terça-feira, 1 de março de 2016

Poesia Tempos Difíceis (De Valdecy Alves) - Uma reflexão sobre os dias atuais... de crise em todos os sentidos...

Foto: Valdecy Alves 

Tempos Difíceis... Tempos Difíceis...


Caiu a mais profunda escuridão
Para onde foram os vaga-lumes?
Noite sem lua com tempestade sem raios
Tempos difíceis... tempos difíceis
Não terão fim tão longas trevas?
Mas a cidade não era para facilitar?
Os governos não eram para fazer justiça?

Oh meu país, oh meu povo!
Que tempos difíceis...
Que país tão rico e belo
Que governantes egoístas e desalmados
Mundo do sol, do verde e mar azul...
Palco de tanta corrupção...
Formigueiro de eleitores necessitados
Tão carentes do mínimo... tão alienados!
Num pântano de democracia de papelão...

Oh meu país, oh meu povo!
Que tempos difíceis...
Vive-se hoje em dia!
Perdeu-se a fé na religião
Perdeu-se a fé na política
Perdeu-se a fé nos profetas
Perdeu-se a fé na arte
Perdeu-se a fé na razão
Perdeu-se a fé na Filosofia...
Perdeu-se a fé na própria fé
Renasce o fanatismo
Que será seguido
Da aurora da superstição
.................................................

Caos... confusão... dúvida...
Violência... decepção... amargura...
Desespero... depressão...
Para cada ser humano
Um psicanalista
Para cada político
Uma cela e um policial...

A esperança cambaleia
A perseverança claudica
A utopia agoniza
A incerteza... a única certeza...
Às vezes o brilho da faca
O Clarão após a explosão da bala...
Os gemidos do drogado em convulsão...
Alteram um pouco o tédio!

As pessoas já não creem em si mesmas
O humano teme o humano...
Vive-se numa época
Em que duas pessoas
Ao se encontrar numa rua deserta
Sobretudo na madrugada
Uma temerá a outra...
E quanto mais próximas maior o terror
Alívio só quando se distanciarem
Como sentiria alívio
O diabo ao afastar-se da cruz!

Tempos difíceis... Tempos difíceis
Em que uma precisa
Antes de tudo
Encontrar primeiro a luz em si mesmo
O labirinto parece não ter saída
Apagou-se ou desligaram
A luz no fim do túnel...

O farol já não guia...
A bússola não mais funciona...
Para que serve o astrolábio
Se a poluição não deixa ver
As mais brilhantes estrelas do céu???
E houve quem acreditasse
Estar o inferno além da outra margem!

Tempos difíceis... tempos difíceis...
Pessoas desgovernadas
Governadas por desgovernos
O farol já não guia...
A bússola não mais funciona...
E houve quem acreditasse
Estar o inferno além da outra margem!
Tempos difíceis... tempos difíceis...
Afinal para onde se caminha
Quando não se têm referências...
Tempos difíceis... tempos difíceis...
O farol já não guia...
A bússola não mais funciona...

                                                                            (De: Valdecy Alves)

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails