terça-feira, 21 de dezembro de 2010

LANÇAMENTO DO LIVRO: A VIOLAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS DOS SERVIDORES MUNICIPAIS EM REDENÇÃO - MUNICÍPIO ONDE A ESCRAVIDÃO NÃO FOI TOTALMENTE EXTINTA


O Estado do Ceará deve sua designação de Terra da Luz ao Município de Redenção, Estado do Ceará. Fundado há quase 150 anos. Tal nome REDENÇÃO SE DEVE AO FATO DE TER SIDO O PRIMEIRO MUNICÍPIO DO BRASIL A LIBERTAR SEUS ESCRAVOS. Tem cerca de 27.000 habitantes, orçamento anual de cerca de 29 milhões de reais. 


POR SER A TERRA ONDE OS ESCRAVOS FORAM PRIMIEROS LIBERTADOS, Redenção foi escolhida para ser a sede da UNILAB,  Universidade Federal de Integração Luso-Afro-Brasileira (UNILAB). Vitrine do Brasil no mundo. OS SERVIDORES APROVARAM QUE SE NECESSÁRIO OCUPARÃO O PRÉDIO PARA DENUNCIAR AO BRASIL E AO MUNDO QUE A ESCRAVIDÃO ESTÁ DE VOLTA NO MUNICÍPIO DE REDENÇÃO.


Debate sobre os direitos dos servidores e a nova escravidão
 Só que a atual gestão do Município está tentando trazer de volta a escravidão, seja para o servidor da ativa, seja para o servidor inativo, já que a previdência é própria do Município, com rombo de 59 milhões de reais, em junho de 2008. Até o 13º do ano de 2010, foi pago em desacordo com a Constituição. Pagaram só o piso com o anuênio, não pagando 13º referente à gratificações e adicionais. ISSO É CRIME! ISSO É A VOLTA DA ESCRAVIDÃO.


Entrevista ao blogueiro do jornalismo coragem acesse pelo  link:  Henrique 
 O servidor municipal vive num terrorismo psicológico tão grande, que mal fala, mal se pronuncia, mal denuncia. E OLHE QUE O SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE REDENÇÃO (SINSEMPRE) É UM SINDICATO DE LUTA, COM VÁRIAS GREVES, OCUPAÇÕES PACÍFICAS DE PRÉDIOS, PERSEGUIDO! Sendo sua presidenta da direção da FETAMCE. Portanto liderança estadual.
Faixa da Campanha Salarial de Redenção - 2011
 Eis alguns dos principais pontos da pauta salarial aprovado pela assembléia do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Redenção (SINSEMPRE):

REAJUSTAR o salário do servidor em  55,2%, para os que ganham acima do salário mínimo;
IMPLEMENTAÇÃO do salário mínimo como piso salarial e previdenciário para o servidor;
PLANO DE CARGO CARREIRA E  SALÁRIOS para todos os servidores;
RESPEITAR E ACATAR os atestados médicos e servidores doentes;
PRESTAR CONTAS do Redenção-PREV, total transparência;
IMPLEMENTAÇÃO imediata do piso de 02 salários mínimos para agente de endemias;
GARANTIR elaboração  de Orçamento Participativo em 2011.     

Presidente do Sindicato  Eliane Silva fala à categoria
 A assembléia foi a maior do ano de 2010. Com centenas de servidores. Com  direito ao momento social onde foram comemorados todos os aniversários do segundo semestre de 2010, confraternização de natal, aprovação da campanha salarial de 2011 e lançamento da monografia O VIOLAÇÃO AOS  DIREITOS SOCIAIS DOS SERVIDORES MUNICIPAIS, onde Redenção é citada como violadora de vários direitos.


Presidente do Sindicato Eliane Silva fala à categoria
 Houve debate, reflexões e foram tirados vários encaminhamentos. Entre eles sobre o papel da Câmara Municipal, que apesar de dar espaço para o Sindicato falar na tribuna popular e dos dois vereadores de oposição apoiarem os servidores em suas lutas, no geral, por força da maioria, tem sido conivente com a prefeita.


Livro e assembléia - Casa cheia
 Aprovou-se, também, um seminário para janeiro de 2011 com o tema: QUAL O PAPEL DO SERVIDOR NA IMPLEMENTAÇÃO E RESPEITO AOS SEUS DIREITOS SOCIAIS.

Centenas de servidores na assembléia - Não à nova escravidão
 Por fim a assembléia aprovou denunciar a juíza da Comarca de Redenção ao Conselho Nacional de Justiça, pois os processos não andam, são arquivados, além da juíza não fazer o menor esforço para dar cumprimento às próprias decisões judiciais. NA AVALIAÇÃO DOS SERVIDORES O PODER JUDICIÁRIO DE REDENÇÃO NÃO CUMPRE O SEU PAPEL. NÃO ZELA PELA LEGALIDADE, NEM PELA BOA PRESTAÇÃO JURISDICIONAL.
Centenas de servidores na assembléia - Não à nova escravidão
 Havia um clima de revolta pelo golpe sofrido pelo servidor com o pagamento apenas parcial do se 13º salário. Fato que nunca antes aconteceu em Redenção.


Centenas de servidores na assembléia - Não à nova escravidão - Votação
 Todos os encaminhamentos foram aprovados por unanimidade. Cidadania, luta, confraternização na busca do respeito aos direitos e da dignidade humana. Assim pode ser definido o evento realizado pelo SINSEMPRE, Sindicato de luta e referência estadual.

O lançamento do livro pode ser visto no youtube, através do seguinte link:


Abaixo fotos do lançamento do livro, que foi um sucesso, sendo norteador do debate e pronunciamentos ocorridos ao longo da espetacular assembléia.
Dr. Frid apresenta o livro: VIOLAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS DOS SERVIDORES MUNICIPAIS

O autor falando da relação do livro e da pauta salarial de 2011 dos servidores de Redenção

Autografando

Autografando

Autografando

Autografando

Autografando

O evento também foi matéria do canal de tv local, na internet, que pode ser acessado no seguinte link:


Veja o blog do SINSEMPRE:

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails