segunda-feira, 28 de novembro de 2011

PRAÇA DA GREVE NA FRANÇA - DE ONDE NASCEU O NOME GREVE E LOCAL DE GREVES HISTÓRICAS NÃO FAZ PARTE DO ROTEIRO TURÍSTICO EM PARIS - GREVE É PATRIMÔNIO SOCIAL DA HUMANIDADE E DIREITO HUMANO FUNDAMENTAL!





O vídeo acima, que fiz é um repúdio e um pedido ao Governo Francês. Quando estive em Paris, em 2010, fiquei estarrecido ao saber que o local, de importante fato histórico de interesse de todo o mundo, é simplesmente desprezado pelas autoridades e ignorado pelos guias turísticos. 


A França foi palco de grandes fatos, de caráter universal, que entraram para história da humanidade. Um deles merece destaque: A PRAÇA DA GREVE, à beira do Rio Sena, em pleno centro de Paris, onde trabalhadores fizeram a primeira greve dos tempos modernos, recebendo a manifestação o nome de GREVE, por conta do local, pois a origem da palavra greve está ligada à curva formada pelo Rio Sena, que formava um porto natural, onde se acumulavam gravetos e cascalhos, primeiro chamado porto da greve, depois Praça da Greve, em francês: Place de Grève. Então inicialmente greve era definida pejorativamente como graveto. Mas o nome pegou sociologicamente, jornalisticamente, historicamente e no campo do Direito. Tornando-se uma das principais ferramentas do movimento sindical no mundo. 


GREVE É UM DIREITO HUMANO UNIVERSAL, PREVISTO NOS PRINCIPAIS TRATADOS INTERNACIONAIS. NO BRASIL UM DIREITO FUNDAMENTAL POSITIVADO PELA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, apesar de decisões judiciais tentarem dizer o contrário!

Quando estive em Paris, em 2010, fiquei estarrecido ao saber que o local é simplesmente desprezado pelas autoridades e guias turísticos. O vídeo que fiz é um repúdio e um pedido ao Governo Francês.

O estranho é que a Praça da Greve mudou o nome, não tem um monumento assinalando a primeira greve no local e ainda NÃO CONSTA NO ROTEIRO TURÍSTICO DE PARIS. E bem fácil saber a razão. Bom que saibam que é impossível esconder a história! Já pensou se os italianos tentassem esconder o Coliseu ou os chineses procurassem disfarçar a existência das muralhas da China?!

França, é hora de fazer um monumento na Praça da Greve, em Paris, e colocar o local no roteiro turístico, depois CRIAR O MUSEU DA GREVE! Mostrando a luta dos trabalhadores na França, na Europa e no Mundo! SAIBAM: É IMPOSSÍVEL APAGAR A HISTÓRIA!

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails