segunda-feira, 10 de outubro de 2011

A PETULÂNCIA QUER SER MAIOR QUE O SONHO!

Petulância!
          Aos que são pingos que se julgam oceanos



Deixa de ser o que é para não ser o que pensa que é!













O homem nada é
Do que sonha
No geral
É bem pior
Do que pensa...
Não se esqueçam da humildade!


É o carvão
Que sonha ser o  fogo
Que o aniquilou
E que dormita
Para crepitar
dos abismos da escuridão...

A petulância
atrapalha o despertar!

Assim a noite
Por sentir-se luz
Nem mais é escuridão
Tampouco será a luz
Que uma vez semente
Em pleno germinar
A petulância abortou!



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails