domingo, 23 de fevereiro de 2014

ESPEDITO CELEIRO - ARTISTA E ARTESÃO DO CARIRI CEARENSE - POETA QUE ESCREVE MARAVILHAS NO COURO - UMA SÍNTESE E UM ACERVO DE UMA CULTURA MILENAR! HOMEM - CRIAÇÃO - CONHECIMENTO QUE É UM TESOURO RECONHECIDO PELO MUNDO! ORGULHO DO NORDESTE BRASILEIRO!

O artista e artesão cearense Espedito Celeiro - Seu conhecimento um tesouro e síntese de uma cultura milenar e intercontinental
Fotos: Mara Paula e Valdecy Alves

UMA SÍNTESE DA CULTURA DO NORDESTE - DA EUROPA E DO MUNDO: Em sua obra Os Sertões, o escritor Euclides da Cunha concluiu que o nordestino é antes de tudo um forte e que o cruzamento de raças entre o europeu, o índio massacrado e o negro escravizado, gerou um mestiço que isolou-se no interior do sertão, criando uma cultura própria, única. Também detectada por Gilberto Freire em seu livro Casa Grande e Senzala. Pois bem, Espedito Seleiro, tudo com a letra “s” mesmo, é um desses homens, que carrega em sua mente, a síntese dessa cultura milenar. Toda cultura do couro trazida da Europa. Que trouxe da Ásia... e de tantas outras regiões do mundo... que chegou ao Brasil... ao Nordeste... ao Ceará... então misturando-se com a influência dos ciganos e a criatividade do seu avô, segundo Mestre Espedito, que já era seleiro e do seu pai, que também era seleiro... tem-se esse artista, esse artesão, esse homem, que mora em Nova Olinda, próximo ao Crato e nascido em Campo Sales. Conhecido nacionalmente e internacionalmente pela singularidade, beleza e criação do seu trabalho, que inspira grandes grifes nacionais e do mundo. UM HOMEM SIMPLES. SÁBIO. MARAVILHOSO. UM TESOURO VIVO. Que é tão importante para cultura nordestina quanto Patativa do Assaré, Mestre Oliveira e outros grandes artistas desse caldeirão de cultura caririense, fruto, sobretudo, da influência do santo popular Padre Cícero, que conseguiu atrair para uma só região imigrantes de todos os estados nordestinos, com sua imensa cultura, que ali se misturou e faz dessa região, um verdadeiro tesouro, um laboratório cultural... onde se encontram joias como Espedito Seleiro.

Peças produzidas por Espedito Seleiro - únicas



O Mestre Espedito tem suas obras ciruculando na internet
UM ARTISTA CONHECIDO NACIONALMENTE: os desenhos das suas peças em couro têm inspirado grandes grifes nacionais. Grandes artistas usam suas peças. Tem seu talento reconhecido internacionalmente. Seu pai fazia sandálias para Lampião. Ele fez gibões para Luiz Gonzaga, para personagens de vários filmes. Artistas de várias séries da TV já vestiram suas peças. Famoso. Espetacular. Simples. Sábio. Como todos os homens do seu calibre. É estudado, pesquisado, entrevistado, documentado e admirado incansavelmente. Reconhecido como Mestre da Cultura, pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará. Montou uma oficina para transmitir todo o conhecimento para novas gerações e está fundando o museu do couro, com um acervo guardado desde a época do seu avô. Representa o ápice de artesão e artistas remanescentes, que ainda existem em todo o Nordeste do Brasil. Mas são poucos, visto que o ciclo do gado, chegou ao fim. O cavalo substituído pelo carro e os que trabalhavam com o couro manualmente, substituídos pela grande indústria que tudo produz automaticamente.  MAS TODO ESSE CONHECIMENTO, TODA A ARTE, NÃO PODE SER SIMPLESMENTE PERDIDA. Pois ao tempo que é local é universal e maravilhosa. Devendo ser fruto de releitura e reutilizada nos tempos modernos. Ainda bem que Espedito Seleiro existe. Está vivo. Lúcido. E repassando todo esse saber maravilhoso, acumulado, para novas gerações. UM HOMEM ILHA, COM UM CONHECIMENTO TESOURO, EM NOVA OLINDA, NO CEARÁ, NO NORDESTE DO BRASIL. Foi um prazer tê-lo conhecido. Ouvido. Conversar com ele olho no olho. Na despedida fica a sensação de se ter convivido com aquele avô maravilhoso, que ao menor gesto, ao menor manifestar-se, passa extrema bondade, carinho e ensina sempre profundamente. Espedito Seleiro é uma aula ao vivo e um contato com a sabedoria e a generosidade atual e milenar mais extrema.
Sandálias cobiçadas - utilizadas por grandes artistas nacionais

Confira em vídeo uma entrevista com Espedito Seleiro. Bastando clicar no link adiante:



Seus discípulos para quem está passando todo o conhecimento acumulado

Abaixo mais fotos da expedição que visitou Espedito Seleiro em Nova Olinda, em 13/02/2014, a cerca de 40 km do Crato, de carro:

Peças com seus desenhos ímpares

Um dos seus discípulos



Filho de Espedito Seleiro



Dra. Mara Paula com o Mestre Espedito Seleiro

Luciene Oliveira com Espedito Seleiro

Espedito Seleiro em frente à sua oficina

Valdecy Alves - Vestido no Gibão de Espedito Seleiro


Com o mestre no momento da despedida - O quadro atrás e o próprio mestre
                      Endereço e contato com a oficina do Mestre Espedito Celeiro

3 comentários:

Antonio Marcos disse...

Dr Valdecy parabéns pela reportagem com o Sr Espedito Seleiro. Assistir todo o vídeo e fiquei maravilhado com tanta beleza. Despertou em mim realmente a vontade de conhecer essa obra que representa muito bem a inteligência do povo nordestino. Ha e aquela sua foto com chapéu e óculos é idêntico a lampião. kkkkkkkkk Parabens.

CURSO INTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO DIGITAL disse...

Belo documentário. Nem os grandes meios de informações fazem uma notícia com tanto detalhe e riqueza de informações.

Mana Celani disse...

Estou encantada com a arte do Expedito Seleiro e gostaria de conhece-lo pessoalmente. Parabéns pela excelente reportagem que nos informa da existência desse grande homem.Mana Celani - Fortaleza

Related Posts with Thumbnails