sábado, 26 de novembro de 2016

SERVIDORES MUNICIPAIS DE TEJUÇUOCA EM ASSEMBLEIA NOTIFICARÃO PREFEITO DECLARANDO QUE NÃO ADMITIRÃO ATRASOS SALARIAIS - PEDIRÃO ABERTURA DE INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO PARA APURAR IRREGULARIDADES NO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA - PODERÁ HAVER PARALISAÇÃO E MANIFESTOS PELAS RUAS COM OCUPAÇÃO DA PREFEITURA



Servidores aprovam todas as medidas propostas por unanimidade
Fotos: Mara Paula - Valdecy Alves

SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE TEJUÇUOCA AGEM PREVENTIVAMENTE PARA EVITAR ATRASO DE 13º E DE PAGAMENTO DE SALÁRIOS: Por unanimidade, a categoria dos municipais de Tejuçuoca, em assembleia convocada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Tejuçuoca - SINDSET -  aprovou a tomada de duas medidas PREVENTIVAS para evitar atraso no pagamento tanto do 13º salário, quanto para evitar atrasos salariais, a saber:

PRIMEIRA MEDIDA: Oficiará o Ministério Público local para expedir recomendação para que o Município feche o ano de 2016, tanto pagando o 13º salário (até 20/12), quanto o salário do mês em dia. DINHEIRO É O QUE NÃO FALTA;

SEGUNDA MEDIDA: O Sindicato notificará o prefeito que se houver qualquer atraso, tanto haverá denúncia eleitoral quanto representação para ajuizamento de ação por improbidade junto ao Ministério Público local, que pode resultar nas seguintes penas: a) bloqueio de verbas; b) inelegibilidade por até 08 anos c) multa eleitoral que pode chegar a R$ 100.000,00 (cem mil reais); d) pedido de afastamento do prefeito do cargo, por improbidade e e) pagamento de multa de até 100 vezes o subsídio que ganha o prefeito, em caso de violação. Dizem que o prefeito ganha R$15.000,00, que multiplicado por 100, totaliza R$ 1.500.000, 00 (hum milhão e quinhentos mil reais).  A CATEGORIA NÃO QUER MULTA. QUER SEUS DIREITOS PAGOS EM DIA! NÃO ACEITARÁ DESMONTE.



Momentos mais importantes da assembleia
 SOBRE O TEJUPREV - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL: A categoria aprovou que seja aberto inquérito civil público pelo Ministério Público para apurar todas as irregularidades que fizeram do Regime Próprio de Previdência de Tejuçuoca (RPPS) um dos piores administrados do Ceará. Além de decidir que vai exigir que a prefeita eleita zere o déficit previdenciário, além de providenciar as fichas contábeis de cada servidor. Previdência é coisa séria. É direito social. É direito garantidor da vida e da dignidade humana.  A CATEGORIA NÃO ACEITA MAIS ATRASOS NOS REPASSES DAS ALÍQUOTAS TANTO DO SERVIDOR QUANTO DO MUNICÍPIO. Foi a primeira assembleia do Sindset sob a presidência do Luzimar Farias, contou com a presença do servidor municipal e blogueiro Rogilson Brandão, eleito vereador, que se propôs a defender interesses da categoria na Câmara Municipal, desde que a categoria dê apoio e também participe das sessões no Legislativo.




Momentos mais importantes da assembleia

CONCLUSÃO: A categoria não aceitará violação aos seus direitos mínimos. A categoria está agindo preventivamente. A categoria quer competência e moralidade na gestão do Tejuprev, Instituto Municipal de Previdência. A categoria se colocou em estado de alerta, para se for o caso paralisar, protestar pelas ruas e até ocupar o prédio da prefeitura em caso de qualquer atraso. Priorizará o diálogo, mas é de luta e quem duvidar verá! POIS A ESSÊNCIA DA VIDA - DO SER HUMANO E DA CIDADANIA É LUTAR! DECLARADA TEMPORADA GERAL DE LUTA!


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails