domingo, 23 de agosto de 2015

NOTA DE RESPOSTA AOS PRONUNCIAMENTOS DE ALGUMAS PESSOAS QUE TENTARAM CRIAR UMA GUERRA RELIGIOSA ONDE SÓ EXISTE DEFESA DA MANUTENÇÃO DA BELEZA DA IGREJA E DA PRAÇA MATRIZ – DEFESA DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO – NA DEFESA DA MEMÓRIA – NÃO HÁ PERSEGUIDOS – MUITO MENOS ANTICRISTOS – PADRE ALBINO CRIADOR DA CAMINHADA DA SECA FOI UM DOS MEUS PRINCIPAIS MESTRES NA DEFESA DE DIREITOS E PADRE JOÃO PAULO NA LUTA PELA PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA

Livros do Padre João Paulo defendendo a memória - nas capas foto da igreja e foto tirada de dentro da igreja
Padre João separou fé e o direito de preservar a memória a exemplo do Papa Francisco
Abaixo o puxadinho - desobra-prima que acaba com a frente da Igreja e com a Praça da Matriz
Fotos: Valdecy Alves


DEFENDER O PATRIMÔNIO HISTÓRICO É UM DEVER DE TODOS: Não tem sentido algumas tentativas de alguns fanáticos, que não chegam a 10 pessoas, quererem transformar a simples defesa do patrimônio histórico numa guerra religiosa. NESSA LUTA PELA PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO, muitos e muitos externaram sua opinião. NÃO HÁ PERSEGUIDOS, NEM ANJOS, NEM DEMÔNIOS, NEM ANTICRISTOS. Há pessoas que buscam a proteção e a preservação de uma das mais belas igrejas do Ceará, que segundo Padre João Paulo Giovanazzi, no seu livro PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DAS DORES - começou a ser construída em 1920 por Padre Manuel Soares e foi concluída por Padre Lino Aderaldo. O puxadinho é um desastre. Um monstrengo. Uma agressão a toda memória, beleza e história da Bela Igreja Matriz. A questão tem a ver apenas com a arquitetura... não invadindo nem o campo da religião, nem da fé. NINGUÉM PODE SER DEMONIZADO POR DEFENDER A PRESERVAÇÃO DO SÍTIO HISTÓRICO QUE ENVOLVE A PRÓPRIA IGREJA MATRIZ E A PRAÇA EM VOLTA.


NÃO SE TRATA DE UM ATAQUE À FÉ OU AO PADRE – MAS DE UM PROTESTO CONTRA A CONSTRUÇÃO DE UM PUXADINHO QUE ACABA COM A BELEZA ARQUITETÔNICA: É de uma desonestidade sem limites tentar desviar a defesa da manutenção do patrimônio histórico para uma guerra religiosa ou tentar dizer que é um ataque ao padre ou aos cristãos. QUEM NÃO SE CALAR É DEMÔNIO E ANTICRISTO! A CRÍTICA AO DESASTROSO E MONSTRUOSO PUXADINHO é uma defesa da Igreja, da sua estrutura arquitetônica, da sua beleza. NÃO É UM ATAQUE À FÉ, TAMPOUCO À PESSOA DO PADRE. O Conselho da Igreja tem poderes para tratar da pastoral, não para dizer o que é patrimônio histórico e o que não é patrimônio histórico. ISSO É UMA QUESTÃO TÉCNICA, ARQUITETÔNICA, CIENTÍFICA E JURÍDICA. Dependendo do parecer que deram, podem até responder perante à Justiça por danos morais e danos materiais. Tenho certeza que Padre Manuel Soares, que começou a construir nossa bela igreja, não concordaria com esse puxadinho. Tenho certeza também que Padre Lino Aderaldo não concordaria com essa monstruosidade que estão construindo. Imagine construir um puxadinho ao lado da Basílica São Pedro, em pleno Vaticano??? NÃO SE TRATA DE ATAQUE A UMA RELIGIÃO. NÃO SE TRATA DE UM ATAQUE AO PADRE. Mas da defesa da beleza da Igreja e da Praça Matriz. Não há mais espaço no Centro pastoral? Está tudo ocupado??? Não há espaço na casa paroquial??? Não há outro espaço para construção de um puxadinho??? Não poderia ser construído sobre o Centro Pastoral???

BOM LEMBRAR QUE O PRÓPRIO PAPA FRANCISCO ESCREVEU UMA ENCÍCLICA DEFENDENDO O PATRIMÔNIO HISTÓRICO RECENTEMENTE: O Papa Francisco, cuja mente está no presente, não na Idade Média, escreveu recentemente a encíclica "LAUDATO SI" (Louvado Sejas) Defendendo a proteção e preservação do PATRIMÔNIO HISTÓRICO, ARTÍSTICO, CULTURAL E AMBIENTAL. Mas parece que em Senador Pompeu não se respeita nem a figura hierárquica do Papa, nem o que ele escreve com profundo humanismo e sabedoria. A construção do puxadinho, além de violar a Constituição Federal, a Constituição Estadual, Lei Municipal, Lei Federal, viola a encíclica papal.


Foto da frente da Igreja Matriz - de Padre João Paulo Giovanazzi
Puxadinho que acaba com a Igreja e a Praça da Matriz -  uma desobra-prima
Padre Lino Aderaldo - Que concluiu a construção da Matriz - Deve estar se revirando no túmulo (Foto: Padre João)
Painel:Valdecy Alves

A POSTURA DE COLOCAR QUEM PENSA DIFERENTE COMO DEMÔNIO OU COMO ANTICRISTO NUMA QUESTÃO DE SIMPLES PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO É MEDIEVAL: A Idade Média foi a era da intolerância em todos os sentidos. QUEIMARAM MILHARES DE PESSOAS DEVIDO À IGNORÂNCIA E AO FANATISMO. Queimaram Giordano Bruno apenas porque teve a coragem de exercer a liberdade de expressão. Tentaram queimar Galileu e Leonardo da Vinci. Excomungaram Kepler... e por conta do fanatismo surgiram os protestantes, dividindo assim o mundo cristão. FANATISMO. DOGMATISMO .INTOLERÂNCIA. ATAQUE À LIBERDADE DE EXPRESSÃO NÃO LEVA À NADA, A NÃO SER AO RETROCESSO HISTÓRICO. É um absurdo opiniões medievais, que daqui a pouco avançarão para defender queimar pessoas e tribunais de exceção. PARA QUE EXEMPLO PIOR DE FANATISMO DO QUE O ESTADO ISLÂMICO, que mata e aterroriza no mundo árabe??? Na defesa da preservação da beleza da igreja e da praça matriz não há ataques à fé, a padres, nem a doutrinas religiosas. MAS QUE SE PRESERVE A FRENTE DA IGREJA E O SEU ENTORNO COMO ESTÁ HÁ QUASE 100 ANOS. Agora eu entendo porque muitas pessoas apoiam à luta pela preservação da Igreja Matriz e a Praça, são contra o monstruoso puxadinho, mas têm medo de se pronunciar. TEMENDO A MALDADE DE UMA MINORIA QUE QUER INSTALAR A IDADE MÉDIA EM SENADOR POMPEU. INSTALAR O TERROR! A ERA DAS TREVAS! Praticando terrível violência contra todo o progresso da humanidade nos últimos 600 anos. NÃO BASTASSE A VIOLÊNCIA DAS DROGAS, AINDA VÊM UMA VIOLÊNCIA CONTRA LIBERDADE DE EXPRESSÃO, CONTRA O PATRIMÔNIO HISTÓRICO...Ainda bem que não podem mais queimar as pessoas! O fanatismo vem aumentar mais ainda a violência reinante: NINGUÉM SAI À RUA COM MEDO DE BALA, NINGUÉM PODE MAIS SE MANIFESTAR PARA NÃO SER CHAMADO DE ANTICRISTO OU DE DEMÔNIO!

TENTAM RESUMIR UMA VIDA NUMA FRASE – QUALQUER VIDA É MAIOR QUE UMA FRASE – TIVE O PRAZER DE TRABALHAR COM PADRE JOACI E PADRE ALBINO E PARTICIPAR DE MUITAS LUTAS JUNTAMENTE COM PADRE JOÃO PAULO GIOVANAZZI – TAMBÉM COM PADRE CARLOS ROBERTO - ATACAM-ME PESSOALMENTE QUANDO ATACO APENAS A VIOLÊNCIA CONTRA O PATRIMÔNIO HISTÓRICO:  houve um ataque pessoal a mim pelo simples fato de defender o patrimônio histórico. Enquanto ataco apenas a violação à preservação de uma das mais belas igrejas do Ceará, equivocadamente descaracterizada pela construção do puxadinho. Muitos se esquecem ou ignoram que fui assessor por anos do Padre Joaci Cavalcante, como sacristão e voluntário. Que também, como voluntário, fui assessor do Padre Albino, com quem convivi de perto e com quem aprendi inclusive a exercer a liberdade de expressão e a lutar por direitos sem medo. Ele o criador da Caminhada da Seca.  Atuei em muitas lutas juntamente com Padre João Paulo em defesa dos casarões da barragem, tendo-o acompanhado em várias expedições para tirar fotos dos casarões da barragem, edições da Caminhada da Seca e eventos em defesa do patrimônio histórico de Senador Pompeu. Também atuei muito em lutas com Padre Carlos Roberto. Que além de fortalecer a fé do povo, foram defensores intransigentes do patrimônio histórico. Fui advogado da Cáritas Paroquial e atuei como advogado da Igreja em processo movido contra a Paróquia por um dos que falaram ao microfone me demonizando... SENDO UMA COVARDIA TENTAR TRANSFORMAR OS QUE DEFENDEM O PATRIMÔNIO HISTÓRICO EM ANTICRISTOS E DEMÔNIOS. QUE DISCURSO POBRE E FANÁTICO! Não se trata de uma questão de fé ou de religiosidade, mas de defesa da memória, nada além disso. Está na Constituição Federal:

ARTIGO 5º - IV E IX:  O direito à liberdade de expressão e de manifestação. Que é um direito humano fundamental, um direito universal. NÃO É QUESTÃO DE FÉ;

ARTIGO 216 – INCISOS E PARÁGRAFOS: O direito à preservação do patrimônio histórico e cultural, sendo um dever de cada um, da sociedade, das entidades, associações, poder público.... PRESERVAR A MEMÓRIA E O PATRIMÔNIO HISTÓRICO MATERIAL E IMATERIAL.


ARTIGO 220 – Proíbe todo tipo de censura nos meios de comunicação social, rádios, jornais, internet... GARANTINDO A LIBERDADE DE EXPRESSÃO E A PLENA MANIFESTAÇÃO DE PENSAMENTO.

Puxadinho - Monstro mais feito e violador da beleza da Igreja Matriz
Uma desobra-prima que maculará a biografia do seu criador

DEVEMOS CONTINUAR DEFENDENDO O PATRIMÔNIO HISTÓRICO a exemplo do que todos têm feito em relação aos casarões da barragem, em relação à Caminhada da Seca, a exemplo da militância do Padre João Paulo Giovanazzi, que chegou a escrever 03 livros defendendo a memória em Senador Pompeu(MIGALHAS DO SERTÃO – PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DAS DORES E PADRE ALBINO UM PROFETA NO SERTÃO CENTRAL) dando exemplo de luta pela preservação da memória – não dividindo o povo tentando criar guerra religiosa e jogando uns contra outros. EM 2014 HOUVE BOATOS QUE IRIAM TENTAR ACABAR COM A CAMINHADA DA SECA – EM 2015 O ATAQUE AO PATRIMÔNIO HISTÓRICO É À BELEZA DA IGREJA É UM FATO – TOMARA QUE NÃO TENTEM DESTRUIR A CAMINHA DA SECA TAMBÉM!


QUE CONTINUEMOS  A DEFENDER O PATRIMÔNIO HISTÓRICO E SEI QUE NA IGREJA OS FIÉIS SÃO MILHARES E NÃO ALGUNS – HÁ OS QUE SÃO CONTRA O PUXADINHO – QUE TAMBÉM SE MANIFESTEM! TENDO COMO EXEMPLO PADRE JOÃO PAULO E PADRE ALBINO – OU PODERÁ RETORNAR PARA SENADOR POMPEU – POR CONTA DE ALGUNS FANÁTICOS – QUE NÃO CHEGAM A 03 DEZENAS – ESSES ALGUNS GOSTARIAM DE TRAZER DE VOLTA O SANTO OFÍCIO E A SANTA FOGUEIRA PARA QUEIMAR OS QUE PENSAREM DIFERENTES – POIS O FANATISMO NÃO CONSEGUE CONVIVER NEM COM A DEMOCRACIA – NEM COM AS LIBERDADES – NEM COM VERDADE – NEM COM A TOLERÂNCIA – NEM COM O VERDADEIRO CRISTIANISMO - NEM COM A DIVERSIDADE!


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails