quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

PREFEITOS E PREFEITAS COMO AGENTES DA BANALIDADE DO MAL... E QUANDO O MAL SE BANALIZA COMO OCORRE ATUALMENTE NO DIA A DIA DE TODOS... O INFERNO VAI PARECER COMO PARAÍSO E OS DEMÔNIOS COMO MERO APRENDIZES... O INFERNO É CRIAÇÃO DELES... O INFERNO É AQUI MESMO... ELES E ELAS EM SUA MAIORIA VERDADEIROS DEMÔNIOS

Imagem do Google

DO QUE SEJA A BANALIDADE DO MAL E DOS SEUS PRATICANTES: Tal conceito " Banalidade do Mal" foi criado pela filósofa apátrida Hannah Arendt para definir prática de ações por pessoas comuns, que produzem grande mal. Tal prática se torna tão comum que é banalizada, embora o resultado seja um mal terrível. Um mal maior que todos os outros males conhecidos. Assim, analisando atitudes de prefeitos e prefeitas do Ceará, com apoio da maioria dos vereadores de cada Município, que teoricamente estariam praticando atos de governo, ações administrativas, mas na verdade estariam agindo de forma tão terrivelmente criminosa, maléfica e com resultados tão danosos às vítimas, à convivência, aos valores sociais mínimos e a princípios civilizatórios... que banalmente tais atos... resultando em mal maior... seriam aceitos como algo normal. POR UMA TOTAL PERDA DO QUE SEJA IMORAL, DO QUE SEJA INJUSTO, DO QUE SEJA O OBJETIVO DE QUALQUER GOVERNO, DO QUE SEJA MAL... SOBRETUDO PELAS PESSOAS COMUNS E PELAS VÍTIMAS.  ASSIM O MAL... TOTALMENTE BANALIZADO... TORNANDO-SE UMA COISA COMUM. Analisemos alguns atos... que correspondem à banalidade do mal.


Reflexões de Hannah Arendt criadora do termo: Banalidade do Mal


ATOS DE PREFEITOS E PREFEITAS QUE COMPROVAM A BANALIDADE DO MAL NOS MUNICÍPIOS CEARENSES E NO BRASIL: Quando perguntaram a um militar nazista, que mandara milhares de pessoas para serem mortas em campos de concentração... nas câmara de gás... se ele se sentia culpado por seus crimes, sua resposta estarreceu o mundo. Ele respondeu: " - Nunca matei ninguém. Apenas cumpria ordens e enviava as pessoas para os campos de concentração!" Essa resposta absurda levou Hannah Arendt a criar a expressão 'BANALIDADE DO MAL". O que pode ser traduzido assim: pratico a ação. Apenas fazendo o meu trabalho... eu me dando bem... pouco me importa as consequências dos meus atos para os outros.... É EXATAMENTE AQUILO QUE PREFEITAS E PREFEITAS FAZEM NO CEARÁ. ASSIM QUE AGEM A MAIORIA DOS POLÍTICOS BRASILEIROS. SEJAM DO PODER EXECUTIVO... SEJAM DO PODER LEGISLATIVO. Alguns exemplos de ações de gestores municipais que são exemplos mais acabados de banalidade do mal:

1) Transferir servidores dos locais de trabalho como forma de punição por terem votado em outro candidato. Muitas vezes transferem as pessoas para dezenas de quilômetros do seu local de origem. Sem dar transporte. PARA QUE A PESSOA FALTE AO TRABALHO E SEJA DEMITIDA. Nesses casos, o mal resultado é sobretudo ataque á democracia, à liberdade de voto e desvio da finalidade de atos de governo, prejudicar pessoas. MAS ISSO É TÃO PRATICADO, QUE PARECE ALGO NORMAL. Até mesmo o Poder Judiciário, muitas vezes, preso em uma burocracia irracional e a um formalismo terrível, não combate tal mal, avalizando-o com decisões formalmente perfeitas e injustas em seu teor e resultado. Mantendo o mal e banalizando-o.

2) Demitir servidor concursado sem direito à defesa e ao contraditório: geralmente primeiro ato praticado por grande parte dos prefeitos e prefeitas assim que são empossados. Demitem como se diz, numa canetada, sem nenhuma razão, sem fundamentação, muitas vezes por decreto. Justificando que está defendendo a legalidade, a moralidade. Tornou-se tão comum, que nesse caso, o mal praticado primeiro ataca o concurso público, pois em seguida substitui os demitidos por contratados ilegalmente,  na maioria das vezes parentes. Atacando dois valores básicos que são verdadeiras conquistas para o Ocidente, o direito à defesa num processo legal e o direito ao contraditório. Lembrando que ao contratar sem concurso e demite-se concursados para gerar vagas... tem-se que os mais capazes são substituídos por apadrinhados. Mal terrível à qualidade pessoal do quadro dos servidores públicos. Mal à qualidade do serviço público... muitos contratados sequer vão trabalhar... apenas assinando ponto...  O que o Brasil faria se um técnico da seleção brasileira de futebol tivesse os melhores jogadores substituídos por indicações políticas ou por familiares do treinador? Com certeza o Brasil viria abaixo... a imprensa faria um escândalo.... ASSIM, QUANDO O FUTEBOL SE TORNA MAIS IMPORTANTE QUE OS ATOS POLÍTICOS DE GOVERNANTES... tem-se que o mal está mais que banalizado... Fazer o bem é que seria exceção... numa inversão total de valores. Sejam valores legais... sejam valores morais... sejam princípios republicanos...

3) Atrasar pagamento de salários dos servidores municipais: Em 2017 muitos municípios anunciavam que atrasariam salários no mês de setembro/2017... depois passaram a dizer que não teriam como pagar o 13º... por fim... muitos municípios, até 31 de dezembro de 2017, deixaram de pagar novembro, dezembro e 13º... ninguém... ninguém se escandaliza... com pessoas que estão devendo ao comércio... que estão devendo a bancos... que não têm como pagar suas contas... que passaram um natal de fome... uma virada de ano de miséria... e que já começaram 2018 protestando... em greve... lançando notas de repúdio e se concentrando em frente a várias prefeituras...  E O PROBLEMA NÃO FOI FALTA DE DINHEIRO... POIS A MAIORIA DOS MUNICÍPIOS VIRARAM O ANO DE 2017 PAGANDO EM DIA... SEM NADA DEVER... Assim, quanto prefeitos e prefeitas mentem... prejudicando milhares de servidores públicos... mais e mais milhares de seus familiares seus dependentes... E TUDO PARECE NORMAL... TEM-SE QUE O MAL REALMENTE ESTÁ BANALIZADO E QUE FOI TRAÍDO UM DOS PRINCIPAIS MANDAMENTOS DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, que manda que todo ato praticado por um governante tem que resultar no bem individual e coletivo,  resultar em justiça social, previsto no seu artigo 3º e incisos:

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;
II - garantir o desenvolvimento nacional;
III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

Assim, todo ato de um prefeito ou de uma prefeita... dos vereadores e vereadoras...  de qualqeur político... no desempenho de suas funções deve sempre contribuir para: Construção da justiça, da liberdade, da solidariedade, ao tempo que garanta o desenvolvimento, erradicando toda forma de pobreza, reduzindo desigualdades, evitando que alguns fiquem muitos ricos e outros muito pobres, promovendo o bem de todos, sem qualquer preconceito. TODAVIA, FAZER O CONTRÁRIO DE TAIS MANDAMENTOS É A REGRA, É O NORMAL, É O TRIVIAL... É O MAL, SEM DÚVIDA, BANALIZADO DE FORMA RADICAL... QUANDO TUDO QUE DEVERIA SER NÃO É FEITO... E TUDO QUE É FEITO FERE O COMO DEVERIA SER.... isso é Brasil... isso é a realidade de cada Município cearense... de cada Município brasileiro... O TRIUNFO DA BANALIDADE DO MAL...

Pensador e ativista norte americano assassinado...



4) DESVIOS DA PREVIDÊNCIA MUNICIPAL... ESTADUAL... E FEDERAL DE TODA ORDEM:  Prefeitos e prefeitas...  em sua maioria... o que se  aplica também a todos os governadores e a presidentes da República... todos que estiveram no poder nas últimas décadas e todos que estão no poder... DESVIARAM AS RESERVAS DA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES... seja qual for o regime de previdência adotado, REGIME GERAL (Inss) ou REGIME PRÓPRIO (adotados por entes públicos municipais, estaduais ou federais). O desvio de tais reservas... que é todo o período que o trabalhador contribuiu quando na ativa... é tão normal... que a previdência social no Brasil foi inviabilizada a nível municipal... a nível estadual... a nível federal... usando o discurso de que é preciso reformar a previdência para que não quebre... quando toda dificuldade atual, todo déficit quando existe déficit... é fruto de desvios... de má-gestão.... de corrupção... de má-gestão... atos definidos como crimes no Código Penal... como improbidade em leis federais... mas nada acontece com os gestores... o desvio... o peculato...  a força da corrupção prevalece... é o normal... e a banalidade do mal se fixa... vira rotina... muitas vezes com apoio até mesmo de alguns sindicalistas cooptados... que por vantagens pessoais... traem servidores representados... e todos sabem... que em breve... novos desvios... novas apropriações indébitas... meterão a mão em todo saldo existente... as vítimas só olham.... o Poder Legislativo nada faz... nada fiscaliza... nada investiga... e o que não deveria ser... passa a ser normal... e todos acabarão na miséria... sequer se aposentarão... o maior exemplo atual é a situação do Rio de Janeiro... o amanhã da maioria dos servidores públicos...

5) CORRUPÇÃO GENERALIZADA E TRANSFORMAÇÃO DA MISÉRIA EM ALIADA DO PODER: A corrupção é generalizada... sobretudo nas licitações previamente fraudadas... prefeitos e prefeitas... políticos de toda ordem dizem que é o tal do CAIXA 2... quando flagrados... com tal dinheiro compram votos... dão esmolas... e o mendigo que não deveria existir... que é a maior prova da incompetência de tais políticos... vende a alma... vende a dignidade... por um pedaço de pão... e o bom politiqueiro sabe... que deve manter esse eleitor... esse cidadão ou cidadã...  que são milhões e milhões... sempre dependentes desse pão vencido... comprado com o dinheiro roubado... com o patrimônio público desviado... pois a maior parte do que foi desviado faz aumentar o patrimônio do político... alguns políticos tendo o patrimônio aumentado milhares de vezes, há exceções, mas pouquíssimas... de alguns bons políticos...  ISSO É NORMAL... E O MAL QUE VEM DISSO NÃO TEM LIMITE: a) enriquecimento ilícito; b) Falta de dinheiro para saúde, educação, segurança, cultura... c) previdência inviabilizada...  e tudo isso é normal... a política virou profissão e o patrimônio público alvo de toda pilhagem... 

E NESSE DESVARIO A POLÍTICA QUE ERA PARA LIBERTAR É TRANSFORMADA EM POLITICAGEM... A JUSTIÇA SOCIAL QUE DEVERIA SER O FIM DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA É TRANSFORMADA EM INJUSTIÇA EXTREMA... O ELEITOR QUE DEVERIA VOTAR PARA SUA LIBERTAÇÃO VOTA PARA SUA ESCRAVIDÃO... E O BRASIL NÃO CAMINHA PARA TRÁS... PORQUE NÃO HÁ MAIS COMO CAMINHAR PARA TRÁS... TODAS AS UTOPIAS ESTÃO MORTAS... A ESQUERDA QUE CHEGOU AO PODER VENDEU SUA ALMA E ALIOU-SE COM O TRADICIONAL PIOR... SALVADORES DA PÁTRIA SURGEM, QUE SÓ PIORARÃO O MAL QUE JÁ ESTÁ RUIM... MUITO RUIM... HOJE PIOR QUE ONTEM... AMANHÃ ESTARÁ PIOR QUE HOJE... O MAL FOI BANALIZADO... A ESPERANÇA QUASE MORTA... HÁ ATÉ QUEM DEFENDA DITADURAS... E TODA DITADURA DE DIREITA OS DE ESQUERDA É UM CÂNCER... Falta pouco... muito pouco... para o triunfo total da banalização do mal... Pode existir inferno e demônios piores???


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails