quarta-feira, 28 de abril de 2010

NOITE DE PÂNICO E TERROR - GUARDA MUNICIPAL DE MARACANAÚ PRATICA VIOLÊNCIA - DERAM UMA PISA NOS PROFESSORES ACAMPADOS

O PREFEITO DE MARACANAÚ (CE) ROBERTO PESSOA NÃO GARANTE UM PISO E UMA CARREIRA DECENTE AOS PROFESSORES - MAS SEUS GUARDAS MUNICIPAIS DERAM A PISA QUE OS PROFESSORES JAMAIS MERECERIAM!

A cronologia do horror:

28/04/2010: Professores vão à Câmara Municipal pela manhã, à tarde acampam em frente à Secretaria de Educação de Maracanaú, 15 professores permanecem acampados durante à noite, era a vigília de protesto até o novo dia;

23:30h: Os guardas municipais de forma truculenta, violenta e covarde agridem derrubam a barraca, batem nos professores, ofendem, injuriam, praticam racismo, puxam arma, ameaçam de morte....

24:00h: O movimento sindical se mobiliza inicialmente por telefone, conversando com os agredidos que estavam em pânico, visto que um guarda disse que voltaria para matar professores: CONFETAM, CUT, FETAMCE E ASSESSORIA JURÍDICA DO SINDICATO PASSAM A AGIR;

00:30h: Os 05 professores agredidos vão à Delegacia Metropolitana de Maracanaú registrar o boletim de ocorrência contra os agressores;

01:30h: Concluído o B.O do triste fato e expedidas as guias para exame de corpo de delito dos dois professores mais agredidos.

PROFESSORES VITIMADOS:

Professora Vilani - o guarda jogou café na cara dela, ameaçou de morte, xingou, praticou racismo com frases pouco recomendáveis, ameaçou introduzir o cassetete em suas partes íntimas...

Professora Ilma - Levou uma cassetada nas costas, tendo lesão corporal, que pode ser conferida na foto abaixo;

Professor Luciano- Levou forte pancada na cabeça, sangrando, quando tentava acalmar os violentos guardas que não têm a mesma ferocidade com os bandidos de Maracanaú, uma das cidades mais violentas da Zona Metropolitana de Fortaleza;

Professora Meire: Teve apontada arma na sua cara, foi chamada de vagabunda e outros xingamentos... e o guarda disse que iria matá-la...

Professora Joana D´arc: Ao tomar a frente da Meire, temendo que o guarda atirasse nela, teve a ameaça voltada para si. O guarda só baixou a arma porque alguns guardas evitaram o pior!


Abaixo as fotos de Mara Paula e o B.O., que documentaram a noite de terror que viveram os professores de Maracanaú, Ceará, e as lideranças sindicais do SUPREMA;

Barraca sob as quais os 15 professores estavam acampados em vigília. Derrubada pela estupidez dos atos dos guardas municipais.

Barraca e objetos no chão - acima a placa da Secretaria de Educação que assim vai-se tornar Secretaria da Violência Injustificada.
Imagem da rua e da barraca jogada ao chão - madrugada
Conversa com os professores ante de irem à delegacia

Delegado da Delegacia Metropolitana de Maracanaú

Escrivão da Polícia Civil ouve os agredidos

Vilani, Meire e Joana - depõem

Professores são ouvidos pela Polícia Civil

Lesão corporal na Professora Ilma - com uso de cassetete

Lesão corporal - Professor Luciano - Agredido a cassetete

Professor Luciano assina B.O e recebe guia para exame de corpo de delito


Professores concluem depoimentos


ABAIXO O BOLETIM DE OCORRÊNCIA POLICIAL QUE PODE SER LIDO NA ÍNTEGRA - Clique na imagem para ampliar



CONCLUSÃO: Prefeito Roberto Pessoa, nem o senhor garante um piso decente, à altura da riqueza de Maracanaú (CE) e reajustado em conformidade com a lei do piso; não garante uma carreira decente e ainda é patrão de guardas municipais, que não respeitam a livre manifestação, que violam direitos humanos fundamentais... mal-pagos, mal-treinados, que deram uma pisa nos educadores, que quiseram dar uma carreira nos professores, que permaneceram bravamente no local do lamentável ocorrido.

QUE FUTURO PODE TER A EDUCAÇÃO DE UM MUNICÍPIO ASSIM? QUE TRATA PROFESSORES NO CASSETETE E COM REVÓLVER ENGATILHADO? TODAS AS MEDIDAS CÍVEIS E CRIMINAIS SERÃO TOMADAS.

A NOITE DO TERROR MACULA SUA BIOGRAFIA, PREFEITO, ENVERGONHA O MUNICÍPIO, ACABA COM A CREDIBILIDADE DA GUARDA MUNICIPAL E MOSTRA QUE PARA PROFESSOR, EM MARACANAÚ, SÓ TEM PISA, BRUTALIDADE E INTOLERÂNCIA!


22 comentários:

Suziley disse...

Que desrespeito e selvageria com nossos professores!! Triste comportamento do poder público...bom dia.

andressa disse...

Essa maneira de agredir os professores - classe massacrada pelas autoridades - mostra o desrespeito exagerado por parte dos policiais. É uma vergonha ter polícia hoje - Que classe é essa que está para garantir a ordem pública e é a primeira que a conturba?!!!!

Professores de Maracanaú, não abaixem a cabeça jamais! Força e luta sempre.

Rótulo qualquer nesse campo... disse...

Todos as pessoas, independente de classe trabalhista e de qualquer outra coisa, deveriam ir pacificamente às ruas mostrar sua indignação, para que o poder público entenda que é obrigado a respeitar todos os seres humanos.

"O povo não deve temer seu estado. O estado deve temer seu povo."

Damásio disse...

Valdecy, a cada dia fico mais decepcionado com tratamento que os professores brasileiros recebem, não bastasse a violência psicológica, a violência social ,a violência econômica e a violência profissional, agora sofremos a violência física. AOS PROFESSORES DE MARACANAÚ, QUE FORAM VÍTIMAS DESTE ATO SELVAGEM E COVARDE, PEÇO QUE CONTINUEM NA LUTA, POIS A VITÓRIA VIRÁ NO FINAL!

FERNANDA disse...

Absurda a forma como so servidores de Maracanaú são tratados, socos e pontapés não são mais aceitos em uma sociedade q se dz democrática. Onde iremos parar co tamanha agressão? Professores , continuem em luta com serenidade e coer~encia, só os tolos expandem sua ira!!

Tonny Nascimento. disse...

Quanto desrespeito à essa classe de trabalhadores...o que seria do mundo se não fosse os professores, pena que infelizmente ainda é uma classe desunida, morei dois anos em Cuiabá MT e a Prefeitura de lá pagava R$ 2.150,00 por 40 Horas Aula , isso em 2009 nesse ano se não estou enganado está em R$ 2.300,00 Hs/A. Eles fazem duas vezes no ano greve e passeatas pelo centro da cidade reivindicando aumento salarial e conseguem. Um caso lamentável desses que aconteceu em Maracanaú sem medo de errar os professores do estado, faculdades estaduais e federais compraria a briga e cruzaria os braços, dando força aos municipais.
Mas estamos no Ceará e a realidade é outra um misero salário que essas prefeituras pagam, mas não poderia ser diferente pois até o Sr Cid Gomes não quer pagar o piso salarial correto para os professores do estado e o que as maioria das prefeituras pagam uma esmola para os professores, sem falar dos atrasos de pagamentos e mesmo assim e classe de professores
daqui do Ceará ainda não se uniram pra valer, lebrando que, quando falo unir-se não é fazerbaderna,nem vandalismo.

Fridtjof Alves disse...

O PREFEITO ROBERTO PESSOA NÃO TEM CONDIÇÕES ALGUMA DE SER GESTOR PÚBLICO, ESQUECE QUE ESTÁ SOB A ÉGIDE DE UM ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO, O MESMO ESTADO QUE O COLOCOU NO PODER. MARACANAÚ NÃO É UM PAÍS INDEPENDENTE !!!! QUEM NÃO TEM CONDIÇÕES DE SE QUER ADMINISTRAR UM MUNICÍPIO, IMAGINEM UM ESTADO !!! ATO DE VERGONHA !!! OS GUARDAS LEVANTARAM A MÃO CONTRA OS PROFESSORES, OS QUAIS ELES DEVEM MUITO POR ESTAREM LÁ !!!! REPASSEM ESSE ARTIGO, REPUBLIQUEM EM SEUS BLOGS !!!

Eduardo Prado disse...

Valdecy,

Esse é o país que diz priorizar a educação. No lugar de apoio e recuros, os professores recebem balas de borracha, bombas de gás e agressões de toda ordem.

Tanto descaso tem um, o professor é um perigoso formador de opinião, por isso precisa ser desqualificado, desprestigiado, desacreditado, desvalorizado socialmente. Cabe a categoria permanecer unida e revidar com o instruimento que tem á mão e que sabe utilizar melhor do que ninguém. A voz.

Parebéns pela denúncia.

Júlio César disse...

E ainda dizem que estamos num país onde a democracia reina as pampas...liberdade de expressão, a busca em direitos bem como a conquista de padrões justos...estamos longe de uma sociedade socialista madura.

tonyflekson disse...

Gostaria de saber onde esta a outra parte do B.O a parte que diz que uma professora roubou um cadeado e agrediu o guarda com um pau sem contar com varias e varias piadas. Onde esta a parte que diz quem em nunhum momento os gms iniciaram qualquer tumulto ou iniciaram as agressoes e sim que apenas repeliram as agressoes verbais e fisicas por parte de alguns professores (NAO ESTOU GENERALIZANDO POIS HAVIA NO LOCAL PROFESSORES DIGNOS E CREIO QUE SEUS MOVIMENTOS MERECEM RESPEITO POIS DEVERIAM GANHAR BEM MAIS.

Guarda Municipal de Maracanaú disse...

Engraçado que a professor Vilani não diz que ela furtou o cadeado da Secretaria de Educação e nem que quando foi indagada a respeito do cadeado falou que estaria dentro de suas roupas íntimas. E que nesse momento professores agrediram um guarda municipal iniciando toda a confusão.

vila disse...

É dr. Valdecy, não sei como vamos barrar tanta truculências, este homem pensa que pode tudo, manda no jiuz, delegado, promotor, vereadores....MAS NÃO MANDA NO SUPREMA!!!!! E isto o incomoda, primamos pela autonomia pois só entendemos o movimento sindical independente. Quero agradecer pelo apoio e solidariedade que o senhor nos prestou, socorrendo-nos em plena madrugada. OBRIGADA, o senhor nos faz ver que ainda vale a pena lutar!Ainda estou sob choque, nunca pensei ser tão humilhada, ser chamada de vagabunda, ter café quente jogado na minha cara, foi demais. Mas a resposta é a continuidade da luta organizada contra os ditadores de plantão. ENQUANTO HOUVER PESSSOAS COMO ROBERTO MAU PESSOA, HAVERÁ LUTA ORGANIZADA.

luciene disse...

Nossa, quanta violência!
Esse prefeito ainda não se deu conta
que o coronelismo é coisa do passado?
Gente! o voto é a melhor ferramenta para mudar uma nação e até mesmo o mundo. Mas, que pena! falta consciência...
Parabéns! Valdecy,continue denunciando esses maus políticos e quem sabe o povo não faz justiça? Estou aguardando a sua resposta.

Anônimo disse...

Para o comandante da guarda municipal de Maracanaú:

Esses são os guardas que você preparou para estar na frente de uma comunidade? Pois saiba que você está revivendo a ditadura.
Onde já se viu, mandar agredir os professores. Você se diz cidadão desempenhando um papel desses? Que tipo de pessoa você é? Você não tem família?
Você é a encarnação do Hitler!

o mar e a brisa do prazer de aprender disse...

Meu Deus, abuso de autoridade sem autoridade.
Professores, parabéns, vcs mostraram para os alunos os seus direitos e, como devemos lutar por nossos direitos. Agredir professor é sinal de um governo que nunca respeitou: o saber, educação, liberdade de expressão e conhecimento. Valdcy, Você é nosso apoio. Obrigada!!!

GERALDA EFIGÊNIA disse...

Jesus, precisei olhar duas vezes para poder crer, isso ainda existe mesmo? pensei momentaneamente que havia sonhado, que horror. Solidariedade aos companheiros professores e cadeia aos violentos já.

Lilia disse...

Que Triste essa forma de agir com os professores, que ensina e educa os próprios que estão contra eles...isso é um absurdo uma vergonha para a sociedade...

Leoni R. Dantas disse...

Quando vemos atos desse nível contra o PROFESSOR,logo vem à mente que o GOVERNO quer acabar com essa categoria...Aqui em São Paulo a situação não é muito diferente. Que país é esse!!! Um Brasil que quer mostrar ao mundo de que a educação está melhorando. Os governantes brasileiros querem mostrar ao mundo que os indicadores referentes à educação básica estão ascendentes, mas basta ver as imagens nesse blog que logo se nota a mentira que os TUBARÕES cogitam como positiva...
Infelizmente no Brasil existem vários partidos políticos, mas aquele que se preocupa com uma verdadeira escola pública ainda não vi...

Fiquei muito triste com as Imagens de agressão contra os professores de Maracanaú.

Glória disse...

Dr. Valdecy,hoje estive manuseando o Plano Municipal de Educação, 2008 a 2011, da Prefeitura de Maracanaú, e me deparei com um objetivo da gestão de educação,no tocante a valorização dos profissionais da educação, que diz: "15. Garantir direito à livre organização sindical inclusive o direito de greve, conforme legislações específicas."
Analise e obtenha suas conclusões!
Abraço
Professora Glória

Anônimo disse...

Olá Valdecy, como prometi, vim visitar seu blog e me " arrepiar" com as atrocidades praticadas, por este prefeito e por sua guarda civil. É a educação incomoda e muito aos políticos, não querem de forma alguma que nós educadores sejamos transformadores e construtores de ideias e saberes.

Blog do professor Toinho disse...

Que absurdo um negácio desses!!!

Anônimo disse...

Agora a prefeitura de Maracanaú está enviando cartas de ameça para professores em ESTÁGIO PROBATÓRIO. É ameaça por cima de ameaça. Este prefeito aprendeu a governar na cartilha do TALIBÃ?

Related Posts with Thumbnails