domingo, 20 de julho de 2008

A VIOLÊNCIA DO ESTADO E DE CADA UM


Pablo Picasso, Guernica, 1937


- REFLITA: A não implementação dos direitos sociais fundamentais: educação, saúde, trabalho, moradia, lazer, segurança, previdência social... é um tipo de violência ??? A família, a sociedade e o Estado estão cumprindo o seu papel ???
- REFLITA: A política carcerária no Brasil é uma solução, pune, previne e ressocializa o criminoso ??? Cumpre seus objetivos ???
- VOCÊ SABIA QUE: O Estatuto da Criança e do Adolescente prevê a aplicação das seguintes penas ao menor: ADVERTÊNCIA/REPARAÇÃO DE DANOS/PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS/LIBERDADE ASSISTIDA/SEMI-LIBERDADE/INTERNAÇÃO;
- SAIBA QUE Os crimes com violência contra pessoa praticados por adolescentes mal chegam a 1% do total de delitos de tal natureza praticados. Não se pode legislar para todos tendo como parâmetro a exceção;
- A VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO resulta em 750 mil acidentes por ano, 27 mil mortos no local do acidente, incluindo os que morrem depois no hospital são 45 mil mortos, custando aproximadamente R$ 5,5 bilhões como prejuízo ao país. Crescendo os acidentes de moto;
- A VIOLÊNCIA CONTRA MULHER tomou proporções tão sérias no Brasil, que foi necessário criar uma lei especial disciplinando a violência doméstica, A LEI MARIA DA PENHA. Dois terços dos homicídios cometidos contra mulheres são cometidos pelo marido ou companheiro;
- VOCÊ SABIA QUE a terceira maior causa de morte no Brasil é o homicídio. Só perdendo para doenças cardiovasculares e o câncer?
- O BRASIL é campeão mundial de violência contra homossexuais. A cada 02 dias um é morto;
- 36.000 pessoas são mortas anualmente com armas de fogo. A maioria das vítimas tem entre 15 e 24 anos. A polícia é bem paga, bem treinada, tem meios adequados para trabalhar ???
- No Brasil há cerca de 17,5 milhões de armas de fogo. Só 10% pertencem ao Estado. 63,9% dos homicídios são praticados com armas de fogo, 18,8% com armas brancas;
- A primeira causa de homicídio é a vingança., 5% é para prática de roubo, o latrocínio;
- QUE TAL cada um procurar conhecer os direitos humanos contidos na Declaração Universal, os Direitos e Garantias Fundamentais contidos no artigo 5º da Constituição Federal e se aprofundar no que seja cidadania e ética ??? CONHECER E PRATICAR !
- QUE TAL ENTENDER E LUTAR PELO QUE ESTÁ CONTIDO NO ARTIGO 3º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL: “ Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil – I) construir uma sociedade livre, justa e solidária; III- Erradicar a pobreza e a marginalização...; IV- promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação;”

- Uma sociedade que escolhe fórmulas pseudo-milagrosas para combater a violência (Pena de Morte, Prisão Perpétua, Redução da Maioridade...), acabará mergulhada num mar de sangue !!! VOCÊ ESTÁ PREPARADO(A) PARA ISSO ???

Um comentário:

Vanessa - Presidente disse...

Dr. Valdecy, excelente essa reflexão sobre a violência. O Estado consegue cercar o cidadão de garantias contra a violência cotidiana? Quando percebemos que a falência parte do ente que deveria ser um garantidor da nossa segurança, para que não tivéssemos a impressão de ser necessária a prática de ações violentas individualmente, numa tentativa de garantir a nossa segurança, ou responder a agressões sociais e institucionais, chegamos à conclusão que a manutenção da miséria é proposital, pois um povo esclarecido que conhece seus direitos e os exige, mas tem consciência da sua parte na construção da sociedade, é uma ameaça à manutenção do poder. Quem domina o Brasil? Politicamente, os donos do poder são da elite, representantes de latifundiários, industriais, banqueiros, armamentistas e gente dessa natureza.
O Brasil não tem um sindicalismo, ou movimento social que esclareça os objetivos da luta que desenvolvem, e que na minha visão não se esgotam por salários, mas por toda uma história de participação e de direitos negados.
Na nossa nação, qualquer mudança social esboçada pelo povo é antecipada pela elite, que segundo José de Souza Martins, chama-se SOCIOLOGIA DA HISTÓRIA LENTA. Vamos mudar antes do povo, para dirigir as mudanças e garantir que tudo permaneça como está, somente com uma fachada de diferente.
Junta-se a uma elite bisonha um povo que não se assume, que se divide. Aí temos a receita para o subdesenvolvimento brasileiro permanecer, e sem perspectivas de qq. cenário de mudança.
Essas são algumas reflexões que tive ao ler seu texto. Espero contribuir e aguardo um retorno.
Obrigada. Vanessa.

Related Posts with Thumbnails