domingo, 25 de janeiro de 2015

O POETA TEM QUE SER UM FAROL... SUA POESIA LUZ PARA NOVOS DIAS E POSSIBILIDADES...

Pesquisado no Google


PRECISAMOS DE POETAS

Precisamos de poetas
Nunca tanto precisamos dos poetas
Para ser faróis iluminando do alto da praia
Nosso frágil barco singra o mar furioso
Em noite sem lua e em plena tempestade...
As ondas quebram violentamente nos rochedos
Rugindo feito mil leões famintos
Resvalando nos afiados recifes...                                                                                       
...................................................................

Não precisamos de poetas
Para anunciar que haverá uma manhã seguinte
Com maravilhoso e brilhante sol...
Tampouco precisamos de poetas
Apenas para descrever a paisagem
Falar do caos, da destruição, do que deveria ser ...
Para falar do passado ou escrever equações...
Que existe a vida e que virá a morte
É o óbvio... disso todos sabem!

Se os verdadeiros poetas
Com o brilho de sua poesia
Com brilho da libertação
Iluminarem as trevas em que vocifera
Indomável... a morte... em noite do caçador!
Fazendo emergir novos mundos
Sairemos vivos no amanhecer...
Mais experientes... mais fortes...
Mais sábios... Menos temerosos
A troçar dos fatais recifes... a rir da morte!

E uma vez sobrevivendo... a partir dessa luz...
Que apontou para verdadeira vida e a liberdade...

Já no novo dia... sob o céu azul
De brancas nuvens... voos de pássaros...
E de luz estonteante... vivos... vivos!
Com infinita capacidade de sonhar
Poderemos navegar em qualquer direção
Num universo de mil possibilidades
Para tornar os sonhos realidade...

Verdadeiros poetas... são faróis...
São sois que podem brilhar
Quando o reino das trevas e da desesperança
De forma fatal tomaram o lugar da luz!

                      Poesia de: Valdecy Alves


Um comentário:

Josselene Marques disse...

Bom dia! Maravilhoso poema! Parabéns!!!!
Tenha uma semana abençoada.

Related Posts with Thumbnails