Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

MOVIMENTO SINDICAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS NO ESTADO DO CEARÁ – 20 ANOS DE FETAMCE

Imagem
No último dia 23 de junho de 2010, a FETAMCE, Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Ceará, completou 20 anos de existência. Momento comemorado por servidores municipais de todo o Estado do Ceará. Momento de alegria sim. Muito há para comemorar. Mas também é momento de fazer algumas perguntas, de serem respondidas, para refletir com vistas ao futuro . Importante situar que os 20 anos de FETAMCE situam-se dentro dos 22 anos de existência da atual Constituição Federal, a denominada Constituição cidadã. Qual tem sido o papel da FETAMCE nesses últimos 20 anos como ator social e no movimento sindical? Qual será o seu papel no futuro? Como ator social qual tem sido sua importância na efetivação da justiça constitucional? No que sua atuação é importante para observação dos princípios que devem ser observados pela Administração Pública? Como tem interagido com o Ministério Público, Poder Executivo, com o Poder Legislativo e o Poder Judiciário? Importante

QUALIDADE PÚBLICA DA EDUCAÇÃO EM FORTALEZA

Imagem
QUALIDADE PÚBLICA DA EDUCAÇÃO EM FORTALEZA - EIS AS 10 PRINCIPAIS RAZÕES DE SER UM FRACASSO QUE NINGUÉM COMENTA - ESCONDER AS REAIS CAUSAS SÓ PIORARÁ O PROBLEMA - NÃO HÁ REMÉDIO EFICAZ PARA DOENÇA QUE FINGEM DESCONHECER Imagens da última greve dos professores de Fortaleza Deu no Jornal O Povo de 15/06/2010, matéria que pode ser acessada na íntegra no seguinte link: http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/fortaleza/2010/06/15/int_cidades,2010096/fortaleza-entre-os-14-piores-no-spaece.shtml F ortaleza entre os 14 piores no Spaece F ortaleza caiu 67 posições no ranking que lista o desempenho dos municípios na alfabetização de seus alunos. A Capital ficou entre os 14 piores, perdendo para 170 municípios. Nenhuma escola da Prefeitura foi premiada, Os dados do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece-Alfa), divulgados ontem, não são nada animadores para Fortaleza. Em 2009, o nível de desempenho dos alunos da Capital f

DOCUMENTÁRIOS MAIS ASSISTIDOS DE VALDECY ALVES

O filósofo alemão Schopenhauer dizia que o mundo é em grande parte aquilo que nós vemos. O que leva à conclusão que o mundo como vemos não passa do nosso mundo imaginário, bem diferente do mundo real como realmente o mundo real é. Por conseguinte o mundo é do tamanho que é nossa cultura e imaginação. Para ser melhor entendido basta descrever como um mesmo objeto é visto de forma diferente. Educa e dê acesso a educação e o mundo será indubitavelmente melhor. Assim o conceito de verdade se amplia. Uma banda de grande sucesso tocando num palco é para as fãs o que Deus é para um fanático. Para o empresário a tradução é lucro. Para alguém que não goste de barulho, a mesma banda não passa de um grupo praticando crime ambiental, talvez um moralista os defina como drogadas e um apreciador apenas de ópera definiria a banda como um grupo de barulhentos. Einstein tem razão. Tudo é relativo e o observador altera a percepção do mundo observado . Por isso nada é como imaginamos, nada acaba sendo

As pessoas ideais para Aristóteles e Nietzsche Qual seria um modelo ideal de pessoa?

Imagem
A humanidade ao longo de toda a sua história tem projetado sociedades ideais, lugares ideais, sempre na busca da FELICIDADE TOTAL. As grandes utopias são uma prova disso : A Cidade do Sol, Nova Atlântida, O Eldorado, Shangri-la, Maracangalha, Pasárgada. .. A bíblia criou 10 mandamentos, a Declaração Universal dos Direitos Humanos cria direitos fundamentais, que se seguidos, buscam a melhoria do mundo para os seres humanos. Sobretudo o mundo social, relação de pessoas entre pessoas e pessoas e o Estado. MAS UMA PERGUNTA SE FAZ NECESSÁRIA: é possível haver um mundo ideal, sem antes as pessoas serem pessoas ideais? Então, encontraremos a descrição das pessoas perfeitas na filosofia. Fiquemos entre dois grande filósofos, Aristóteles e Nietzsche, que esculpiram, através das palavras, o q1ue julgavam pessoais ideais. Comecemos por Aristóteles, nascido na Grécia, há cerca de 2.400 anos atrás. Assim ele imaginava a pessoa perfeita: Ele não se expõe desnecessariamente ao perigo,