domingo, 12 de agosto de 2018

MAPA DA VIOLÊNCIA NO BRASIL ANO 2018 - UM DILÚVIO DE SANGUE EM MEIO A CHUVA DE BALAS... IMAGINE SE DEUS NÃO FOSSE BRASILEIRO E O BRASIL NÃO FOSSE UM PAÍS ABENÇOADO? FRACASSO DOS POLÍTICOS... FRACASSO DA SOCIEDADE CIVIL... E AÍ? VAMOS REFLETIR UM POUCO.


Produção: Ipea/Fórum Brasileiro de Segurança Pública



FOI DIVULGADO O MAPA DA VIOLÊNCIA DO ANO DE 2018 - BRASIL - UM PAÍS BANHADO DE SANGUE: 62.517 pessoas foram assassinadas no Brasil no ano de 2016. Seria como jogar uma bomba na cidade de Camocim e matar todo mundo. O TOTAL DE PESSOAS EXTERMINADAS NO ANO DE 2016, NO BRASIL. De onde assustadoramente se conclui:

1) 5.209 pessoas mortas todo mês
2)    174 pessoas mortas por dia
3)        7 pessoas mortas por hora
4)         1 pessoa morta a cada 10 minutos

Mais gente é morta no Brasil que em guerra entre Israel e Palestina. Quase tanta gente no Brasil é morta anualmente como na guerra da Síria. SÓ QUE O BRASIL SE DIZ EM TEMPOS DE PAZ.  Fracasso dos políticos, fracasso em grande parte da sociedade civil, fracasso de cada cidadão e cidadã.



Estados de Sergipe, Alagoas e do Rio Grande do Norte são os mais violentos. 71% das mortes por armas de fogo. A violência no Brasil é 30 vezes superior a violência na Europa inteira e quase o dobro da média da violência em todo o continente americano. Na maioria dos Estados brasileiros a violência aumentou e no geral a violência contra mulheres, negros e pardos também só aumentou, com a agravante da interiorização da violência. O Ceará que o diga. E O PIOR É QUE NÃO SE VÊ LUZ NO FINAL DO TÚNEL. O povo pacífico vive-se ofendendo nas redes sociais, defendendo, a maioria deles, a reeleição daqueles que por incompetência ou omissão são, em maior parte, responsáveis por este quadro dantesco. 


Produção:Ipea/Fórum Brasileiro daeSegurança Pública

MEDIDAS QUE PAÍSES TOMARAM E REDUZIRAM A VIOLÊNCIA  QUE CHEGOU A SER PIOR QUE A DO BRASIL - DEVIAM COPIAR - JÁ QUE COPIAM TUDO QUE FAZ SUCESSO MUNDO AFORA - SOBRETUDO PORCARIA E LIXO CULTURAL:  É mania de todo mundo copiar tudo que faz sucesso na TV e nas redes sociais, mundo afora, QUE TAL COPIAR MEDIDAS CAPAZES DE FAZER DIMINUIR E ACABAR COMA VIOLÊNCIA? Mas querem a liberação de armas... para piorar a guerra... não se vê ninguém defendendo comprar livros... ler... quantas bibliotecas tem sua cidade? Agora quantos bares e bocas de fumo tem sua cidade??? Eis as medidas que países como México e Colômbia tomaram em cidades enormes que reduziram a violência de forma fenomenal. São 07 medidas mínimas, segundo o Ipea e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Vejam quais foram:

PRIMEIRA MEDIDA:  O comprometimento do político principal: Prefeito, governador ou presidente tomar a frente e liderar uma radical mudança na forma de combate à violência, envolvendo tudo e todos, com o mesmo foco: COMBATER TODA FORMA DE VIOLÊNCIA. MESMO QUE MUDE O POLÍTICO MANTER A CONTINUIDADE DA META. COMO POLÍTICA DE ESTADO. O que não se vê. lendo jornais, no geral, a impressão que se tem que é que a meta dos políticos, em sua maioria, é a corrupção.

SEGUNDA MEDIDA: Mobilizar e articular todas as forças e atores sociais na busca pela paz, SOBRETUDO TENDO O PODER PÚBLICO À FRENTE, A LIDERANÇA DO PREFEITO... DO GOVERNADOR OU DO PRESIDENTE... Em sua maioria acusados por improbidade...  se todos querem paz, todos devem agir no sentido de construir essa realidade social que leve à paz. MAS MUITAS QUEREM PAZ PEDINDO O PORTE DE ARMAS. E VOTANDO EM INCOMPETENTES...

TERCEIRA MEDIDA: Organizar a gestão da segurança pública com base no método científico e partir do conhecimento dos fatos violentos. Isto é, baseada em dados pesquisados, por exemplo: quantos são os mortos, onde é o local com maior violência, qual o perfil do agressor, qual o perfil da vítima, que hora acontece mais violência, quais são as principais causas... ENTÃO, IDENTIFICADO TODO O PROBLEMA E SUAS CAUSAS, planejar intervenção através de urgente ação efetiva.

QUARTA MEDIDA: O controle e retirada das armas de fogo e de munições de circulação. Quanto mais armas, mais violência. Instaura-se uma guerra. Na confusão generalizada, tem candidato à presidência defendo armas para todos. SERIA O CAOS SE ISSO ACONTECESSE.

QUINTA MEDIDA: Disseminar espaços de mediação de conflitos. Tribunais alternativos para solução de problemas em bairros, escolas, locais de trabalho. Matando o ódio e a violência no seu nascedouro. Já que todos esperam que tal solução venha do Poder Judiciário ou do Ministério Público,  quando estão fechando comarcas, faltando promotores e juízes...

SEXTA MEDIDA: Alterar o modelo de polícia, de uma abordagem meramente reativa, para um modelo de repressão qualificada. Baseada na inteligência, na boa formação do policial. Adotar o confronto com o crime, sem combater as causas do crime, torna impossível o combate à violência. Com uma polícia meramente repressiva, o que se criará de fato será uma guerra civil como a que se vê no Rio de Janeiro, que mesmo com intervenção do exército, apenas piorou. Claro que tem que ter repressão, prisões, punições... mas a partir de outro eixo... DE UMA ESTRATÉGIA DIFERENTE... é demais armar os policiais e acreditar que declarando-se guerra ao crime a solução virá... ESSA FILOSOFIA SÓ LEVA AO QUE JÁ SE VÊ: MAIS POLICIAIS SENDO MORTOS, MAIS MARGINAIS SENDO MORTOS POR POLICIAIS... BALAS PERDIDAS MATANDO INOCENTES... E QUANTO MAIS SE MATA MAIS AUMENTA VIOLÊNCIA... E PARA PIORAR... GUERRAS ENTRE FACÇÕES... INSTALANDO-SE O REINO DO CAOS E TODOS OS CICLOS DO INFERNO... O INFERNO É AQUI... NÃO SE APAGA O FOGO... JOGANDO-SE GASOLINA NO FOGO!

SÉTIMA MEDIDA: Estruturar uma política de prevenção social, focalizada nos territórios mais conflagrados e nas crianças e jovens, para que eles possam ter um desenvolvimento sadio na primeira infância, acesso a boa educação, cultura,esporte... oportunidades no mercado de trabalho. Além desses sete passos, no Brasil, há ainda o problema central da política criminal e do saneamento do sistema de execução penal, que também fracassou. OS PRESÍDIOS NÃO PASSAM DE DEPÓSITOS DE GENTE, BOMBAS RELÓGIOS DE REBELIÃO, DOMINADOS POR FACÇÕES.




CONCLUSÃO: Não é necessário reinventar a roda. Se países como o México e a Colômbia tomaram tais medidas, aprendamos com eles. E AS MEDIDAS FUNCIONARAM. Maquiavel dizia que uma pessoa normal aprende com os próprios erros. Que as pessoas inteligentes aprendem com os erros dos outros. E QUE OS BURROS NÃO APRENDEM NEM COM OS PRÓPRIOS ERROS, NEM COM OS ERROS DO OUTROS. É o caso dos políticos e governantes brasileiros, também dos eleitores que votam em políticos responsáveis por esse caos e  quando não trocam murros e ameças por seus candidatos e partidos, praticam violência moral nas redes sociais com o fim de matar a honra do outro, a dignidade do outro. 

POLÍTICOS, AS POLÍTICAS DE ESTADO E A CONDUTA DO ELEITOR, DO CIDADÃO E CIDADÃS PRECISAM MUDAR... OU SE CHEGARÁ AO CÚMULO DA LOUCURA, QUERENDO QUE A REALIDADE MUDE... PRATICANDO-SE AS MESMAS CONDUTAS QUE PROVOCARAM A DOENÇA SOCIAL QUE SE QUER COMBATER! TEM-SE NO BRASIL HOJE A VIOLÊNCIA FÍSICA A BALA NAS RUAS... VIOLÊNCIA MORAL NUMA GUERRA DE TODOS CONTRA TODOS NAS REDES SOCIAIS... QUANDO NÃO MATAM O CORPO... MATAM A ALMA E A HONRA! ESSE É O BRASIL DE HOJE... HORA DE SE UNIR PELA PAZ... E TODOS PARTICIPAREM DA CONSTRUÇÃO DA REALIDADE SOCIAL E DA PAZ QUE VIVEM COBRANDO DOS OUTROS... COMO SE FOSSE MILAGRE... OU PUDESSE CAIR DO CÉU. OU NOSSOS RIOS... EM BREVE... FICARÃO VERMELHOS DE SANGUE...


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails