sexta-feira, 31 de julho de 2009

HERÓIS SÃO NECESSÁRIOS ÀS PESSOAS E AOS POVOS ? Que dizer dos heróis da TV ?

Prometeu Acorrentado - Elenco da novela

O grande filósofo alemão Nietzsche em sua obra: Assim Falou Zaratustra, anunciou uma nova espécie de ser humano, o além-homem, que de tão forte, sábio, justo e consciente, movido pela força da razão e da paixão, nem de religiões este novo ser precisaria. Acabando por dizer a famosa e polêmica frase: DEUS ESTÁ MORTO! Esse além-homem é uma profecia para o futuro. NESSE FUTURO CERTAMENTE OS HERÓIS NÃO SERÃO NECESSÁRIOS, mas atualmente todos têm os seus paradigmas, seus heróis, sejam individuais, sejam de toda uma nação.

Homero em sua obra criou os heróis gregos: Jasão, Aquiles, Hércules, Perseu, Ulisses; Roma tem seus heróis dos gladiadores a Júlio César; os norte americanos têm seus heróis políticos e do cinema(Rambo); A China de Confúcio, de Lao-tsé... para todo o Ocidente Jesus é antes de tudo um herói, o mesmo se diga de Maomé para os árabes e Buda para os asiáticos... Percebe-se que a literatura e a tradição oral imortalizaram heróis. Papel que atualmente ainda está com, a TV, que perde espaço rapidamente para internet. Então vamos focalizar no Brasil e ver quem são os heróis atuais que a TV transmite para o povo brasileiro.

Bem, hoje dia 31/08/2009, os programas jornalísticos, não tão bem vistos como as novelas, mostraram matérias sobre o nadador César Cielo, medalha de ouro, com quebra de record nos 100 metros. Emocionou o Brasil quando deixou cair lágrimas ao som do hino nacional. Na Fórmula 1, todos torcem para que Felipe Massa se recupere, pois não se encontrou ainda outro Airton Sena. O jangadeiro e o vaqueiro, heróis nacionais, que sofrem muito para se aposentarem, para ter um benefício no valor de 01 salário mínimo. Os políticos sempre nas páginas policiais, os professores, que poderão ser heróis nacionais, ninguém sequer fala sobre o tema, pois até o piso salarial mais miserável, criado após um século de luta, tentam derrubar no Supremo Tribunal Federal. No morro os traficantes são heróis e na mídia ganha espaço quem é escandaloso ou pratica um grande mal. Para criançada: Batman, Homem Aranha, Tarzã, X-man...

Mas quem mais influencia o Brasil é a novela das 08:00h, da Rede Globo. Vitrine dos novos heróis. A novela que herdou a tradição das novelas de rádio, que já foram a evolução das rodas de leituras de romances feitas em ambientes familiares até meados do Século XX. Peri, Iracema, Antonio Conselheiro, Jerônimo o herói do sertão... antigos heróis. Quem são os heróis da novela mais assistida, Caminho das Índias, novela das 08:00h:

GALÃ RAJ: Traído pela mocinha, criando um filho de outro como seu;
MOCINHA MAYA: Inventou para o marido que o filho do outro é dele. Engana toda a família do marido, a dela e a criança;
MÃE DA MAYA KOCHI: De conluio com a Maya trocou os filhos para enganar o marido da filha;
IRMÃO DA MAYA - KOLMAL: Viciado em jogo;
FAMÍLIA CADORE: Os mais normais e honestos são os tidos como loucos;
RAUL CADORE: Roubou a empresa e abandonou a família simulando a morte;
MELISSA CADORE: Fútil, perua e consumista;
A CULTURA INDIANA; Mostrada como cínica e sem qualquer profundidade;
YVONE: Psicopata e ladra. A irresistível. Só se dá bem na vida;
DONA NORMINHA: A que só transa, insinua-se, não vai além da mera luxúria e a razão está nos seios;
ESTELIONATÁRIOS: O Namit (Chico Anísio) e o tal do Radesh; o advogado César e o Zeca o filho Bad-boy;

OPASH: Comerciante cínico e racista;
SURIA: Nora de Opash, invejosa e maldosa;
PANDIT: Sacerdote canalha, mercenário e oportunista;
PERSONAGENS MASCULINOS CHIFRUDOS: Raji, Raul Cadore, O guarda, o advogado da Cadore, o finado pai do OPASH...
OS RETARDADOS: Inúmeros...

Sem dúvida que o figurino, direção, edição, cenário, trilha musical...todos belíssimos. Mas isso não é sinônimo de qualidade. Bom, aí estão os candidatos a heróis e a vitrine que mais influencia o país com os seus paradigmas e exemplos. Meu amigo leitor, minha amiga leitora, entre os personagens citados e os que não citei, diga-me quem você tem como o seu herói ??? Quem parece com você ou quem você deseja que um dia seu filho ou filha seja igualzinho??? SERÁ QUE OS AUTORES DA GLOBO NÃO PODERIAM COLOCAR PELO MENOS UM PERSONAGEM COM ALGUM TRAÇO DE SERIEDADE, VIRTUDE, CAPACIDADE, BONDADE ???

Pra finalizar: O que diria Nietzsche e Zaratustra dos personagens da novela??? Sem dúvida que a Rede Globo e seus autores inventaram o sub-humano, o aquém-homem, alçando a heróis os que possuem as piores qualidades morais, os que praticam os piores crimes e estelionatos. OFENDARAM A ÍNDIA COM TODA A SUA CULTURA MILENAR, RELIGÃO, FILOSOFIA, ETC. Ainda bem que a realidade é melhor... bem melhor que a da novela das 08:00h. Por fim a tais heróis é melhor herói ou heroína nenhuma!

sábado, 25 de julho de 2009

CARLOS CAVALHEIRO E SUA MILITÂNCIA CULTURAL


CARLOS CAVALHEIRO E SUA MILITÂNCIA CULTURAL

Carlos Carvalho Cavalheiro, antes de tudo um humanista, depois um militante cultural, tudo por ser idealista e sonhador. Paulistano de nascimento, sorocabano por opção. Professor, historiador, poeta, documentarista, cordelista, especialista em gestão ambiental. Já publicou vários livros, eis alguns: Greve de 1917, Folclore em Sorocaba, Salvadora, Scenas da Escravidão, A História do Preto Pio em Cordel...... Um desses militantes que enriquecem a cultura ao tempo que a faz circular. Defensor radical de formas alternativas de circulação da cultura, hoje aqui, circulando alternativamente no meu blog. Idealizou a enciclopédia virtual sorocabana, produziu cd`s, documentários. Eis algumas poesias do Cavalheiro (carlosccavalheiro@yahoo.com.br) com quem podem comunicar-se através de e-mail.

Maiakovski, Brecht, Niemöller e ... eu

Quando a guerra estourou
E as potências esmagaram
Aquele indefeso povo
Eu tinha um bom motivo
Para não protestar:
−Eu não os conheço!
E quando jovens vidas
Eram ceifadas diariamente
Perdidas todas elas em vão
Na mesma cidade em que eu vivia
Eu tinha um bom motivo
Para não protestar:
−Eu não os conheço!
E ainda quando o filho da Ira
Manifestou-se em ditaduras
- aqui e acolá – prendendo, matando,
Vilipendiando, usurpando e violentando
E tinha um bom motivo
Para não protestar:
−Eu não conheço essas vítimas!
Eu não os conheço, a nenhum deles.
Hoje chegou a minha vez
E injustamente estou preso
Não há ninguém protestando por mim
Porque não me conhecem...
Ou se esqueceram de mim.

Quem manda?

Olhei para mim mesmo
E vi no espelho olhos
Que não eram os meus
A minha alma sangra
Mistérios e tristeza
E a saudade intensa
Dos olhos que são seus
A prece cálida
Calada na cela da escuridão
Me faz sentir ao mesmo tempo
Um monge e um prisioneiro
E de quem, então, são os passos
Que ouço claramente se aproximar?
Serão de Deus ou do carcereiro?
Filosofias, teses e livros
A letra morta ressuscitada em vão
A vida corre independentemente
Se estão certos os beatos ou os ateus.
A cada crença uma cabeça
Cada sentença saída da mão
O imoral juiz condena o imoral réu
A diferença entre os diferentes
A diferença entre quem manda ou não.


VERMELHO

Dizem que no vinho
Se alberga a verdade
Só se o vinho for sangue
Tingindo a castidade
O mistério do fascínio
Que exerce a vermelha cor
Excita a massa com bandeira
Encanta a mulher na flor
Embriaga os etílicos sentidos
Sugere a fúria para o touro
E no rubi o torna mais belo
Embora valha menos que o ouro.



LIBERDADE PRETO PIO

Liberdade é algo que não tem preço
Não tem fim, não tem começo
Todo mundo quer alcançar
Mas se a liberdade não for conquistada
Nunca será valorizada
É como santa sem altar.
De Espartacus o exemplo se viu
De Capivari o negro fugiu
Para o quilombo engrossar
E um líder então surgiu
Seu nome é Preto Pio
O escravo que soube lutar

PRETO PIO

É o Zumbi do Médio Tietê
Preto Pio
Foi a vez de o negro vencer
Preto Pio
É o Zumbi do Médio Tietê
Preto Pio
Valente, lutou até morrer.


Conheça a obra, conheça o militante cultural Carlos Cavalheiro: carlosccavalheiro@yahoo.com.br











segunda-feira, 20 de julho de 2009

PEÇA ONDAS SECAS - APLAUDIDA EM PÉ EM LIMOEIRO DO NORTE - CEARÁ

Foto: Karla Samara
-
Peça Teatral: ONDAS SECAS
Aplaudida de pé em Limoeiro do Norte

O teatro Márcio Mendonça ainda inacabado, na Limoeiro do Norte, filha do Rio Banabuiú, pai de tantas outras cidades e das gargantas de quem mata a sede, desde a Serra de Pedra Branca onde brota até Limoeiro, onde deságua no Rio Jaguaribe. Quem bebe das suas águas são irmãos. Senador Pompeu, de onde vem o grupo teatral e o dramaturgo, Quixeramobim onde viveu Antonio Conselheiro... todos beberam das águas do Rio Banabuiú. Na entrada do teatro os recepcionistas, às centenas de cadeiras azuis à espera do público, os folders da peça Ondas Secas em cada cadeira, esperando a platéia. No palco o cenário montado: folhas secas no chão, a cruz, as velas que seriam acesas, a cerca de arame, todo o plano de luz pronto para brilhar. Nos camarins o corre-corre, o ator de se veste, é maquiado, a equipe toda ansiosa, vai pra qui, vai pra lá... A sonoplastia no ponto, as máquinas fotográficas, as filmadoras... Feito uma onda a platéia entra. Uma multidão, lotando todas as cadeiras, após acomodados em seus lugares, as luzes se apagam, tem início a magia do teatro, a sinergia, acendem-se as luzes e começa a peça ao acender da primeira luz, ao primeiro ruído do áudio.

A peça teatral ONDAS SECAS – Um novo olhar de Antônio Conselheiro sobre o Sertão foi aplaudida de pé, com sons de urras, com o público satisfeito com o espetáculo. Dia 25 de julho de 2009, será a vez da peça ser encenada em Ibaretama (CE). Tudo após 10 anos da estréia da peça que fala do sertão, mas que é universal, pois trata dos mais profundos sentimentos do povo sertanejo, que são os mesmos em qualquer lugar do mundo, seja no Ceará, seja no Rio Grande do Sul, seja no Esquimó, seja na China, seja na África, seja na tradicional Florença, seja no interior da Austrália...


Obrigado público de Limoeiro do Norte, obrigado aos que torceram pelo sucesso da peça. Quem quiser saber mais sobre a peça teatral Ondas Secas – Um Novo Olhar de Conselheiro Sobre o Sertão, basta clicar nos links abaixo:

quinta-feira, 16 de julho de 2009

PEÇA TEATRAL ONDAS SECAS EM LIMOEIRO DO NORTE


Peça Teatral: ONDAS SECAS

Um Novo Olhar de Antonio Conselheiro sobre o Sertão


Imagine Antonio Conselheiro renascido num palco, fazendo uma verdadeira análise de todo o sertão e de si mesmo, dentro de uma visão crítica questionadora.... ao mesmo tempo falando numa linguagem embasada na literatura popular, com musicalidade e muitos trocadilhos.

A peça teatral ONDAS SECAS – Um novo olhar de Antônio Conselheiro sobre o Sertão representará a Região Sertões de Quixeramobim no II Circuito SET de Teatro, em Limoeiro do Norte, no Vale do Jaguaribe. O evento é organizado pelo Sistema Estadual de Teatro (SET), em parceria com a Secretaria da Cultura e Turismo de Limoeiro do Norte. A apresentação marca o início da nova temporada da peça que acontecerá:


No dia 18 de julho, a partir das 20:00h no Centro Cultural Márcio Mendonça, um espaço de referência para as Artes Cênicas na região do Vale do Jaguaribe.


A peça recebeu prêmio de circulação estadual junto à Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, ganhou prêmio de melhor texto no festival de teatro de Acopiara, representou o Nordeste em festival de Teatro em Salvador, esteve em Vitória, no Espírito Santo, além de ser encenada nas seguintes cidades: Fortaleza (Dragão do Mar e IBEU), Caucaia, Aquiraz, Quixeramobim, Crateús, Sobral, Maranguape, Guaramiranga, entre outras.


A platéia conhecerá um Conselheiro Crítico capaz de interpretar a sua história, a história do seu povo, à luz dos movimentos populares e dos surtos messiânicos. COMPAREÇA, CONFIRA E PARTICIPE DO DEBATE LOGO APÓS A PEÇA.


Nesse novo circular pelo Estado do Ceará, o ator Fram Paulo busca manter e fazer evoluir a performance que o consagrou. Tendo na equipe membros do Ponto de Cultura Arte Sobre Rodas e da Cia Engenheiros da Arte, que têm um belíssimo trabalho no Município de Senador Pompeu: o jovem ator Gerlânio Rodrigues, que cuida da iluminação, e Karla Samara, na sonoplastia, atriz e fotógrafa. O autor da peça, Valdecy Alves estará presente para debater com a platéia juntamente com o Fram Paulo e toda a equipe.


Você pode saber mais sobre a peça clicando em:



TEXTO: Valdecy Alves

INTERPRETAÇÃO: Fram Paulo

DIREÇÃO: Fram Paulo/Valdecy Alves

SONOPLASTIA: Karla Samara

ILUMINAÇÃO: Gerlânio Rodrigues

Informações: (88) 9916-5994 (85) 9996-0717

terça-feira, 14 de julho de 2009

Súmula n° 16 do STF e o Salário Mínimo para Servidor


SÚMULA VINCULANTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL n° 16 - Direito ao Salário Mínimo e Reflexos para o Servidor Público Municipal


No final de junho de 2009, o STF aprovou a Súmula Vinculante n° 16, tratando do direito ao salário mínimo, com a seguinte redação:

Súmula Vinculante nº 16


" Os arts. , IV , e 39 , § 3º (redação da EC 19/98), da Constituição , referem-se ao total da remuneração percebida pelo servidor público ".


Não é o melhor, mas dos males o menor. Diante do quadro real é um avanço. Como traduzir numa linguagem mais popular tal súmula? O artigo 7°, Inciso IV, da Constituição Federal, garante percepção do salário mínimo ao trabalhador nos seguintes termos:


Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social: IV - salário mínimo , fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim;

Tal direito estendido ao servidor público por força do previsto no parágrafo 3°, do artigo 39, da mesma Constituição Federal, que tem a seguinte redação:

§ 3º Aplica-se aos servidores ocupantes de cargo público o disposto no art. 7º, IV, VII, VIII, IX, XII, XIII, XV, XVI, XVII, XVIII, XIX, XX, XXII e XXX, podendo a lei estabelecer requisitos diferenciados de admissão quando a natureza do cargo o exigir.

Portanto os servidores públicos têm o direito de receberem o salário mínimo, o texto é claro. Tanto que Municípios como Itapipoca, Piquet Carneiro, Irapuan Pinheiro, Ipaumirim, Banabuiú, há tempo que ganharam ações na Justiça, decisões que não comportam mais recursos, e já implementaram tal direito por força de vitórias judiciais dos sindicatos locais dos servidores. Municípios como Pentecoste, Tianguá e outros já ganharam em primeira instância, mas faltam as sentenças serem confirmadas pelos tribunais. Para só então serem executadas.

O QUE É TRISTE NESSA HISTÓRIA? Quem ler a Constituição Federal com atenção, verá na redação do artigo 1° que a cidadania e a dignidade da pessoa humana são fundamentos da República do Brasil. Verá ainda no artigo 3º e incisos, da mesma Constituição Federal, que dentre os objetivos fundamentais da República Federativa Brasileira está: construir uma sociedade livre, justa e solidária, bem como erradicar toda forma de pobreza, marginalização e desigualdade social.

OS MUNICÍPIOS SÃO PARTES DA FEDERAÇÃO, OBRIGADOS A OBSERVAR TAIS PRINCÍPIOS, mas inúmeros municípios no Ceará pagavam e pagam salário inferior ao mínimo. ENTÃO É TRISTE VER O PODER EXECUTIVO COMETER TAIS VIOLAÇÕES A DIREITOS FUNDAMENTAIS, RASGAR A CONSTITUIÇÃO.


MAIS TRISTE AINDA é a postura das câmaras municipais que aprovam leis prevendo pagamento de meio salário ou abaixo disso, violando até mesmo as leis orgânicas municipais. Decepcionante a postura do Congresso Nacional que aprova uma Constituição e não tem força para fazer com que a obedeçam, o Ministério Público que tem sido omisso até recentemente e até o PODER JUDICIÁRIO na demora em conceder tal direito ou pior ALGUNS JUÍZES JULGAM LEGAIS O SALÁRIO PROPORCIONAL, abaixo do mínimo, violando a Constituição que deveriam preservar. Nessas horas pra que serve o TCM???

ISSO É A PRÓPRIA MORTE DA ESPERANÇA E DA FUNDAMENTAÇÃO DA EXISTÊNCIA DO ESTADO QUE NÃO GARANTE NEM O MÍNIMO EXISTENCIAL, INCAPAZ DE GARANTIR O DIREITO À VIDA, INSTITUCIONALIZANDO A MISÉRIA.

COMO AVALIAR A POSTURA DO STF? Dentre dos males o menor. Longe do ideal. É não ter o cão e caçar com o gato! Pois a súmula n° 16 garante que o servidor não pode ganhar remuneração inferior ao mínimo, quando deveria declarar que o PISO DO SERVIDOR NÃO PODERÁ SER INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO. Pois remuneração é a soma do piso mais gratificações e outras vantagens. Diante do quadro reinante é o menos pior. Afinal o STF está legislando e dizendo o que os governantes devem fazer. Fraqueza do Poder Legislativo, traição, corrupção e falta de compromisso do Poder Executivo com o bem comum e com a Constituição Federal.

QUAL VANTAGEM A SÚMULA 16 TRAZ PARA O SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL, ESTADUAL OU FEDERAL NO BRASIL? MAIOR SEGURANÇA! Entrando na Justiça com ação a possibilidade de vitória é gigantesca. Não pagarão salário mínimo automaticamente, mas os juízes pensarão duas vezes em negar tal direito, em violar a súmula vinculante do STF. O movimento sindical deve agir de pronto, sob pena de fazerem a Súmula 16 letra morta, como quase fizeram com a previsão constitucional, que continua sendo ainda violada mesmo pela súmula 16.

CONCLUSÃO: O MOVIMENTO SINDICAL DEVE MOBILIZAR-SE, AJUIZAR AÇÕES E LUTAR PARA QUE A SÚMULA NO FUTURO GARANTA COMO MENOR PISO PARA O MAIS SIMPLES DOS CARGOS O SALÁRIO MÍNIMO, NAÕ SE ESQUECENDO DE REPRESENTAR POR IMPROBIDADE E ABERTURA DA AÇÃO CRIMINAL CONTRA OS PREFEITOS VIOLADORES, QUE SE ENQUADRAM NO ARTIGO 11 DA LEI DE IMPROBIDADE E NO ARTIGO 1°, INCISO XIV, DO DECRETO-LEI N° 201/67. A batalha só está começando, a caminhada nos chama, hora de dar o primeiro passo! Avante servidores e movimento sindical!

domingo, 5 de julho de 2009

MICHAEL JACKSON A ILUSÃO QUE ENGANOU ATÉ A SI PRÓPRIO - PRODUTO ATÉ MORTO!



Michael Jackson – Cantor Pop
Um espelho dos que o admiram
Sombra da Caverna - Que sociedade é essa?


Antes de tudo, tirando toda a fumaça do mito fabricado, o que Michael Jackson deixou para todos nós? RESPOSTA: A mensagem de uma pessoa extremamente confusa: NEM PRETO, NEM BRANCO! NEM MACHO, NEM GAY! NEM HOMEM, NEM MENINO! TEVE FILHOS BRANCOS QUE NÃO ERAM SEUS, RENEGOU A SUA COR, SUAS MÚSICAS NÃO TRAZEM MENSAGENS RELEVANTES, DANÇAVA DIVINAMENTE COMO TANTOS OUTROS ARTISTAS... Então como explicar o sucesso desse ser que com tantos rostos acabou por não ter rosto nenhum... talvez sobre a voz... talvez sobrem os passos da dança!

Há um ditado antigo que diz: “dize-me com quem andas que te direi quem és!” Há outro mais clássico que conclui: “mostre-me os livros de sua estante e eu saberei quem és!” O mesmo pode-se dizer dos ídolos: dize-me quem admiras e eu direi que és!

O que podemos dizer de um admirador de Fernandinho Beira Mar? Ou de alguém que idolatre Hitler e tudo que ele fez? De um seguidor dos Carecas do ABC, os famosos Skin Heads? De quem pratica magia negra sacrificando humanos? Por outro lado há quem admire Jesus Cristo, o Dalai Lama, São Francisco, Sócrates, Einstein, as pessoas que se dedicam ao magistério. Há ídolos e ídolos, admiradores e admiradores! Na música sou mais The Beatles, Bob Dylan, Raul Seixas, Zé Ramalho, Ray Charles...

Beethoven morreu na miséria; Mozart não tinha sequer como pagar um túmulo; Galileu e Leonardo Da Vinci morreram presos; Que benfeitoria Michael Jackson fez à humanidade para ser tão mitificado??? Digo: NENHUMA! NENHUMA MESMO! NEM FAMÍLIA, NEM PAI DE VERDADE TEVE! VEJA SEU TESTAMENTO! NÃO PASSOU DE UMA COISA PASSANDO DE MÃO EM MÃO!

Quem o mitificou não foi o povo, foi a mídia! A poderosa mídia de alguns poderosos, que o explorou na época do sucesso! Que vendeu jornais como nunca na época de seus escândalos e que transformou sua morte em mais um negócio, pois nunca vendeu tanto em vida, até para seu enterro fizerem ingressos. Vão segurar o enterro até vender o último DVD! TEM ATÉ INGRESSO PARA O ENTERRO NO OCIDENTE ONDE TODOS TEMEM A MORTE! Mito da mídia, da alienação, nenhuma ameaça aos poderosos do presente e aos seus interesses milionários. Michael Jackson é a sombra dançante da caverna de Platão, que outras sombras ao comando de quem a projetou aplaudem, pois são alienados, ignorantes, alvo fácil dos primeiros estelionatários, que lhes vendam uma ilusão com aparência de verdade. É público e notório que uma multidão só segue o instinto. Por isso é mais fácil enganar uma multidão que enganar um indivíduo. Multidão é boiada! Manada! Reclamam sempre por um vaqueiro! O rei está nu, mas todos fingem vê-lo vestido!

Michael Jackson é uma ilusão que enganou até ele mesmo. O que não é ilusório são os lucros de quem o fabricou, não um ser humano, mas um produto. Por que teve que morrer para voltar a vender? Por que tanta dor com sua morte quando nos seus momentos de miséria em vida não se viu nada de apoio desses mesmos milhões de comovidos? A mídia não tem piedade. Só amor ao lucro. Ganha com a fabricação do ídolo! Ganha com sua desgraça em vida! Ganha mais ainda com a sua morte! Temos então: MÍDIA PODEROSA, MILHÕES DE ALIENADOS, UMA SOCIEDADE SEM ROSTO IGUAL A MICHAEL JACKSON!

Todos na caverna de Platão. Ouse dizer que tudo é uma ilusão! Ouse desmitificar o que não tem atributos para ser mito! Um mito artificial como Michael Jackson que não conseguiu ser útil nem a si mesmo ao longo de toda vida, só foi útil às vendas e a toda uma estrutura que nunca viu nele uma ameaça, sobretudo à situação privilegiada dos poderosos. Obama fez mais pelos negros nos Estados Unidos com sua eleição, que Jackson com sua voz e seus passos que qualquer dançarino de rua faz no Brooklin ou na Rocinha. Martin Luther King deu sua vida pelo direito à igualdade racial nos EUA, Michael Jackson quis ficar branco à força, como se a cor negra fosse inferior à branca. RENEGOU-SE ATÉ BIOLOGICAMENTE. Coisa que nem um piolho faz, pois é, sente-se piolho em sua dignidade de parasita!

JAMAIS SERIA O QUE NUNCA FOI E MORREU SENDO NADA! CHEIO DE DÍVIDAS. PRECISANDO DE REMÉDIO PARA DORMIR, PRECISANDO DE REMÉDIO PARA ACORDAR, PRECISANDO DE REMÉDIO PARA FICAR DE PÉ, PRECISANDO DE REMÉDIO PARA CANTAR, DE REMÉDIO PARA DANÇAR!

Um produto numa sociedade de ignorantes, tangida pela mídia sem ética, sem noção que valores deve ter um ídolo para ser admirado. Michael Jackson é tudo aquilo que ninguém deve ter a vontade de ser, termômetro de uma sociedade que precisa ser educada e adquirir referências que lhe permitam admirar seus ídolos pelos seus valores, não porque a mídia mande que admire, não porque uma voz ordena que se ajoelhem perante uma ilusão, que em menos de meio século jamais será lembrada.

MICHAEL É DIGNO DE PIEDADE E SUA LEGIÃO DE ADMIRADORES QUE HOJE FALSAMENTE SOFREM COM SUA MORTE, talvez sua redenção. Fãs, acima de tudo consumidores que compram sem saber o porquê, também dignos de lamento, que demonstram que o excesso de informações atualmente de nada serve, sem educação e sem que se ensine as pessoas a interpretar os símbolos, os valores, seus ídolos. Como a coisa está hoje, daqui a pouco, a mídia fará do jumento um deus e não faltarão milhões de joelhos, perante o jegue a fazer suas orações e a narrar os milagres alcançados. Também não faltarão os que andarão de quatro!
Michael Jackson é aquele que veio para nada, viveu para nada... o que nunca teve identidade, o que sempre esteve na miséria individual e espiritual, aquele que ninguém deve desejar ser, aquele que os admiradores admiram sem saber a razão, o sem rosto, ídolo de milhões sem rosto mental. Produto quando criança, produto quando adulto, produto quando morto. Nem seu corpo lhe pertenceu. ESCRAVO MESMO MORTO! Diferente dos demais negros americanos que conseguiram ficar livres da escravidão em vida! Michael Jackson não foi, porque nunca veio! Não se acabou porque nunca existiu! Uma ilusão que cessa! Uma sombra de algo que nunca existiu em meio à luz que nunca foi verdadeiramente sua, diante de olhos que confundem vagalumes com estrelas! Qualquer lugar para Michael depois de tudo será o céu, o mais doce paraíso! Mesmo que se limite apenas ao túmulo onde apodrecerá! Pobre Michael, mais pobres ainda seus alienados fãs!
Related Posts with Thumbnails