sábado, 18 de março de 2017

IPAUMIRIM CIDADE EM QUE CHEGAM A FALSIFICAR LEI PARA PREJUDICAR DIREITOS DOS SERVIDORES - UM PREFEITO NÃO PODE PUBLICAR COMO LEI UM PROJETO DE LEI QUE FOI DEVOLVIDO PELA CÂMARA - QUE NÃO FOI VOTADO E AINDA COM NÚMERO DA LEI SENDO CLONADO DE OUTRA LEI... LEIA MATÉRIA, VEJA VÍDEO E FOTOS SOBRE A AUDIÊNCIA PÚBLICA REALIZADA...


Servidores de Ipaumirim - Longo o caminho de luta para ao menos manter os direitos
Fotos: Mara Paula

NO BRASIL A FRIBOI FALSIFICA CARNE - EM IPAUMIRIM ESTÃO FALSIFICANDO LEI E PARA TIRAR DIREITOS DOS SERVIDORES MUNICIPAIS: O interessante dos escândalos no Brasil é que é tanto escândalo que não é possível se concentrar apenas num escândalo para ficar escandalizado totalmente. E o pior... ao mesmo tempo há escândalos a nível federal... estadual e municipal... Vejam este em Ipaumirim, Ceará.  O MUNICÍPIO DE IPAUMIRIM, GESTÃO ANTERIOR, PUBLICOU UM PROJETO DE LEI, QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE IPAUMIRIM DEVOLVEU SEM COLOCAREM EM VOTAÇÃO. MESMO SEM VIRAR LEI. POIS NÃO PODE SER LEI NENHUM PROJETO DE LEI QUE NÃO FOI APROVADO PELO PARLAMENTO, O PROJETO DE LEI FOI PUBLICADO COMO LEI E COM NÚMERO CLONADO DE OUTRA LEI. E TUDO PARA ACABAR COM O DIREITO AO FGTS DOS SERVIDORES DE IPAUMIRIM. Na verdade, cometeram um crime e grave crime. CRIME CONTRA A CÂMARA MUNICIPAL, POIS NUMA DEMOCRACIA REPUBLICANA, APENAS O PODER LEGISLATIVO PODE APROVAR LEIS.  Num segundo momento, cometeram crime de falsidade ideológica, ao clonar o número de um lei para publicar como lei um projeto de lei que não foi aprovado pela Câmara Municipal. Num terceiro momento COMETERAM CRIME CONTRA OS SERVIDORES... pois a publicação de um projeto de lei como lei visava tirar o direito mensal dos servidores de Ipaumirim ao FGTS, pois continuam celetistas. DIREITOS DOS SERVIDORES SOB ATAQUE. QUE VERGONHA!

Servidores atentos e indignados com os fatos
E O PIOR É QUE A NOVA GESTÃO - POLITICAMENTE DE OPOSIÇÃO - DEMONSTROU INTERESSE EM USAR A FALSA LEI - JÁ QUE PODE GERAR RECEITA TIRANDO DIREITOS DOS SERVIDORES SE USAR O MONSTRENGO MADE IN ANTIGA GESTÃO: O mais curioso em Ipaumirim, é que gestões, mesmo de oposição, como a atual, quando é para prejudicar direitos de servidores, aliam-se FORMANDO UM SÓ DEMÔNIO. A gestão atual  assumiu posição favorável à fraude e já anda dando baixa nas carteiras de trabalho dos servidores, o que não é surpresa. POIS PARA OS POLÍTICOS, QUE SEMPRE ESTIVERAM À FRENTE DO PODER EXECUTIVO DE IPAUMIRIM, O SERVIDOR AINDA É TRATADO COMO GADO... NÃO FOSSE O SINDICATO... SERIAM TRATADOS COMO ESCRAVOS. O que se tem são situação e oposição que não passam das faces da mesma moeda, quando se trata de prejudicar servidores! PARA SE TER UMA IDEIA, O NOVO PREFEITO, DEMITIU MUITOS CONCURSADOS... SEM SEQUER ABRIR UM PROCESSO, SEM DAR DIREITO À DEFESA E SEM RESPEITO AO CONTRADITÓRIO... COMO TAMBÉM ANDA TRANSFERINDO SERVIDORES E PERSEGUINDO ABUSIVAMENTE... A DEMOCRACIA VERDADEIRA E O RESPEITO MÍNIMO AOS DIREITOS DOS SERVIDORES AINDA É UM SONHO EM IPAUMIRIM!

Terezinha Gonçalves - dirigindo a audiência pública polêmica
AO FINAL DA AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA MUNICIPAL HOUVE ASSEMBLEIA E FORAM APROVADOS OS SEGUINTES ENCAMINHAMENTOS: Em defesa do parlamento, da democracia e dos direitos sociais mínimos dos servidores municipais de Ipaumirim, a categoria aprovou por unanimidade:

I- Será aberta investigação criminal junto ao Ministério Público para apuração para punir os responsáveis pela publicação de um projeto de lei que jamais foi votado pela Câmara Municipal como lei e quem clonou o verdadeiro número de uma lei, fabricando uma lei falsa;

II- Será feito requerimento à Câmara Municipal para que retifique ofício em que foi devolvido ao Poder Executivo, que ignorou a Lei Orgânica Municipal;

III- A Caixa Econômica Federal será notificada da falsidade da lei e da abertura do inquérito. Se praticar qualquer ato baseado na lei falsa, responderá criminalmente e por danos morais;

IV- Todo ato que o atual prefeito, fingindo-se de inocente e legalista, praticar com base na falsa lei, será denunciado também criminalmente e por improbidade. Pois ele sabe da falsidade da lei.

Abaixo vídeo (clique na imagem abaixo) e mais fotos da audiência pública que aconteceu em Ipaumirim, a pedido do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ipaumirim:


Sindicato abre processo criminal contra ex... por playdiario


Vereadores sem entenderem como um projeto de lei que a Câmara Municipal não aprovou foi publicada



Vereadores perplexos - um projeto de lei que jamais a câmara aprovou - mesmo assim foi publicado como lei



Dr. Valdecy Alves provando que foi publicado um projeto de lei - não uma lei
Pois para ser lei tem que ser aprovado pela Câmara Municipal


Categoria mais que atenta - Que país é esse?

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails