sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

MUCAMBO – SERVIDORES MARCAM PARALISAÇÃO PARA O DIA 30/01/2013 – LUTAM PELO PAGAMENTO DO MÊS DE DEZEMBRO/2012 E CONTRA O CLIMA DE TERROR PSICOLÓGICO E PERSEGUIÇÃO! SITUAÇÃO INACEITAVEL EM PLENO SÉCULO XXI – QUE PAÍS É ESSE – QUE CIDADE É ESSA?


A ASSEMBLEIA POR UNANIMIDADE VOTOU PELA PARALISAÇÃO EM 30/01/2013
SE NÃO HOUVER PROPOSTA DE PAGAMENTO DO SALÁRIO DE DEZEMBRO DE 2012
E CONTINUAR O TERRORISMO PSICOLÓGICO  PODERÁ HAVER RADICALIZAÇÃO E GREVE GERAL
(Fotos: Valdecy Alves e Mara Paula -  se copiar Citar a fonte)

Servidores municipais de Mucambo, em peso, compareceram à assembleia convocada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Mucambo – SINDSEMM – na manhã de25/01/2012, com a presença da FETAMCE (www.fetamce,org,br) e Sindicato dos Servidores Municipais de Irauçuba – SINTRAMI. Num clima de revolta e indignação pelo terra instalado na cidade pelas medidas da nova gestão, que diz que veio para mudar. PELO VISTO ESTÁ TENTANDO MUDAR PARA PIOR. Na pauta:

1)      Pagamento do mês de dezembro de 2012. O prefeito disse que não vai pagar. DEVO, NÃO NEGO, NÃO PAGAREI;

2)   Respeito à Liberdade Sindical, vez que os 03 sindicalistas: AURIVAN, ADRIANO E MARILENE, foram lotados na sala de aula sem terem cassadas, via processo administrativo, sua liberação para o Sindicato. O que coloca Mucambo, na sua relação com o Sindicato, no Século XIX, quando sindicato  sindicalistas eram perseguidos como criminosos. LIBERDADE SINDICAL É DIREITO HUMANA FUNDAMENTAL E É TIPIFICADO COMO CRIMINOSOS SEUS VIOLADORES;

3)   TRANSFERÊNCIAS ABUSIVAS DE TODA ORDEM, sem qualquer lógica, ser por escrito, com caráter de pura perseguição política, pois os transferidos são, coincidentemente, os que são identificados como não eleitores do prefeito eleito;

4)    A questão dos empréstimos bancários, visto que na folha do mês de novembro/2012, o Município descontou as parcelas e não repassou para o Município. Já dezembro de 2012, não houve pagamento, está em atraso. Assim perante o Banco do Brasil, o servidor está devendo duas parcelas de seus empréstimos, sem que tenha culpa. Numa rápida reunião com o Banco do Brasil, chegou-se ao acordo, que o Banco não negativará o nome de ninguém, aguardará o desenrolar dos fatos. TODAVIA SE NEGATIVAR SERÁ ACIONADO NO JUIZADO ESPECIAL, JÁ QUE QUEM DEVE É O MUNICÍPIO, VISTO QUE O CONVÊNIO DO BANCO DO BRASIL  É COM O MUNICÍPIO, NÃO COM O SERVIDOR;

5)      Redução de jornada com redução de salário e valor abaixo do salário mínimo. O que viola a Constituição Federal, decisão do STF, Lei Orgânica Municipal e leis municipais ordinárias.


Dr. Valdecy Alves - Em debate com a categoria

Servidores indignados e revoltados compareceram em massa
A escravidão já passou há muito tempo

Aurivan Castro - Presidenta do SINDSEMM -  Conduzindo os encaminhamentos
 A assembleia foi transmitida ao vivo pelo rádio.  Se até o próximo dia 30/01/2013 não houver proposta de pagamento pelo Município e caso ocorram transferências, perseguições a sindicalistas e outras atitudes abusivas, PODE SER DEFLAGRADA GREVE POR TEMPO INDETERMINADO. O prefeito não é dono do Município, os servidores não são sua propriedade, nem seus escravos. Estamos no Século XXI, há muito já passou  da Idade da Pedra Lascada e do coronelismo no Nordeste. A categoria quer respeito aos seus direitos sociais, paz, justiça social e respeito à sua dignidade. LAMENTÁVEL A POSTURA DO GESTOR QUE CRIOU UM CLIMA DE GUERRA, COM VÁRIAS ATITUDES ILEGAIS, IMORAIS, INUSTAS E INCONSTITUCIONAIS. COLCOANDO-SE ACIMA DA LEI E DO BEM E DO MAL. Não é assim que devem nem podem ser as coisas e a realidade. Lembrando que toda violação à lei é ato tipificado como criminoso e como improbidade administrativa.

Dra. Mara Paula - Informes sobre ações e direitos sociais da categoria

Maurício de Sousa - Coordenador da Regional da FETAMCE

Édila Vasconcelos - Representante da FETAMCE

Servidores indignados e revoltados compareceram em massa
A escravidão já passou há muito tempo

Mesa - Manifestando-se Célia - do Sindicato dos Servidores de Irauçuba

Dr. Valdecy Alves - Em debate com a categoria



A CATEGORIA LUTARÁ  COM TODAS AS FERRAMENTAS POSSÍVEIS EM DEFESA DOS SEUS DIREITOS E DA SUA DIGNIDADE HUMANA. OS DIREITOS FUNDAMENTAIS E  A JUSTIÇA SOCIAL SERÃO OS VENCEDORES! A UNIDADE E A CONSCIÊNCIA DA CATEGORIA NUNCA FORAM TÃO FIRMES! PODER MAIOR É O DA CONSTITUIÇÃO E O DO POVO.

Um comentário:

edilsonmotaa disse...


Parabéns Dr. Valdecy pela espetacular explanação feita na assembleia geral de Mucambo. Sou fã do seu trabalho, da sua lealdade ao movimento sindicalista. Vc é exemplo para muitos! Édila Vasconcelos

Related Posts with Thumbnails