CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DO PATU - SENADOR POMPEU - CEARÁ - CONCEITO A PARTIR DA OBRA DE AGAMBEN E HANNAH ARENDT


 

CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DO PATU: Dispositivo biopolítico de controle total dos concentrados, em estado de anomia, sem direitos mínimos, vida nua. Ao longo do estado de exceção na Seca de 32 em Senador Pompeu, Ceará. Sem qualquer fundamentação constitucional. Corpos e vontades controlados para o trabalho exaustivo em troca de alimento insuficiente e de má qualidade, dentro de uma filosofia de caridade não emancipatória.  Total negação à saúde, à educação e à dignidade. O viver dos flagelados não poderia ser definido como vida, era o intervalo de um tipo de morte que quando findava, aliviados do sofrer, eram enterrados anonimamente em valas, da mesma forma como anonimamente foram viventes. A morte era o melhor acontecimento para todos, desde que sobrevivesse mão de obra suficiente para trabalhar nas lavouras em tempo de chuva no sertão, ainda que em miséria absoluta. 


(Conceito desenvolvido por Valdecy Alves, a partir da obra de Agamben e Hannah Arendt)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRASES PARA FAIXAS E CARTAZES EM PROTESTOS – PARALISAÇÕES – CAMINHADAS – ASSEMBLEIAS OU GREVES DE SERVIDORES PÚBLICOS – NA BUSCA PELA DIGNIDADE – POR SERVIÇO PÚBLICO DE QUALIDADE - POR RESPEITO – POR CIDADANIA OU POR JUSTIÇA SOCIAL!

MÚSICA TESTAMENTO - UMA INTERPRETAÇÃO DE ' HURT' - DE JOHNNY CASH

DIA DO SERVIDOR PÚBLICO - 28/10/2020 - OS SERVIDOES SÃO O BODE EXPIATÓRIO DOS MAUS POLÍTICOS E DA CULTURA DA POLITICAGEM - O ETERNO PUNIDO... ALÉM DE CULPAREM O SERVIDOR PELOS MALES... AGORA VÃO CAUSAR SUA EXTINÇÃO EM MASSA