sábado, 18 de junho de 2016

O LIVRO DE POESIA "SUSSURROS DO VENTO" FOI LANÇADO - COM SARAU E DEBATE COM O ESCRITOR VALDECY ALVES - UM EVENTO DE PRIMEIRA!

Momentos do Lançamento do Livro " SUSSURROS DO VENTO" na Livraria Saraiva
Fotos; Khayyam Perseu - Mara Paula
 O LANÇAMENTO DO LIVRO SUSSURROS DO VENTO FOI UM SUCESSO: Tudo começou com um sarau, várias pessoas lendo poesias escolhidas pelos próprios leitores. Em seguida teve início o debate com o público, que fez as mais diferentes perguntas ao poeta Valdecy Alves. Perguntas como: - O que é mais importante e realizador? Escrever ou advogar?  - O que esse novo livro tem de diferente dos livros anteriores? Qual a simbologia pra você do ato de escrever? Por que se escreve? - O que é mais fácil: escrever uma poesia romântica ou outro tipo de poesia? ... ? O debate durou cerca de 40 minutos. em seguida teve início a noite de autógrafos, seguida de um coquetel. Todo o evento teve música instrumental, que tornou mais ainda especial a noite literária e cultural. Sem dúvida um sucesso o evento. O autor agradeceu a presença de todos de forma efusiva.

Momentos de autógrafo e de fotos com o público presente 
 A NOITE DE AUTÓGRAFO DE  UM LIVRO É O MOMENTO EM QUE A OBRA RECEBE SUA CERTIDÃO DE NASCIMENTO:  A certidão de nascimento de um livro ocorre no momento em que o livro é lançado. Pois só é possível falar da obra a partir do momento em que se marca a data do seu lançamento. Quando começam as matérias na mídia, nas redes sociais, enviam-se os convites, como se o fato do momento de se lançar equivalesse a erupção de um vulcão. Assim, o livro de poesias SUSSURROS DO VENTO nasceu para o mundo, na noite de 18 de junho de 2016. Agora começam as vendas e novos lançamentos. Exemplares do livro podem ser comprados na livraria Saraiva do Iguatemi, em breve nas demais livrarias ou com o próprio autor.

Momento de fotos e de leitura dramática do ator Vildomar Alves

Momento de debate - Amigos - conterrâneos - clientes - amantes da literatura e da poesia 
 O LIVRO TEM 108 PÁGINAS E DEZENAS DE POESIAS - Uma das poesias pode ser lida abaixo, tratando do tema: PORQUE A HUMANIDADE PRECISA DE POESIAS E DE POETAS:

PRECISAMOS DE POETAS

Precisamos de poetas
Nunca tanto precisamos dos poetas
Para ser faróis iluminando do alto da praia
Nosso frágil barco singra o mar furioso
Em noite sem lua e em plena tempestade...
As ondas quebram violentamente nos rochedos
Rugindo feito mil leões famintos
Resvalando nos afiados recifes...     
...................................................................

Não precisamos de poetas
Para anunciar que haverá uma manhã seguinte
Com maravilhoso e brilhante sol...
Tampouco precisamos de poetas
Apenas para descrever a paisagem
Falar do caos, da destruição, do que deveria ser ...
Para falar do passado ou escrever equações...
Que existe a vida e que virá a morte
É o óbvio... disso todos sabem!

Se os verdadeiros poetas
Com o brilho de sua poesia
Com brilho da libertação
Iluminarem as trevas em que vocifera
Indomável... a morte... em noite do caçador!
Fazendo emergir novos mundos
Sairemos vivos no amanhecer...
Mais experientes... mais fortes...
Mais sábios... Menos temerosos
A troçar dos fatais recifes... a rir da morte!
  
E uma vez sobrevivendo... a partir dessa luz...
Que apontou para verdadeira vida e a liberdade...

Já no novo dia... sob o céu azul
De brancas nuvens... voos de pássaros...
E de luz estonteante... vivos... vivos!
Com infinita capacidade de sonhar
Podendo navegar em qualquer direção
Num universo de mil possibilidades
Para tornar os sonhos realidade...

Verdadeiros poetas... são faróis...
São sois que podem brilhar
Quando o reino das trevas e da desesperança
De forma fatal tomaram o lugar da luz!

Momentos de autógrafos e da debate com o público

Uma noite memorável no Espaço Cultural Raquel de Queiroz na Livraria Saraiva
SEMPRE QUE NOVAS POESIAS SÃO LANÇADAS PARA O MUNDO: Mil novas possibilidades são abertas, pois a poesia é capaz de formar conexões com a infinitude, com a utopia, com a transcendência, porque numa época em que impera o consumismo, o lucro, a perda da esperança, reinando o caos, a violência, a falência do Poder Público, quando triunfa a guerra, a intolerância universal, a corrupção e a violência... através da sensibilidade... do sonho... é possível acreditar...ir avante... a arte é capaz de dar um banho de humanismo e lembrar que não basta ser humano... mas ter humanidade... que é possível decifrar o mundo através do belo... e assim é possível...seja escrevendo... seja lendo poesia... transcender os limites físicos... do tempo... integrando-se à infinitude... pois o ser humano não é apenas o ser social... o trabalhador do rotineiro dia a dia... na busca de ganhar para pagar as eternas contas do fim de todo mês... a vida vai além... muito além... e a poesia sussurra convidando para o sensível e para o além do homem... quando é possível sintonizar-se com o cosmos... com toda a magia universal... oceano do qual a humanidade é uma gota... e cada ser humano: UM ÁTOMO! 

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails