segunda-feira, 26 de junho de 2017

A Grande Utopia - Poesia de Valdecy Alves

Nos confins do mundo


Ecoam entre vales
Da grande cordilheira

Dentre todas as cordilheiras
Onde há montanhas
Mais altas que a lua
O canto de dor
De todos os poetas
Que cantaram o sofrimento
De todos os vivos 
De toda a humanidade

A dor de serem mortais
A dor dos sonhos irrealizados
A dor da traição da política
A dor do desvio da revolução
A dor da fome de todos miseráveis...
A dor da injustiça
A dor da saudade
A dor do amor não correspondido
A dor da incompletude...
Da frustração... da morte da esperança...
A dor de todas as dores...
E alguns cantos de tão elevados
Ultrapassam a altura do sol!
E das mais longínquas estrelas
E a grande utopia... é que um dia...
Ecoem sons de sorrisos e 
Cantos de alegria!

De: Valdecy Alves
Fortaleza - Ceará - 26/06/2017



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails