segunda-feira, 20 de junho de 2016

HOJE OCORRE O SOLSTÍCIO DE INVERNO - COMEÇA O INVERNO NO HEMISFÉRIO SUL - O BRASIL ESTÁ NO HEMISFÉRIO SUL - TEREMOS A NOITE MAIS LONGA DO ANO E O DIA MAIS CURTO - FENÔMENO COMEMORADO PELOS POVOS ANTIGOS QUE HOMENAGEAVAM O SOL E COMEMORAVAM A COLHEITA - APROPRIADO PELA IGREJA QUE CHAMOU DE FESTA DE SÃO JOÃO

Imagem do Google


HOJE 20/06/2016 É O DIA DE SOLSTÍCIO DE INVERNO NO BRASIL - COMEÇA A ESTAÇÃO DO INVERNO NO HEMISFÉRIO SUL - O BRASIL ESTÁ NO HEMISFÉRIO SUL - DIAS MAIS CURTOS - NOITES MAIS LONGAS: A terra gira em torno do sol, o que leva o período de 01 ano. Ao longo de tal período o planeta se inclina. Ora está perfeitamente reto em relação ao sol, incidindo os rais solares com mais intensidade no meio da terra, linha do equador. O que ocorre por duas vezes no ano, em março e outubro, indicando os equinócios. l. Uma vez se inclina, direcionando o Polo Sul diretamente para o sol, o que ocorre em dezembro, no verão, e uma quarta vez, direcionando o Polo Sul para distante do sol. Deslocando a incidência maior dos raios solares da linha do equador para o trópico do câncer, no hemisfério norte da terra. HOJE, 20 DE JUNHO DE 2016, ocorre o solstício de inverno. Começa a estação do inverno no Brasil, hemisfério sul. Não confundir com o período de chuvas, que os nordestinos chamam de inverno, que ocorre mais na estação do outono. PARA AS ANTIGAS CIVILIZAÇÕES NO HEMISFÉRIO SUL, o solstício de inverno era o mais importante, POIS COINCIDE COM A ÉPOCA DAS COLHEITAS. Quando homenageavam o Deus Sol, com festas, oferendas, jogos e sacrifícios. No Brasil, há vários calendários astronômicos, que sinalizam o solstício, geralmente duas rochas que deixam uma fenda ou espaço, por onde uma vez no ano, o sol nasce perfeitamente alinhado, INDICANDO O SOLSTÍCIO. Mesma cultura existe no hemisfério norte. NO SUL DO BRASIL HÁ VÁRIOS CALENDÁRIOS ASTRONÔMICOS DE ANTIGOS POVOS, SOBRETUDO EM SANTA CATARINA. NO CEARÁ TUDO INDICA QUE HÁ CALENDÁRIOS ASTRONÔMICOS DE ANTIGOS POVOS.AINDA EM ESTUDO POR CONFIRMAR. Mas o povo que deixou a maior herança cultural de comemoração aos solstícios foi o povo Inca, no Peru. Na cidade de Machu Picchu, no interior do Peru, há uma pedra e um templo ao sol, que indicam solstícios e equinócios. A Pedra de Intihuatana pela sombra acusa o momento do solstício e a janela do templo do sol, só uma vez por ano, permite que o sol adentre o seu interior, no solstício de inverno. VERDADEIRAS MARAVILHAS ASTRONÔMICAS E MATEMÁTICAS. Os povos, nesse tempo, faziam grandes festas, das quais a igreja católica de apropriou. A festa do solstício de inverno foi transformada na festa de São João, quando se acendem as fogueiras. O dia de solstício é o dia mais curto do ano no hemisfério sul e a noite mais longa do ano no hemisfério norte. NESSE DIA A LUZ - SEGUNDO OS INCAS - VENCE AS TREVAS, POIS A NOITE MAIS LONGA DO ANO INDICA QUANDO A TERRA MAIS DE AFASTA DO SOL,O DEUS QUE A TUDO DÁ VIDA. MAS NO ÚLTIMO SEGUNDO, A TERRA VOLTA EM DIREÇÃO AO SOL PARA SEIS MESES DEPOIS AQUELE MESMO LOCAL TER O DIA MAIS LONGO DO ANO, NO SOLSTÍCIO DE VERÃO. SEM ESSA LUZ, SEM O SOL, NÃO HAVERIA CHUVAS, NEM COLHEITAS. Esse é o mito maravilhoso! Ao mesmo tempo pura poesia. Até o equinócio de primavera, que ocorrerá no próximo mês de setembro.

CONHEÇAM COMIGO EM DOCUMENTÁRIO QUE FIZ MACHU PICCHU, CIDADE ENCANTADA ONDE ESTÁ A PEDRA DE INTIHUATANA E O TEMPLO DO SOL QUE MARCAM SOLSTÍCIOS E EQUINÓCIOS:





Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails