDISTA COM ACORDO: Era 05 os pontos da pauta que davam causa à greve. Eis a pauta e o acordado:

1) OS SERVIDORES REIVINDICAVAM A RETIRADA DO PROJETO DE LEI MUDANDO O REGIME CELETISTA PARA ESTATUTÁRIO E CRIANDO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL;

Acordado: O Município requererá à Câmara Municipal suspensão de qualquer votação de mudança de regime e se reunirá com o Sindicato e a assessoria jurídica, no próximo dia 14/09/2015, para tratar do tema e ouvir com atenção o que os servidores têm a dizer;

2) REAJUSTE DOS PROFESSORES DE 13% ISONÔMICO PARA TODAS AS CLASSES DO MAGISTÉRIO - ISONOMIA;

Acordado. O Município pagará reajuste parcial aos graduados e pós graduados e dia 29/09/2015 em audiência em Iguatu, em ação própria, o que é controverso será negociado e se não houver acordo será julgado;

3) IMPLEMENTAÇÃO DE INSALUBRIDADE

Acordado: que as propostas serão apresentadas nas ações que estão em curso em Iguatu, cujas audiências ocorrerão no final de setembro de 2015;

4) REAJUSTE PARA OS SERVIDORES QUE RECEBEM ACIMA DO SALÁRIO MÍNIMO

Acordado: foi dado reajuste de 3%. em duas parcelas. A primeira parcela de 1,5% será paga na folha de setembro de 2015 e a 2ª parcela de 1,5% será paga em fevereiro de 2016; 

5) IMPLEMENTAÇÃO DE 1/3 EXTRACLASSE PARA EDUCAÇÃO INFANTIL

Acordado: O município atendeu integralmente ao pleiteado.

POR FIM: os dias parados não serão descontados. Fica proibida qualquer perseguição, punição, tentativa de criminalização ou transferência por conta de participação na greve. Direito constitucional. A reposição dos dias paradas para os professores será conforme calendário de comum acordo, a ser elaborado conjuntamente pelo sindicato e Secretaria de educação.  

HOUVE AVANÇOS. A GREVE FOI EXITOSA. A LUTA CONTINUA. POIS HÁ MAIS VIOLAÇÕES A CONSTAREM NA PAUTA FUTURA. A CATEGORIA E O SINDICATO REAFIRMAM QUE SÃO CONTRA A MUDANÇA DE REGIME DE CELETISTA PARA ESTATUTÁRIO BEM COMO CONTRA MUNICIPALIZAÇÃO DO REGIME DE PREVIDÊNCIA. SÓ QUEM LUTA É DIGNO DOS SEUS DIREITOS.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails