quarta-feira, 8 de março de 2017

DIA INTERNACIONAL DE MULHER - 08/03/2017 - HOJE NÃO É UM DIA PARA COMEMORAR... NÃO É UM DIA PARA DAR PARABÉNS... NÃO É DIA PARA PRESENTINHOS COMPRADOS ALI NO SHOPPING... HOJE É UM DIA PARA LUTAR...EXIGIR RESPEITO À IGUALDADE... UM DIA PARA FAZER DENÚNCIAS CONTRA TODA FORMA DE DISCRIMINAÇÃO...

Fotos do Google - Painel montado por Valdecy Alves

O DIA INTERNACIONAL DA MULHER É DIA DE LUTA - DIA DE DENÚNCIA - DIA DE TOMADA DE MEDIDAS PARA QUE A IGUALDADE SOCIAL E POLÍTICA ENTRE HOMENS E MULHERES SE TORNE REALIDADE: É assustador como tudo no Brasil tende a acabar em samba, futebol e festa...seguida de comprinhas de presente em shopping's para alimentar mais um pouco o consumismo inútil... É o caso do dia internacional da mulher. Ao verificar Facebook... whatsapp... a grande mídia... enfim, todas as redes sociais, tudo cheio de flores e parabéns. UM ABSURDO! Fundamental destacar que a Constituição brasileira anuncia a igualdade de direitos entre homens e mulheres no seu artigo 5º, inciso II:  I - Homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;  Portanto a igualdade existe formalmente na lei, não na vida prática, no dia a dia das mulheres.  Na Grécia antiga, onde nasceu a democracia, a mulher não podia participar das assembleias. Ao longo do Império Romano a mulher não herdava, era propriedade do marido e tinha que ser morta em caso de adultério, o que é lei até hoje no mundo muçulmano, embora no mundo Cristão, até pouco tempo se tolerava a mesma pena de morte por apedrejamento.  Todavia, os crimes contra as mulheres continuam em alta e crescentes, sendo o Brasil um dos países em que mais se matam mulheres no mundo. Só no ano de 2015, mais de 4.762 mulheres foram assassinadas no Brasil. Portanto, a Lei Maria da Penha é um fracasso. O presente para as mulheres brasileiras em 2017, foi a libertação do goleiro Bruno, que cometeu um dos mais terríveis crimes contra a mulher na história do Brasil. A luta da mulher sobretudo é por igualdade social e política. Isonomia. Mesmos direitos.



Charge do Google

O dia internacional da mulher só foi oficializado pelas Nações Unidas em 1977.  As mulheres só tiveram direito a voto no Brasil nos anos 30. E até recentemente, estava previsto no velho Código Civil, que o marido poderia devolver a esposa para família, anulando o casamento, até 10 dias, caso constatasse que a mulher não era virgem. Algo parecido com o previsto para devolução de mercadoria no Código do Consumidor. De se destacar que homens e mulheres têm diferenças biológicas, comportamentos psicológicos diferentes, mas é a diversidade entre sexos que permite uma complementação nos casais que se formam, para juntos lutarem por seus direitos e se for ocaso constituir família, com maior chance de bem criar seus descendentes. Nos dias atuais, apesar de ser maioria, são homens que detêm a maior massa salarial. Apesar das mulheres investirem mais em formação, são os homens  mais bem remunerados. Nos poderes republicanos são minoria e mesmo sendo a maioria dos eleitores no Brasil, cerca de 52% do total de leitores são mulheres, percebe-se que a própria mulher não vota na mulher. DEMONSTRANDO QUE A DISCRIMINAÇÃO DA MULHER É SOBRETUDO UMA QUESTÃO CULTURAL.



A PROPOSTA DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA FAZ DA MULHER SUA MAIOR VÍTIMA:  Não bastasse a Presidente Dilma, praticamente acabar com   a pensão para as mulheres do Brasil e antes de sofrer o processo de impeachment, defender o fim da diferença de 05 anos para aposentadoria entre homens e mulheres... o seu vice presidente, hoje presidente, já mandou a proposta de reforma da previdência, cuja maior vítima são as mulheres. AS MULHERES NÃO SE APOSENTARÃO 05 ANOS ANTES QUE OS HOMENS COMO SEMPRE FOI. AS MULHERES AGRICULTORAS TERÃO QUE TRABALHAR MAIS 10 ANOS PARA SE APOSENTAREM. AS PROFESSORAS NÃO DE APOSENTARÃO MAIS CINCO ANOS MAIS CEDO QUE OS DEMAIS TRABALHADORES MESMO COM TODO O DESGASTE PSICOLÓGICO... Igualdade apenas de obrigações com o fim de direitos que existiam como forma de equilibrar a discriminação e a dupla jornada da mulher.  A ISONOMIA PARA O MAL.  Uma das coisas que mais chamam a atenção de quem milita nas lutas sociais, nos movimentos sociais, é que a chegada de mulheres a altos cargos do Poder Executivo, seja municipal, estadual, federal...  raramente resulta em avanços para as mulheres. Tal fato demonstra que a própria mulher discrimina a mulher. Como o caso dos negros, no caso a mulher negra, ser discriminada pela mulher branca. O COMBATE A TODA FORMA DE DISCRIMINAÇÃO TEM QUE SER MAIS PROFUNDO. NÃO É PRATICADO APENAS PELOS HOMENS. EMBORA SEJAM OS HOMENS AQUELES QUE MAIS VIOLAM O DIREITO À IGUALDADE DAS MULHERES Basta dizer que a Lei Maria da Penha pode ser aplicada contra uma mulher, que viva com outra mulher, e que pratique violência contra sua companheira. Pois mesmo nas relações onde há duas mulheres, há a agressão física e violência contra mulher. PORTANTO É PRECISO APROFUNDAR O DIAGNÓSTICO SE É QUE QUEREM REALMENTE COLOCAR UM FIM À DISCRIMINAÇÃO... TAMBÉM, NÃO SE ESQUEÇAM QUE UMA DAS MAIORES INFLUÊNCIAS EDUCACIONAIS NA VIDA DE UM MENINO É A MÃE...

CONCLUSÃO: A situação da mulher já foi pior... mas deveria ser bem melhor que nos tempos atuais. Seja em todo o Mundo, seja no Brasil. Não adiantam leis prevendo igualdade se não houver políticas públicas que preparem o cidadão e a cidadã, através da educação, para o respeito a igualdade. Tanto para cobrar igualdade, quanto para respeitar a igualdade. Sob pena de imperar a força bruta, pois a civilização, o direito, a democracia, o respeito à liberdade, à igualdade... são valores criados pelas civilizações. JÁ A BRUTALIDADE É BASEADA NA VIOLÊNCIA E NO DIREITO DA FORÇA MAIS LIGADA AOS INSTINTOS E A NATUREZA.  A IDEIA DE IGUALDADE SOCIAL E POLÍTICA, NASCIDA NA REVOLUÇÃO FRANCESA NÃO CONTEMPLAVA AS MULHERES FRANCESAS... E ATÉ HOJE A IGUALDADE PREVISTA NAS CONSTITUIÇÕES NÃO FOI IMPLEMENTADA TOTALMENTE NO MUNDO OCIDENTAL... o que requer  revisão de políticas públicas... total reforma na educação nas escolas... que a sociedade reveja seus valores e pratique a igualdade nas relações entre pessoas no âmbito privado... que as próprias mulheres não discriminem umas as outras...esteja ou não no poder...tenham ou não a cor da pele diferente... A IMPLEMENTAÇÃO TOTAL DA IGUALDADE SOCIAL E POLÍTICA ENTRE HOMENS E MULHERES EXIGE MUITA LUTA PARA SE TORNAR REALIDADE... devendo-se combater ideologias...demagogias... feminismo radical... machismo ridículo... toda forma de violência... 

DIA INTERNACIONAL DA MULHER NÃO É DIA PARA COMEMORAR... É DIA DE LUTA... DE DENÚNCIA CONTRA TODA FORMA DE DISCRIMINAÇÃO... DIA DE PROTESTAR CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO BRASIL...O MAIOR ATENTADO A DIREITOS SOCIAIS DAS MULHERES BRASILEIRAS NESTE SÉCULO...


Um comentário:

Related Posts with Thumbnails