quarta-feira, 7 de agosto de 2013

FALECE O GRANDE HUMANISTA E CIDADÃO DO MUNDO ALBINO DONAT - UM PADRE ITALIANO MILITANTE DA TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO QUE FEZ HISTÓRIA NAS LUTAS POPULARES DAS CIDADES POR ONDE PASSOU - SENADOR POMPEU - CEARÁ - UMA DAS QUE LHE É GRATA POR TODO O SEU TRABALHO SOCIAL QUE O MANTERÁ VIVO PARA SEMPRE – SOU-LHE GRATO PELO MUITO QUE ME ENSINOU DE LUTA POPULAR E EXERCÍCIO DA CIDADANIA! ELE ENSINAVA QUE AMAR ANTES DE TUDO É AGIR PARA CONSTRUIR UM MUNDO MELHOR PARA TODOS E QUE O PARAÍSO NÃO ERA NO OUTRO MUNDO – MAS QUE TINHA QUE SER CONSTRUÍDO COM A PARTICIPAÇÃO DE TODOS AQUI NA TERRA - A PARTIR DA FORÇA DA FÉ E NO CRISTO QUE ELE TINHA COMO EXEMPLO MAIOR!


Padre Albino Donatti
(Foto: Valdecy Alves)
Segundo informações do padre João Melo de Senador Pompeu (CE), do Blog do Instituto Casarão  e do blog do Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Senador Pompeu, faleceu hoje (07/08/2013), na Itália, Padre Albino Donat. Padre Albino veio como padre desenvolver seus trabalhos sacerdotais no Sertão do Nordeste. Esteve por algum Tempo na cidade de  Santa Helena e em Cajazeiras no Estado da Paraíba, de onde acabou sendo expulso pelos políticos conservadores locais, que viam com escândalo um padre que fazia política, o que era comum aos sacerdotes ligados à Teologia da Libertação. Forma de atuação que misturava o cristianismo com a teoria de Karl Marx. Expulso da Paraíba passou a morar e a ser Padre de Senador Pompeu, onde causou uma verdadeira revolução, um terremoto... com a sua forma de atuar, agir e interferir para construção de um mundo melhor. 

Em Senador Pompeu acabou entrando em conflito com políticos locais, sendo o mais famoso dele as brigas que fora parar na Justiça com o prefeito da época José Rolim Gomes e até com vários vereadores do Município. Grandes personagens atuaram em Senador Pompeu militando com ele: O vereador e advogado Deodato Ramalho, o Escritor Junior Saraiva, o Pintor Erasmo Carlos, os Escultores Máximo e Valmirez, o grande artista plástico Paraibano José Modesto.  Padre Albino fundou a Escola de Arte de Senador Pompeu, o Centro de Defesa dos Direitos Humanos Antonio Conselheiro, auxiliou na tomada de cooperativas e sindicatos das mãos de patrões e grupos políticos pelos trabalhadores. FEZ HISTÓRIA NOS MOVIMENTOS POPULARES FORTALECENDO A LUTA POR LIBERDADE, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA! Além de ter  construído o Teatro do Salão paroquial e ter criado há 30 anos atrás a nacionalmente conhecida CAMINHADA  DA SECA, já em sua 30ª edição. UM GRANDE PADRE, UM CIDADÃO MILITANTE, UM TRABALHADOR, UM SONHADOR, UM SER HUMANO MARAVILHOSO E ÉTICO. QUE CONTINUARÁ VIVO EM TODAS AS MENTES QUE O CONHECERAM E PASSARAM A RESPEITAR, POIS É MAIS QUE UM HOMEM: AGORA, MORTO, É UM SÍMBOLO!

Capa de Monografia de Cláudio Vitoriano
Presidente da FAMSEP

O grande pensador Joseph Campbel dizia que o herói criador consegue guiar a sociedade, como um farol. Sendo grande não nos momentos da vitórias da luta de um povo, mas no momento da responsabilidade e muitas vezes no silencioso momento em que no desespero, silenciosamente conduz a cruz e faz do sacrifício base da libertação de todos. Uma vez morto fica ainda mais vivo e eternizado como símbolo, pois se torna mito. PADRE ALBINO É UMA FIGURA MITOLÓGICA NA HISTÓRIA DE SENADOR POMPEU. Fez sem prometer, construiu sem roubar, muitas vezes edificando prédios com recursos de sua aposentadoria, lutou para conscientizar, para ensinar a pescar, para livrar muitos da ignorância, para despertar talentos, para libertar da exploração e da escravidão de uma política cruel, opressora e exploradora desde o tempo colonial. ESTÁ VIVO NA SOCIEDADE DE SENADOR POMPEU E NO CORAÇÃO DAQUELES QUE O AMARAM E PARA SEMPRE PASSARAM A ADMIRAR.

Conheci Padre Albino ainda adolescente, tornando-me militante de várias causas, trabalhando com ele como sacristão e auxiliar geral. Mas ao mesmo tempo militando no teatro da paróquia e na pastoral dos jovens nos movimentos políticos. FUI CHAMADO DE COMUNISTA. DE SOFRER MÁ INFLUÊNCIA DE PADRE ALBINO E POLÍTICOS LOCAIS VISITARAM MEU PAI ACONSELHANDO A ME AFASTAR DO PADRE DIZENDO QUE ACABARIA PRESO COMO SUBVERSIVO!  Agradeço pelo muito que me ensinou, que fez pelo povo de minha terra natal. OBRIGADO, MEU AMIGO! Enquanto estiver vivo perpetuarei seus feitos, seus exemplos, sua história, seu sonho por um mundo justo e uma sociedade melhor, onde os direitos mínimos fundamentais fossem respeitados. Abaixo fragmento de uma entrevista que gravei com Padre Albino Donatti no ano de 1995, quando estava de férias em Senador Pompeu e cursava Direito em São Paulo:




Morreu como homem, para converter-se em eterno mito, para sempre vivo na grande galeria dos que fazem história e guiam multidões, despertando as mais profundas utopias no ser humano. PERDEMOS UM FAROL! UM GUIA! GANHAMOS UMA ESTRELA NO ALTO DA ABÓBADA CELESTE QUE PODE SEMPRE GUIAR PELO QUE DISSE, PELO QUE FEZ, PELO EXEMPLO. ADEUS AMIGO ALBINO DONAT!


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails