sábado, 18 de fevereiro de 2017

SERVIDORES MUNICIPAIS DE AMONTADA ESTÃO EM PLENA LUTA EM DEFESA DOS SEUS DIREITOS - NEGOCIANDO CAMPANHA SALARIAL 2017 E O SANEAMENTO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA... AS NEGOCIAÇÕES ESTÃO SENDO EXITOSAS... O DIÁLOGO PREVALECENDO... MESMO ASSIM APROVARAM CRONOGRAMA DE ATIVIDADES CASO AS NEGOCIAÇÕES CESSEM OU NÃO AVANCEM...

A categoria por unanimidade aprovou cronograma de luta caso as negociações cessem ou não avancem
Fotos: Mara Paula - Valdecy Alves


CAMPANHA SALARIAL A TODO VAPOR - DESDE QUE PROTOCOLADA NO COMEÇO DE FEVEREIRO DE 2017: O Salário mínimo já foi reajustado para R$ 937,00, retroativo a janeiro/2017; Será feito estudo de impacto na folha de pagamento da implementação do anuênio,  da progressão na carreira dos servidores, bem como da reposição das perdas inflacionárias para os servidores com formação em nível médio, nível técnico e que sejam de nível superior, excluindo os professores, cujos direitos são disciplinados pela Lei do Piso e pela Lei do Fundeb. Outra exigência do Sindicato é a urgente convocação dos candidatos aprovados em concurso público, que não podem ser preteridos por contratados. O diálogo continua entre categoria, como sindicato, e município, mesmo assim, foi aprovado o seguinte cronograma, para se passar para radicalização, caso as negociações cessem ou não avancem:

1) Os servidores aprovaram que todos os membros da categoria devem levar seus contracheques da folha de pagamento de janeiro de 2017, até o dia 05/03/2017, para estudo de impacto na folha de pagamento de direitos pleiteados;

2) A Direção Executiva do Sindicato terá do dia 06/03/2017 até o dia 27/03/2017, para fazer o estudo de impacto na folha de pagamento de direitos sociais pleiteados na Campanha Salarial de 2017;

3) A categoria aprovou que se o reajuste dos professores equivalente a 7,64% para todas as classes do magistério não foi concedido na folha de março de 2017, como já acertado e prometido pelo prefeito, poderá ocorrer protestos e paralisações na Educação. MAS A CATEGORIA ACREDITA QUE O PREFEITO CUMPRIRÁ SUA PALAVRA. MAS ESTÁ EM ESTADO DE ALERTA PARA RADICALIZAÇÃO, CASO O DITO FIQUE APENAS NA PROMESSA;

4) Foi aprovada realização de assembleia para o dia 08/04/2017, para analisar as contrapropostas do Município. Caso não haja contra-propostas, estratégias de lutas mais sérias serão adotadas.

DE TODA FORMA - A CATEGORIA ESTÁ SATISFEITA COM O DIÁLOGO QUE ESTÁ SENDO MANTIDO PELO MUNICÍPIO - ATÉ O MOMENTO TEM PREVALECIDO O BOM SENSO. TANTO QUE EM PLENA ASSEMBLEIA, O MUNICÍPIO MANDOU O SECRETÁRIO DE FINANÇAS COMUNICAR QUE AS PARCELAS DE PAGAMENTO DO SALÁRIO ATRASADO DE 2016 SERÁ PAGA DE UMA SÓ VEZ NO DIA 20/02/2017. A CATEGORIA APLAUDIU O SECRETÁRIO, A NOTÍCIA E A INICIATIVA DO PREFEITO, QUE FOI VISTA COMO SÉRIA E JUSTA. SEM DÚVIDA, ATO MUITO POSITIVO PARA CREDIBILIDADE DA ATUAL GESTÃO.



Centenas de servidores debateram e compareceram

RETROCESSOS SOCIAIS NÃO SERÃO ADMITIDOS PELOS SERVIDORES: Alguns servidores comunicaram que em alguns locais de trabalho, há comissionados que estão tentando aumentar a jornada de servidores que estão trabalhando 20 horas semanais e recebendo o salário mínimo. O QUE VIOLA DECISÃO JUDICIAL. Outros servidores avisaram que há chefes de setores ameaçando o direito à licença prêmio, O QUE É VIOLAR TAMBÉM DECISÃO JUDICIAL E LEI. Ocorreram algumas transferências abusivas de alguns servidores. Tiveram casos já resolvidos. Outros pendentes. O Sindicato tentará resolver as pendências, de forma negociada, como tem acontecido, e acredita que todos os casos acabarão resolvidos. PORÉM UMA COISA FICOU CERTA: NÃO SERÃO ACEITOS RETROCESSOS! MEDIDAS CÍVEIS - CRIMINAIS E ADMINISTRATIVAS - ALÉM DE ACIONAMENTO DO MINISTÉRIO PÚBLICO - SERÃO TOMADAS - CASO NECESSÁRIAS!


Presidente do Regime Próprio de Previdência Social de Amontada
Propôs diálogo para sanear o RPPS
O PRESIDENTE DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DE AMONTADA - QUE ESTÁ À BEIRA DA FALÊNCIA - SR. JUVENAL -COMPARECEU À ASSEMBLEIA - FATO ELOGIÁVEL:  Apresentou números alarmantes: 1) Que o Município deve cerca de R$ 30 milhões ao fundo municipal de previdência: 2) Que do parcelamento de 2013, mais de R$ 7 milhões, o Município pagou o mínimo possível; 3) Que cerca de um quarto do valor devido pelo Município de Amontada ao RPPS, mais de R$ 5 milhões de reais dizem respeito a valores pagos pelos servidores, crime de apropriação indébita das gestões anteriores; 4) O Sindicato através da assessoria jurídica deixou claro que o Município perdeu a Certidão de Regularidade previdenciária, mantida indevidamente por uma liminar concedida; 5) Que nos próximos 04 anos a categoria lutará incessantemente para que seja zerado o déficit previdenciário, que tem como pais todas as gestões anteriores desde a criação do fundo municipal de previdência; 6) Diante da assembleia foi acertado com o presidente do RPPS que haverá transparência, diálogo, seminário sobre a previdência com entrega do demonstrativo de avaliação atuarial que será concluído até 31/03/2017. O SINDICATO, através da assessoria, demonstrou que convocar os aprovados no concurso público é forma de viabilizar a previdência municipal quebrada. Para se ter uma ideia, a simples admissão de 100 concursados, pode reduzir em milhões os valores que o Município parcelará e terá que pagar desde já. Pois as contribuições futuras de tais servidores, no cálculo atuarial, diminuirão a dívida desde já. Momento em que também se defendeu o instituto do concurso público. CRIOU-SE UM CANAL DE NEGOCIAÇÃO ENTRE O SINDICATO E FUNDO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA - PARA SOLUÇÃO DE PENDÊNCIAS ENVOLVENDO VÁRIOS SERVIDORES. ESPERA-SE QUE REALMENTE O PRESIDENTE DO RPPS TENHA AUTONOMIA E QUE DO DISCURSO OCORRAM AÇÕES CONCRETAS DE RESPEITO AOS DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS DOS SERVIDORES.


Debate e encaminhamentos calorosos
CONCLUSÃO: Até o momento está prevalecendo o diálogo. E está valendo a pena. As negociações estão ocorrendo.O servidor cheio de esperança que as pendências serão resolvidas. MESMO ASSIM, SE FOR NECESSÁRIO, ESTÃO PRONTOS PARA ADOTAR OUTRAS ESTRATÉGIAS DE LUTA, QUE A CATEGORIA SABE MUITO BEM COMO FAZER. Tais como paralisações, protestos pela ruas, caminhada até a prefeitura e ser for o caso; GREVE! Mas todos estão confiantes para solução das pendengas trabalhistas via diálogo. A CATEGORIA APROVOU QUE CADA VEZ SERÃO FORTALECIDAS AS ASSEMBLEIAS E QUE ATÉ O FINAL DE ABRIL VIVERÁ MOMENTOS DECISIVOS QUANTO AOS SEUS DIREITOS SOCIAIS. A LUTA FOI RETOMADA. CONTINUA. ATÉ CESSAREM TODAS AS VIOLAÇÕES A DIREITOS SOCIAIS E A DIREITO ADQUIRIDO. NEGOCIANDO NA PAZ. MAS PRONTOS PARA UMA GUERRA SE PREVISO FOR! 

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails