quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

O FIM DO TCM NO CEARÁ -POR INICIATIVA DO GRUPO POLÍTICO QUE MANDA NO ESTADO - MOSTRA QUE OS GOVERNANTES SÃO FORTES - QUE A DEMOCRACIA É FRACA - QUE O PODER LEGISLATIVO NÃO TEM AUTONOMIA E COMPROVA PORQUE NÃO PASSAMOS DE UMA REPUBLIQUETA DE BANANAS COMO DIZEM NO EXTERIOR...


Os dirigentes de instituições públicas no Ceará têm que beijar os pés do grupo político que manda no Estado
ANTES SE PERSEGUIAM PESSOAS - MAS O PATRIMONIALISMO PIOROU - ATUALMENTE SE PERSEGUEM INSTITUIÇÕES MESMO QUE SEJAM FRACAS - FOI O CASO DA EXTINÇÃO DO TCM NO CEARÁ: Triste das instituições da estrutura do Poder Público ou como queiram, do Estado, cujos dirigentes não lambam os pés do grupo político que se tornou torno da Administração Pública Estadual, apropriando-se da máquina pública. Teoricamente a estrutura do Poder Público tem como essência servir ao povo, poder maior e originário de onde vêm os demais poderes.  Mas no Estado do Ceará, desde as antigas oligarquias, os grupos políticos são fortes e mandam deforma coronelesca, hoje são os Ferreira Gomes, mas a democracia é fraca. Instituições como o TCM, que já não era essas coisas, em sua maior parte utilizado também politicamente para outros interesses que não o interesse público, que sequer têm estabilidade e autonomia, como podem ser úteis? Não conseguem ser inteiramente úteis à sociedade e ao interesse público. O TCM - Tribunal de Contas dos Municípios -  fazia seu trabalho parcialmente,  de forma sofrível,todavia quando se desalinhou da politicagem mais poderosa, não foram pessoas que foram perseguidas, mas a própria instituição, com todo o seu quadro funcional. É UM NOVO TIPO DE PERSEGUIÇÃO - UMA INSTITUIÇÃO INTEIRA. Qual será a próxima instituição a ser extinta??? Afinal pra que serve um tribunal de contas além de colocar como conselheiros os que se curvam ao imperador governante. E que tristeza assistir à postura dos deputados estaduais, que demonstram, em sua maioria, a exemplo das câmaras municipais nos municípios do Ceará, que o Poder Legislativo não é bem um poder ainda no Brasil... Comporta-se mais como uma secretária do Poder Executivo. E haja sapatos para o governador, pois de tanto serem beijados e lambidos pelos lambe-sapatos, ele tem que comprovar um novo par de sapatos a cada três dias.. Na verdade não somos uma República de bananas, com esses governantes, o que inclui a maioria dos prefeitos, mas pior e piorando: UMA REPUBLIQUETA DE BANANAS!

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails